Supernova na galáxia M82, a mais nova explosão no céu

Trata-se da mais nova Supernova no céu noturno. Você sabe como observá-la?


Uma supernova é o mais novo objeto observável no céu noturno. Astrônomos ficaram deslumbrados pois a última vez que tivemos uma supernova tão próxima do sistema solar foi há mais de 20 anos.

A designação preliminar da supernova é PSN (Preliminary SuperNova) J09554214+6940260, mas logo ela deve receber um nome melhor.

A supernova surgiu como uma luz brilhante na galáxia Messier 82, também conhecida como a Galáxia do Charuto, localizada a cerca de 12 milhões de anos-luz de distância. A supernova, que um astrônomo descreveu como um potencial "Santo Graal" para os cientistas, foi descoberta por estudantes da Universidade College London.

Comparação da galáxia M82 antes e depois da Supernova
Créditos: UCL / University of London Observatory /
Steve Fossey / Ben Cooke / Guy Pollack / Mathew Wilde /
Thomas Wright
Clique na imagem para ampliar

Posicionada entre as constelações Ursa Maior e Ursa Menor, a nova supernova deve ser fácil de ser observada no hemisfério norte. "Ela pode até iluminar o suficiente para ser visível através de um pequeno par de binóculos", disse o astrônomo Brad Tucker, da Universidade Nacional da Austrália e da Universidade da Califórnia, em Berkeley. Além de ser um espetáculo no céu noturno, o evento cósmico também pode fornecer uma rara oportunidade para os astrônomos estudarem um objeto que pode ajudá-los a compreender a energia escura.

Há cerca de 12 milhões de anos, uma estrela anã branca da galáxia M82 explodiu. Esta semana, a luz dessa distante explosão finalmente chegou a Terra. Astrônomos amadores localizaram a mais recente supernova através de telescópios, e ela aparece no momento com magnitude aparente de +11,2, em um dos braços espirais da galáxia. Veja a imagem feita por Leonard Ellul Mercer, feita de seu observatório em Malta no dia 22 de janeiro:

Supernova na galáxia M82.
Créditos: Leonard Ellul Mercer


Como observá-la

Infelizmente, a supernova na galáxia M82 não pode ser vista do hemisfério sul. No Brasil, somente algumas regiões do norte e nordeste poderão vê-la. Se você estiver no Rio Grande do Norte, Ceará, Piaui, Maranhão, Pará, Amapá e Roraima, você poderá observá-la, mas ainda assim, não será uma tarefa fácil, pois as constelações de Ursa Maior e Ursa Menor se encontram muito próximas do horizonte norte, com exceção de Roraima e Amapá, que já pertencem ao hemisfério norte.

Se você está no hemisfério norte e tiver um telescópio, não deixe de observar a supernova na galáxia M82. Assista a explosão que ocorreu há milhões de anos. Na imagem abaixo, veja como encontrar a supernova no céu noturno. Por volta da meia-noite ela deve estar alta no céu:

Localização da Supernova na galáxia M82.
A imagem representa o ponto mais alto do céu de Lisboa à 00h00 do dia 24 de janeiro de 2014.
Créditos: STELLARIUM
Clique na imagem para ampliar

Embora a supernova esteja a 12 milhões de anos-luz de distância, a galáxia M82 é considerada uma vizinha da Via Láctea. Na verdade, esta é a supernova mais próxima da Terra desde SN 1993J, que pôde ser vista a 21 anos atrás. A relativa proximidade da explosão faz com que ela seja um alvo atraente para estudos e observações. Curvas de luz de supernovas anteriores deste tipo sugerem que a mais recente explosão continuará a ser visível nas próximas duas semanas.

Fonte: Spaceweather / Space
Imagens: Hubble / Stellarium
23/01/14

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário: