Gigantesca bola de fogo cruza os céus do sudeste brasileiro

Observadores de São Paulo e Minas Gerais relataram o avistamento do enorme bólido que tomou conta dos céus da região


Uma enorme bola de fogo cruzou os céus de cidades da região sudeste do Brasil. Observatórios da BRAMON registraram a passagem do grande bólido, que ocorreu na última terça-feira, 2 de setembro. De acordo com a instituição, esse foi o maior bólido (bola de fogo) já observado através de suas câmeras.

A rocha espacial entrou na atmosfera da Terra no dia 2 de setembro, às 19h07 pelo horário de Brasília. Aparentemente sua trajetória surgiu da região sudeste e seguiu em direção a noroeste.



De paulistas à mineiros, várias testemunhas relataram ter visto a passagem da enorme bola de fogo. Alguns afirmaram que sua coloração era amarelada ao surgir no horizonte sul, e foi ficando cada vez mais azulada durante sua trajetória pelo céu.




Internautas relataram que o bólido era tão grande que até parecia se tratar de um objeto em rota de colisão com a Terra, e que apesar de assustadora, sua passagem foi magnífica.

A triangulação das imagens permitiu aos especialistas da BRAMON traçarem a possível rota e origem do objeto. Segundo analises preliminares, a pequena rocha espacial teria se fragmentado a uma altitude de aproximadamente 38 quilômetros, o que é considerado bem baixo para uma fragmentação de meteoro.

Bola de fogo no céu de São Paulo e Minas Gerais Setembro 2014
Direção do bólido calculada através de triangulação. Créditos: BRAMON / Google

A BRAMON é uma iniciativa de pesquisadores independentes, fundada em 2013 pelos brasileiros André Moutinho, Carlos Augusto de Pietro e Eduardo Plácido Santiago. O projeto possui atualmente 16 câmeras espalhadas pelo Brasil, especialmente dedicadas ao registro dos meteoros. Futuramente, mais câmeras deverão ser instaladas, possibilitando que esse belo projeto se torne cada vez maior, presenteando-nos sempre com belos registros de incríveis meteoros nos céus do nosso país.

Créditos: BRAMON
Imagens: Ilustração (ESO) / BRAMON / Google Maps
05/09/14

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários:

  1. É Meteoro .. Quando pega na Atmosfera ele vai queimando e se desfazendo .. Já vi várias rochas pequenas caindo e sumindo igual a esse..

    ResponderExcluir
  2. Este bólito fragmentou em SS Grama sp

    ResponderExcluir