Sol comemora o início de 2014 com uma potente explosão

Enquanto os fogos de artifício tomavam conta dos céus aqui na Terra, o Sol mostrava o seu poder



O Observatório Solar Dynamics da NASA registrou um grande flare solar no dia 1° de janeiro. A grande explosão foi classificada como de classe M 9.9, quase de classe X, que é a classe mais potente de flares.

  • Estação Espacial Internacional ao vivo. Saiba mais

Veja o registro feito pelo SDO:



Mais flares são esperados

A mancha solar AR1944, que surgiu ao longo do limbo leste do Sol no dia 1º de janeiro, é grande e potencialmente perigosa. A complexa região possui mais de 12 núcleos escuros, e o maior deles tem tamnho suficiente para engolir dois planetas Terra. A mancha AR1944 é tão grande que os observadores estão começando a considerá-la como um 'defeito' no disco solar. Veja essa imagem do pôr do Sol:

Foto feita por Raymund Sarmiento, em Quezon, Filipinas
Créditos: Raymund Sarmiento   /   Clique na imagem para ampliar

"Este foi o meu primeiro registro do pôr do Sol nesse ano", diz o fotógrafo Raymund Sarmiento, Quezon City, Filipinas. " Essa mancha solar, por exemplo, tem o potencial de perturbar as transmissões e recepções de sinais de rádio da antena em primeiro plano".

De fato, a mancha tem um campo magnético 'beta-gama", que abriga energia para grandes erupções. Os meteorologistas da NOAA estimam para este fim de semana 75% de chance para flares de classe M e 30% para flares de classe X. O efeito de possíveis flares seria atenuado pelo fato de que a mancha ainda não está apontada diretamente para a Terra. No entanto, ainda assim, uma explosão a partir dessa gigantesca mancha poderia produzir apagões de rádio e uma possível tempestade geomagnética.


Fonte: Theweathernetwork / spaceweather / SDO / NASA
Créditos: SDO / NASA / spaceweather / Raymund Sarmiento
Imagem: Raymund Sarmiento
04/01/14

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários: