Estamos finalmente nos preparando para uma colisão de asteróide

Várias nações se juntam com um único objetivo: proteger a Terra de asteroides


Com um mandato da ONU, A Agência Espacial Europeia (ESA) e outras agências espaciais de todo o mundo estão prestes a criar um grupo de alto nível para ajudar a coordenar a resposta global dada a um asteróide que um dia, venha em direção à Terra.

Pela primeira vez, as agências espaciais da América do Norte, América do Sul, Europa, Ásia e África irão trabalhar juntas com o intuito de estabelecer um grupo de peritos e de criar uma defesa real para possíveis ameaças de colisões de asteróides, que poderiam um dia atingir a Terra.

Dos mais de 600.000 asteróides conhecidos do nosso Sistema Solar, mais de 10.000 são classificados como objetos próximos da Terra (NEOs), isso porque suas órbitas estão relativamente próximas da órbita da Terra.

Rastro de asteróide sobre Chelyabinsk, na Rússia. Créditos: ESA
Clique para ampliar

Uma prova dramática de que qualquer um destes objetos pode colidir com o nosso planeta aconteceu há cerca de um ano. No dia 15 de fevereiro de 2013, um objeto desconhecido, com diâmetro aproximado de 17 ou 20 metros explodiu acima de Chelyabinsk, na Rússia. A sua velocidade no momento da aproximação era de 66.000 km/h, e sua explosão foi 25 vezes mais potente do que a bomba atômica de Hiroshima.

A onda de choque resultante causou danos generalizados e lesões, tornando-se o maior objeto natural conhecida por ter entrado na atmosfera desde o evento Tunguska, em 1908, que destruiu uma área de floresta remota da Sibéria.


Coordenar os esforços globais

Centro de controle da Agência Espacial Europeia, em Tenerife.
Créditos: ESA   /   Clique para ampliar

Um grupo de planejamento (SMPAG) foi criado juntamente com um fórum técnico, com um mandato do Comitê das Nações Unidas para o uso pacífico do espaço exterior (UNCOPUOS). Esse grupo irá desenvolver uma estratégia para reagir a uma possível ameaça de impacto de um asteróide.

"A SMPAG também irá desenvolver e aperfeiçoar um conjunto de missões individuais e cooperativas para interceptar um asteróide ", afirma Detlef Koschny, Chefe do segmento dos objetos próximos da Terra (NEO) e oficial do escritório Space Situational Awareness (SSA) da ESA.

"Devemos executar missões de teste e avialiação, para testar a nossa tecnologia antes que uma ameaça real aconteça".

A primeira reunião organizada pela ESA aconteceu no início de fevereiro, no centro de operações em Darmstadt, na Alemanha.

Mais de trinta representantes de 13 agências espaciais, sete ministros do governo e da ONU deverão compartilhar conhecimentos e pesquisas recentes relacionadas a impactos de objetos com o planeta Terra, e deverão então, desenvolver um plano para os próximos dois anos.

"Como primeiro passo, o grupo vai estudar as capacidades organizacionais e operacionais de cada agência, tecnologias específicas e habilidades científicas, e verificar o que cada um pode fazer de melhor para contribuir com esse importante trabalho", completa Detlef.


Fonte: ESA
18/02/14

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

46 comentários:

  1. Só acho que decidiram isso tarde demais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. um susto pode mudar o comportamento da humanidade,amor,Compaixão,companheirismo,vai surgir em cada um na terra todos serão iguais!...

      Excluir
    2. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, depois de tantas guerras, Tsunamis, terremotos, furacões, etc.
      Sonha demais não rapaz!

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  2. Irão falhar miseravelmente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. espero q falhem, e que o meteoro caia na tua cabeça :)

      Excluir
  3. Inútil! Não vai adiantar nada.

    ResponderExcluir
  4. Todo recurso para proteger o nosso planeta é bem vindo.

