AO VIVO: Chuva de Meteoros Leonídeas 2014 (reprise)

Além de ver os meteoros, que tal ouvi-los?!




Na noite de 16 e 17 de novembro teremos a oportunidade de contemplar uma das maiores chuvas de meteoros do ano, a famosa Leonídeas. E como de costume no site Galeria do Meteorito, preparamos essa matéria especial pra que você aproveite o máximo das Leonídeas 2014.

No dia 17 de novembro, teremos uma transmissão em tempo real da chuva de meteoros Leonídeas 2014, feita a partir de câmeras ultra sensíveis instaladas nas Ilhas Canárias (leste da África) e em Prescott, no Arizona (EUA), dando aos espectadores uma ótima visão das belas "estrelas cadentes". E como se não bastasse, essa transmissão contará ainda com um equipamento especial que acompanhará os sons dos meteoros através da ionização dos fragmentos na atmosfera! Além de ver os meteoros da chuva Leonídeas 2014, poderemos ouvi-los nessa fantástica transmissão ao vivo, oferecida pelo Projeto Slooh.






Curta no Facebook!



Reprise

transmissão ao vivo da chuva de meteoros Leonídeas 2014 do Projeto Slooh ocorreu no dia 17 de novembro às 22h00, e a reprise está disponível logo abaixo.





A chuva de meteoros Leonídeas acontece todo ano, entre os dias 14 e 20 de novembro, que é quando a Terra passa por uma esteira de detritos deixados pelo cometa 55P/ Temple-Tuttle. Essas partículas entram na atmosfera a uma velocidade inacreditável de cerca de 72 quilômetros POR SEGUNDO. Para se ter uma idéia, a bala de um rifle chega a aproximadamente 1 quilômetro por segundo.

Apesar de ser visível durante 6 dias no mês de novembro, o pico da chuva ocorre no dia 17, quando uma maior taxa de meteoros pode ser observada.

Como seu nome já diz, essa chuva de meteoros tem seu radiante (local de onde os meteoros parecem se originar) na constelação de Leão. Para observá-la a olho nu, basta olhar na direção nordeste um pouco antes do amanhecer, como mostra na imagem abaixo:

Créditos: STELLARIUM

A chuva de meteoros Leonídeas é uma das chuvas mais famosas da história. Os detritos do cometa Temple-Tuttle já foram responsáveis por verdadeiros shows nos céus, como a chuva Leonídeas de 1833 e 1966. Segundo relatos, a chuva de 1966 gerou milhares e milhares de meteoros e bolas de fogo em menos de uma hora, cerca de 60 meteoros POR SEGUNDO foram observados naquela noite. Em 1999, 2001 e 2002, a chuva foi novamente espetacular, com cerca de 5 meteoros por minuto. A taxa de meteoros dessa chuva varia muito, com média de 100 meteoros por hora, e costuma surpreender os espectadores em alguns anos.




Boas observações à todos!




20/11/14

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

7 comentários:

  1. Aqui no Rio de Janeiro, vai ser possível ver a olho nu? E qual o melhor horário e direção? Alguém poderia me informar?

    ResponderExcluir
  2. Olá Katia!

    Sim, será visível em todo o Brasil. Para observar a olho nu, olhe na direção do horizonte nordeste antes do amanhecer, por volta das 05h00 da madrugada. Um grande abraço, e boas observações à todos!!!

    ResponderExcluir
  3. esse horário de 5 hs ja é considerando o horário de verão? estou em goiás...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É por volta das 5h00 sem contar com horário de verão... no caso seria 04h00 da madrugada... sempre 1 hora e meia antes do amanhecer é o melhor horário. Um grande abraço Roberta,e bons céus aí em Goiás!

      Excluir
  4. salvador vai poder ser visto a olho nu ?

    ResponderExcluir
  5. bom , aqui em Aldeia só foi possível registrar 2 objetos a esquerda de jupiter, por volta das 4 da matina

    ResponderExcluir