Em 2018 a internet espacial se torna coisa séria

internet via satélite 2018
Parece que chegamos num ponto sem volta. Agora, a internet entregue por satélites promete mudar o globo!


Quando dizem por aí que a internet está dominando o mundo, não é apenas força de expressão. Em 2005, 1 bilhão de pessoas tinha acesso à rede. Uma contagem feita em 2017 registrou que 3,5 bilhões de pessoas utilizam a internet diariamente em todo o planeta. Antigamente, cerca de 15% da população acessava a internet, sendo que hoje já passa dos 50%. Estima-se que até o final dessa década, 5 bilhões de pessoas terão acesso à internet - cerca de 70% da população.



Tá achando pouco ainda? Espere pra ver: em 2018, oito grupos de satélites para internet serão lançados. Assim que estiverem em pleno funcionamento, esse satélites irão aumentar drasticamente o alcance da internet em todo o planeta! Internet com cabos poderá ser uma coisa do passado...


Internet que vem do espaço

A empresa SpaceX lançará um satélite de internet protótipo - o primeiro de um grupo de 4.425 satélites que formarão uma rede complexa que disponibilizará internet em todas as partes do globo. Elon Musk já disse que uma de suas metas é levar acesso à internet para todo o planeta.




Outras empresas, como a Telecom, Samsung e Boeing, também planejam enviar satélites de internet ainda nesse ano de 2018. A Samsung, por exemplo, pretende enviar 4.600 satélites que deverão estar orbitando a Terra até 2028. Assim que estiver funcionando, esses satélites terão a capacidade de entregar até 200 GB de velocidade (ao mês) para até 5 bilhões de pessoas! A Boeing também pretende enviar quase 3 mil satélites com a mesma finalidade.

satélite espacial para internet
Ilustração artística de satélite espacial.
Créditos: divulgação

Outras grandes empresas como a Telesat LEO, SES O3B, Iridium Next, entre outras, pretendem enviar algumas dezenas ou centenas de satélites também em órbita terrestre baixa (abaixo de 2.000 km de altitude). Grande parte desses satélites deverão estar funcionando "a todo vapor" (na verdade deve ser energia solar, claro!) até 2021.




A empresa LeoSat pretende enviar 108 satélites que serão interconectados através de lasers, que funcionarão como uma "espinha dorsal ótica espacial". Segundo a empresa, esses satélites entregarão uma internet 1,5 vezes mais rápida do que a internet de fibra ótica terrestre. O primeiro desses 108 satélites será lançado em 2019.

Se nem mesmo a água encanada é entregue à toda população mundial, imagine então a internet? Porém, graças ao avanço científico e aeroespacial, em breve isso poderá mudar. Dentro de alguns (poucos) anos poderemos olhar pra trás e ver o quanto evoluímos... e quem sabe, lembraremos de uma época onde nem todos tinham fácil acesso à internet.




E felizmente, internet e informação andam sempre juntas. Quanto mais informação é entregue às pessoas, melhor o mundo tende a se tornar. Pelo menos é isso o que se espera.

E aí? Estão prontos para a nova era da internet ?


Imagens: (capa-ilustração/divulgação) / divulgação
11/01/18


Gostou da nossa matéria?
Curta nossa página no Facebook
para ver muito mais!


Encontre o site Galeria do Meteorito no Facebook, YouTube, InstagramTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários:

  1. E lá vamos nós encher ainda mais a estratosfera de lixo espacial... kkkk

    ResponderExcluir
  2. Mais informação e também mais dominação já que a informação é fornecida de acordo com os propósitos das classes dominantes.

    ResponderExcluir