Mais duas incríveis bolas de fogo riscam os céus do Ceará e surpreende observadores

Na noite do dia 20 de outubro um novo fenômeno intrigou moradores de várias cidades cearenses


Desde o dia 15 de outubro, diversas cidades brasileiras estão relatando avistamentos de bolas de fogo e meteoros riscando os céus. Internautas e leitores do site Galeria do Meteorito informaram o avistamento de grandes meteoros em diversos estados, como Rio Grande do Norte, Pernambuco, Alagoas, Bahia e muitos outros. Um bólido foi responsável por um clarão visível em 5 estados do nordeste no último dia 15. Mas dessa vez, um novo fenômeno chamou a atenção no Ceará.

No início da noite dessa segunda-feira, dia 20 de outubro, um meteoro, ou melhor, dois meteoros de grandes proporções iluminaram os céus cearenses por volta das 18h30. As bolas de fogo foram vistas em diversas cidades do Ceará, como Fortaleza, IguatuItapipoca, Acopiara, Canindé, Quiterianópolis, Viçosa, Aracoiaba, Aratuba entre outras.




A TV Diário do Nordeste exibiu imagens que foram enviadas por observadores que, felizmente, conseguiram registrar a passagem dos grandes meteoros. Eles entraram juntos na atmosfera, e após vários segundos, se desintegraram completamente.



O que torna esse avistamento ainda mais surpreendente é o fato de ser um meteoro muito, muito lento. Geralmente os meteoros levam menos de 1 ou 2 segundos para riscar o céu, o que não foi o caso desse. Os dois grandes meteoros levaram mais de 20 segundos para riscar o céu do Ceará. Um tempo incrivelmente longo! A duração dos meteoros foi tão longa que deu tempo de sobra para os observadores tirarem seus celulares do bolso e registrarem o fenômeno. Realmente fora do comum!



Outros meteoros estão a caminho

Todos os meteoros e bólidos (bolas de fogo) que estão sendo avistadas desde o dia 15 desse mês fazem parte da famosa chuva de meteoros Orionídeas, que acontece anualmente entre os dias 15 e 29 de outubro. O pico dessa chuva (momento em que mais meteoros podem ser observados) é justamente entre os dias 20 e 22 de outubro, quando a taxa de avistamentos pode variar entre 20 e 30 meteoros a cada hora.




A chuva de meteoros Orionídeas ocorre todos os anos quando o planeta Terra atravessa uma esteira de detritos deixados pelo cometa Halley. Esses detritos criam essa grande luminosidade por conta do atrito decorrente da entrada na atmosfera terrestre. A maioria desses meteoros não tem tamanho suficiente para chegar até o solo, e se desintegram completamente na atmosfera.

Pra quem deseja observar a chuva de meteoros Orionídeas 2014, basta olhar para a constelação de Orion, popularmente conhecida como As Três Marias. A chuva ocorre até o dia 29 de outubro, porém, após o dia 22, a taxa de meteoros começa a cair gradativamente. Clique aqui para mais informações.

Créditos: TV Diário do Nordeste / divulgação
22/10/14

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 comentários:

  1. Vi um meteoro enorme a alguns minutos atras aqui em Tocantinópolis-To, nunca tinha visto nenhum do tipo, pareceu um "kameha"

    ResponderExcluir
  2. há poucos minutos avistei um risco de fogo no céu de porto alegre, muito lindo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lurdes, eu também!!
      Acho que foi o mesmo que vi ontem por volta das 20:00 enquanto andava na rua.

      Excluir
  3. Também vi um ontem por volta das 19:49 em Viamão. Lindo demais!

    ResponderExcluir