Saiba como observar o grande asteroide 2004 BL86 no dia 26 de janeiro

Onde devemos olhar? Qual horário? Será possível ver o asteroide a olho nu? 


No dia 26 de janeiro de 2015, um grande asteroide fará sua máxima aproximação com a Terra, quando passará a uma velocidade acima de 50 mil km/h a cerca de 3 vezes a distância entre a Terra e a Lua. O tamanho desse grande asteróide, nomeado 2004 BL86, está estimado entre 400 e 900 metros, portanto ele poderá ser visto com auxílio de algum equipamento. Outra aproximação como essa só deverá ocorrer daqui a 12 anos. Não perca essa oportunidade!

passagem do asteroide 2004 BL86
Máxima aproximação do asteroide 2004 BL86. Créditos: NASA / JPL-Caltech


Será possível observar o asteroide a olho nu?

Infelizmente não, porém, se você possui um telescópio com abertura de pelo menos 90mm, ou binóculos grandes com tripé, já é possível avistar o objeto, que será visto como uma estrela de brilho mais opaco. O asteroide 2004 BL86, também conhecido como 357439, estará com magnitude aparente de aproximadamente 9, e a NASA divulgou uma nota dizendo que há uma possibilidade de que ele seja visível através de pequenos binóculos ou telescópios.




Um fato interessante é que esse grande asteroide não se moverá tão rápido quanto um meteoro (claro!), mas ele também não ficará estagnado no céu como uma estrela. Com telescópios acima de 150mm será bem fácil observar seu rápido movimento contra as estrelas de fundo.

Em outras palavras, o asteroide 2004 BL86 percorrerá o equivalente a uma Lua Cheia no céu a cada 11 minutos, e isso é realmente muito rápido! Sua velocidade está estimada em aproximadamente 56.400 km/h.


Como encontrá-lo?

A máxima aproximação de 2004 BL86 será no dia 26 de janeiro, às 16h20 UTC. As chances de observação desse asteroide se resumem apenas aos dias 26 e 27, já que após isso ele estará muito ao norte, e seu brilho diminuirá a cada dia. As Américas, Europa e África são os locais privilegiados para observação, já que o asteroide estará visível no céu no momento de máximo brilho, que é do anoitecer do dia 26 até antes do amanhecer do dia 27. Basicamente será apenas uma madrugada para vislumbrá-lo, mas será uma ótima experiência!




Logo no início da noite do dia 26 de janeiro, 2004 BL86 estará chegando na constelação de Cancer, e a aprtir daí, ele aumentará significativamente de brilho ao decorrer da noite. Olhe para a região nordeste do céu, e às 22h00 BRT (sem contar com horário de verão) ele passará exatamente entre a estrela Procyon (Cão Menor) e o planeta Júpiter:

como ver o asteroide 2004 BL86 no céu do dia 26 de janeiro
Localização do asteroide 2004 BL86. Créditos: STELLARIUM

O momento de brilho máximo do asteroide 2004 BL86 será à 01h33 BRT (sem contar com horário de verão), e neste momento, ele estará muito próximo do aglomerado estelar aberto M44, na constelação de Cancer, a noroeste. Este aglomerado é facilmente visível através de binóculos ou até mesmo a olho nu (em céus muito escuros), portanto, ficará muito fácil encontrar o asteroide nesse horário, que inclusive será o melhor.

carta celeste asteroide 2004 BL86
Localização do asteroide 2004 BL86. Créditos: STELLARIUM

Por volta das 02h10 BRT (05h10 UTC), a grande rocha espacial começará a passar ainda mais próxima do aglomerado M44. Na foto abaixo você pode ver a localização do asteroide, que estará rumando para a direção direita inferior da imagem, e passará acima da estrela Asellus Borealis.

grande asteroide no céu dia 26 de janeiro 2015
Localização do asteroide 2004 BL86. Créditos: STELLARIUM

Outra maneira de observar esse asteroide é fazer uma fotografia de longa exposição. Provavelmente, acima de 4 ou 6 segundos, ele poderá ser visto na foto, mas claro, você precisará comparar sua posição com as imagens acima acima, pois ele parecerá muito com uma estrela.




E claro, se alguém conseguir fotografar esse belo asteroide, não esqueça de nos enviar (por e-mail ou em nossa fanpage no Facebook).

Além disso, você poderá assistir a transmissão ao vivo que mostrará o asteroide 2004 BL86 em sua máxima aproximação [clique aqui e saiba mais], não percam!

Um grande abraço à todos, bons céus boas observações!




Imagens: (capa-ilustração-Galeria do Meteorito) / NASA / STELLARIUM
23/01/15

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 comentários:

  1. Opa, belo guia. Ajudará demais nas observações. :)
    Neste fim de semana e começo da semana que vem teremos dois excelentes fenômenos para observar. Só espero que o tempo colabore.

    ResponderExcluir
  2. Olá, antes de mais gosto bastante do vosso site, mas tenho uma sugestão. Como português de Portugal estes posts acabam por não me ajudar muito, porque a vossa referencia geográfica remete-se apenas ao Brasil. Seria interessante colocar também a referencia geográfica para portugal uma vez que por questões linguísticas este site também é visto por portugueses. Abraço e continuação do bom trabalho :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pela participação e pela sugestão Márcio Lopes! Isso é algo que algumas vezes passa despercebido, embora tentemos sempre agradar o nosso público lusitano! Daremos ainda mais atenção a esse detalhe em nossas próximas publicações!

      Um grande abraço, e bons céus!

      Excluir