Buraco negro inativo deixa cientistas intrigados

Um buraco negro com aproximadamente 5 milhões de massas solares, situado no centro da galáxia do escultor (NGC 253) intrigou astrônomos do mundo todo



A Nasa, agência espacial americana, divulgou uma imagem que mostra um buraco negro que tem intrigado os astrônomos porque está inativo no centro da galáxia do escultor. Também chamada de NGC 253, a galáxia está a milhões de anos-luz da Terra.

A descoberta, publicada na revista científica Astrophysical Journal, tem intrigado os astrônomos. Isso porque buracos negros se alimentam da matéria ao redor e hibernam apenas quando o alimento acaba. No entanto, esse buraco negro está em um local com muita atividade de formação estelar ao redor.

O buraco negro inativo fica no centro da galáxia e tem cerca de cinco milhões de vezes a massa do Sol. A imagem divulgada foi feita a partir de observações do telescópico da agência NuSTAR (Nuclear Spectorscopic Telescope Array - Matriz de Telescópios Eletroscópicos Nucleares). 

Esse instrumento foi lançado em junho de 2012 com a missão de mapear e estudar as estrelas que rodeiam o centro da Via Láctea e observar as profundas e distantes da Terra, além da via Láctea. Tudo isso porque ele é o primeiro telescópio em órbita com a capacidade de concentrar luz de alta energia de raios X.

O pesquisador Bret Lehmer, afirmou em nota da Nasa que os resultados apontam que o buraco negro entrou em modo de hibernação nos últimos dez anos. O motivo de sua inatividade ainda permanece desconhecido. Futuras observações dirão se o buraco negro ainda pode voltar à atividade.

Fonte: NASA

15/06/13

Nenhum comentário:

Postar um comentário