Dá tontura girar rápido no espaço? O resultado vai te surpreender!

girando no espaço
Será que os astronautas também sentem tonturas no espaço? E se eles girarem repetidamente?



Quando os astronautas chegam na Estação Espacial Internacional (ISS), é normal eles sentirem náuseas e tonturas nas primeiras 24 / 48 horas. Isso ocorre porque o aparelho vestibular (que são órgãos localizados na parte interna dos ouvidos, e nos dão a sensação de equilíbrio) ficam confusos. A visão deles diz que estão de pé, por exemplo, mas o aparelho vestibular diz outra coisa: que eles estão caindo!

Animação mostra como funciona parte do aparelho vestibular.
Créditos: Northwestern University

Após um certo tempo no espaço, o nosso cérebro se acostuma a "desconsiderar" as informações enviadas pelo aparelho vestibular, e então, não importa em qual posição você esteja, o cérebro irá se basear apenas na visão.

Mas o que acontece se o astronauta girar rapidamente no espaço? Ele ficará com tontura, ou será que seu cérebro já estará preparado o suficiente pra isso? Pra responder essas questões, o astronauta Tim Peake, da Agência Espacial Europeia (ESA), que já estava na ISS há alguns meses, fez uma experiência para tirar a dúvida de todos. Confira!


Como pudemos ver, o astronauta Tim Peake, girou, girou e girou... repetidamente. Deu tontura só de olhar! Mas será que ele também ficou com tontura?

Segundo seu relato, enquanto ele estava girando rapidamente, sua sensação foi de sentir todo seu sangue indo pra cabeça, por conta da força centrífuga. E o mais interessante foi o que aconteceu depois...

Ele sentiu uma forte tontura, mas ela passou em menos de 3 segundos! Assim que seu aparelho vestibular voltou ao normal (como se ele estivesse caindo), ele se sentiu perfeitamente sóbrio.




O resultado da experiência é incrível, e nos mostra o quão adaptável é o ser-humano quando exposto a diferentes ambientes, como na micro-gravidade, por exemplo. Somos mais flexíveis do que imaginamos, e isso é uma grande vantagem para futuras explorações espaciais!



Imagens: (capa-ESA) / Northwestern University / ESA
15/06/16


Gostou da nossa matéria?
Curta nossa página no Facebook
para ver muito mais!


Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

6 comentários:

  1. Amo esse site quando for fazer uma matéria da destruição do nosso planeta fika melhor ainda

    ResponderExcluir
  2. ah se sesse eu, tinha gorfado tudo kkk.
    ainda bem que o corpo humano é adaptável, mas do ser humano preparado pra isso, no caso dos astronautas, que passam inúmeras horas em treinamento, valeu Galeria do Meteorito \o/

    ResponderExcluir
  3. bela matéria! metamorfose ambulante!

    ResponderExcluir
  4. Interessante como o nosso subconsciente consegue se ajustar a essas mudanças, sem que seja preciso nossa atenção, para tal.
    Nossas células corporais nascem, fazem mitoses e morrem, sem que para isso precisem do nosso cérebro para controlar essas etapas. Nosso cérebro, por outro lado, opera diversas ações o tempo todo em nossos corpos, sem o nosso controle consciente, como: batimentos cardíacos, respiração, abrir e fechar os olhos, caminhar sem cair, se adaptar a problemas de orientação no espaço...
    Isso é uma clara demonstração de que não temos tanto domínio sobre nós mesmos, como costumeiramente acreditamos...

    ResponderExcluir
  5. Interessante como o nosso subconsciente consegue se ajustar a essas mudanças, sem que seja preciso nossa atenção, para tal.
    Nossas células corporais nascem, fazem mitoses e morrem, sem que para isso precisem do nosso cérebro para controlar essas etapas. Nosso cérebro, por outro lado, opera diversas ações o tempo todo em nossos corpos, sem o nosso controle consciente, como: batimentos cardíacos, respiração, abrir e fechar os olhos, caminhar sem cair, se adaptar a problemas de orientação no espaço...
    Isso é uma clara demonstração de que não temos tanto domínio sobre nós mesmos, como costumeiramente acreditamos...

    ResponderExcluir