Alarme Falso? Estranho sinal detectado por radiotelescópio russo parece ter origem terrestre

sinal detectado a 95 anos-luz
Provavelmente não foi dessa vez que recebemos um contato alienígena...



Há alguns dias, astrônomos russos junto com pesquisadores do Instituto SETI (Instituto de Busca por Vida Extraterrestre Inteligente) anunciaram o recebimento de um estranho e intenso sinal de rádio. Essa notícia se espalhou rapidamente pela internet, e você pode conferi-la na íntegra, aqui mesmo em nosso site. Mas ao invés de ser um contato alienígena, o estranho sinal acabou tendo uma explicação bem menos empolgante.

De acordo com os dados observacionais, o sinal parecia vir de uma estrela localizada a 95 anos-luz de distância. Em seguida, logo após a notícia ser revelada ao público, o Instituto SETI dedicou dois dias seguidos de observações com o Allen Telescope Array (ATA). O que foi encontrado? Nada! Nenhum sinal...

Allen Telescope Arraya - ATA - SETI
Conjunto de radio-telescópios pertencentes ao Allen Telescope Array, em São Francisco, Califórnia, EUA.
Créditos: SETI

E assim seria o fim dessa história: um possível contato extraterrestre tão enigmático quanto o famoso Sinal Wow, ocorrido em 1977. Foi aí que os russos surgiram novamente, com uma alegação quase tão bombástica quanto a do estranho sinal.

De acordo com a Academia de Ciências da Rússia, o estranho sinal foi na verdade uma interferência causada por um satélite militar.




"Análises e processamentos subsequentes revelaram que a origem mais provável do sinal seja terrestre", disse a astrônoma Yulia Sotnikova em um comunicado emitido pelo Observatório Especial de Astrofísica da Academia de Ciências da Rússia.

O satélite que pode ter causado o estranho sinal já é conhecido pelos cientistas, que acreditam que ele também foi responsável por uma detecção parecida no período soviético.




O Instituto SETI continuará em busca de estranhos sinais em outras estrelas, em diversas direções. Apesar desses "alarmes falsos" serem frustrantes, eles fazem parte desse projeto, e são bastante comuns. "Algumas pessoas podem fazer pouco caso, e dizer ago como -Nossa, outro alarme falso!", disse Seth Shostak, astrônomo sênior do Instituto SETI. "Mas nós devemos nos acostumar com isso, afinal, nesse negócio, haverão muito alarmes falsos."



Imagens: (capa-Seth Shostak/divulgação) / SETI
02/09/16


Gostou da nossa matéria?
Curta nossa página no Facebook
para ver muito mais!


Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

5 comentários:

  1. Esse ainda é o único meio de encontrar vida inteligente fora da Terra. Que continuem as buscas. ༼ ºل͟º ༽

    ResponderExcluir
  2. Cara sempre assim quando aparece alguma evidência.logo algum governo desmente.imaginem o infinito do nosso universo seria muita mas muita pretensão acharmos que estamos só nessa imensidão!!ou ignorância acreditar nesses governos corruptos e hipócritas que querem que vivamos na ignorância eterna!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Ricardo, muito estranho. Sempre que surge alguma coisa alguém corre para desmentir.

      Excluir
    2. Cara esses cientistas do SET ganharam milhões para convencer o governo da possibilidade de vida fora. O problema é que a probabilidade de ter vida em nosso universo dentro do espaço que conseguimos ouvi-los é remoto ainda mais inteligente. Olha aquele planeta sensação que foi descoberto semana passada que talvez (talvez) poderia ser semelhante a terra com tecnologia atual de foguete poderíamos chegar lá em apenas 80 mil anos. Se tu mandasse uma mensagem na velocidade da luz demoraria quase 4 anos e meio para chegar lá.

      Excluir
  3. Ainda que tivessem recebido o "tal sinal" acho que difilcimente ele seria conhecido do publico geral. O livro de Rupert Matthews - Alien Encounters: True-life Stories of Aliens, Ufos and Other Extra-terrestrial Phenomena , trás alguns relatos incriveis e , até então, desconhecidos do publico em geral.Não há como validar cientificamente eventos os quais não temos controle de quando irá acontecer e que raramente se repetem com a mesma frequencia.
    ...se foi um satélite militar simplesmente está explicado.Do contrário...

    ResponderExcluir