Asteroide recém-descoberto acabou de passar próximo da Terra, e pôde ser visto através de telescópios amadores!

asteroide proximo da Terra
Você viu um asteroide por aí?



O asteroide recém-descoberto, 2016 FY3, fez sua máxima aproximação com a Terra no último dia 25 de abril, passando a apenas 2,4 milhões de km do nosso planeta!

O asteroide 2016 FY3 tem cerca de 310 metros de diâmetro, e não apresenta chances de colisão com o nosso planeta. Ele foi descoberto a cerca de um mês antes de seu grande encontro com a Terra, mas apesar disso, ele pôde ser visto através de telescópios amadores, dada tamanha proximidade. [confira a passagem de asteroides próximos da Terra]

Dennis Simmons fotografou o asteroide 2016 FY3 na madrugada do dia 25 de abril, em Brisbane, na Austrália:

Dennis Simmons - asteroide 2016 FY3
Asteroide 2016 FY3 fotografado no dia 25 de abril de 2016, na Austrália.
Créditos: Dennis Simmons

"Uau, essa rocha espacial é muito grande, considerando esse sobrevoo tão próximo", comentou Dennis. "Então eu torci para que as condições meteorológicas me permitissem registrar esse evento, e por sorte, um buraco nas nuvens me permitiu capturar o asteroide brilhando como uma estrela de magnitude 14."




O asteroide 2016 FY3 tem origem no Cinturão De Asteroides, localizado entre Marte e Júpiter, e é pra lá que ele está retornando após seu encontro rasante com o nosso planeta. Note que o asteroide faz sua máxima aproximação com a Terra no dia 25 de abril, chegando a 0.0174 UA (e a 0.0163 UA) do nosso planeta, lembrando que 1 UA (Unidade Astronômica) equivale a distância média entre a Terra e o Sol.


asteroide 2016 FY3 - orbita e passagem próxima da Terra
Simulação da trajetória do asteroide 2016 FY3 com relação a Terra.
Créditos: NASA / JPL / SBDB         Animação: Galeria do Meteorito




Na simulação acima podemos ver a trajetória percorrida pelo asteroide entre 16 de março de 2016 e 25 de maio de 2016. Neste momento, o asteroide 2016 FY3 já está rumando em direção ao Cinturão de Asteroides, e no dia 06 de maio de 2016 ele fará sua máxima aproximação com o Sol, chegando a 0.819 UA do Astro Rei.



Fonte: NASA / NEO / JPL
Imagens: (capa-ilustração/divulgação) / Dennis Simmons / NASA / JPL / SBDB
26/04/16


Gostou da nossa matéria?
Curta nossa página no Facebook
para ver muito mais!


Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 comentários:

  1. Coisa engraçada... A Austrália é o único país do Hemisfério Sul que observa, registra e detecta asteróides... Agora entendi do porquê deste país ser tão maravilhoso, evoluído, fortemente cultural e sério no que faz. VIVA AUSTRÁLIA! Baixei o MP3 do teu hino e canto-o diariamente.

    ResponderExcluir
  2. Muito Boa reportagem , imaginem Grande asteroide descoberto apenas 1 mes antes de se aproximar ao nosso planeta,curto muito está pagina,parabens..

    ResponderExcluir
  3. Olá, queria saber se foi possível observar o asteroide, pois na madrugada do dia 25 vi um brilho riscando o céu

    ResponderExcluir
  4. Certo, mas e pra quem não entende? como vai saber qual é meteoro e qual é estrela? da uma ajuda ai né pf ;)

    ResponderExcluir