    ResponderExcluir
  5. A única mão que pode segurar qualquer coisa é a mão de Deus,o resto é bobagem...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    2. IAHSAISASIUAISHAHSIAUHSIUAHSIAHSUAHSIUAHSUIHASIUAHUISHA

      Excluir
    3. huehuehuehuehuehuehuehehuehuehuehueheu, tudo bem cara, Deus eh bom e tal, mas no momento estamos precisando de um pouco mais de ciencia e menas religiao, antes que venha dizer que vou pro inferno por nao acreditar em Deus, sim eu acredito, mas acho que se ele nem sequer tirou a fome das crianças africanas, acho que eh melhor nos aprendermos a nos cuidar, n a ficar implorando inutilmente para um ser do qual nem sabemos se realmente existe!

      Excluir
    4. Ânderson, Deus existe. "Menas" não.

      Excluir
  6. Talvez esteja na hora de um grande impacto, literalmente.

    ResponderExcluir
  7. Se estão planejando isso , é porque sabem de alguma coisa que está para acontecer e não divulgam .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo...não divulgam.

      Excluir
    2. concordo a nasa anda muito discreta

      Excluir
  8. Esse asteróide q caiu na Rússia no dia 15 de fevereiro de 2013 não tinha essas 25x a bomba de Hiroshima. Não ouve essa explosão atômica !

    ResponderExcluir
  9. pó todos tem uma opinião eu n sou espeto mais assim eu gostaria de saber como o governo foi fazer isso com esses asteroides se casse na terra a população cientifica poderia saber mais estudar mais com os asteroides .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "eu n sou espeto" Não, você não é esperto mesmo! Tirando os outros erros de português, puta que pariu ein?!

      Excluir
  10. tinha que cair um desses no rio de janeiro

    ResponderExcluir
  11. ta escrito no apocalipse uma estrela caira do ceu na terra leia a biblia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estrelas não se mechem...
      Meteoro é o nome do rastro que qualquer corpo deixa ao queimar atravessando nossa atmosfera.
      Se você parar uma noite e observar o céus , vera muitas "estrelas cadentes"
      Então tem um bocado "de estrelas" vindo dos céus todos os dias.
      Sou cristão , mas fico indignado em ver como as pessoas se cegam por causa da religião e não querem adquirir conhecimento sobre o nosso universo.

      Excluir
    2. Estrela são sempre massivas demais, a terra é quem cairia em uma e não ao contrário. E por que diabos uma estrela iria colidir com a terra? Estamos orbitando o sol a mais de 4 bilhões de anos.
      Enfim, crentes são tudo doido. kkkkkkk

      Excluir
    3. Pô, Abrão! Estrelas não caem, você precisa estudar!

      Excluir
    4. Tem muitas coisas escritas na bíblia, e a maioria não faz sentido nenhum.

      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    6. Abrão! Tá meio desinformado hein! Estrela cair do céu? Sabe que o nosso Sol é uma estrela né? Imagina só se por uma infelicidade nosso planeta sofresse um "impacto" direto do Sol! Aliás, não teria nem tempo de ocorrer o tal "impacto", a Terra iria simplesmente "evaporar" muito antes, viraríamos poeira cósmica!
      Ainda acredita que uma estrela vai cair do céu fazendo-se cumprir uma "profecia" feita à milênios, quando a humanidade achava que a Terra era plana com o Sol girando em torno dela e que éramos o Centro do Universo? Raciocina só um instantinho antes de responder.

      (Excluí meu comentário anterior por crêr que seria um tanto agressivo, deixando esse mais "light")

      Excluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. afinal... o meteoro vai cair na terra ou não vai?

      Excluir
  13. TODOS DEVEM UNIR-SE COMO SE FOSSEM UM SO´, IMITANDO A FORMA STAR TREK QUE SÃO HUMANOS CRIANDO UM MUNDO MELHOR E PROCURAR NOVOS MUNDOS PARA A SOBREVIVÊNCIA DO DO HOMEM JUNTO AOS SEUS IRMÃOS DAS ESTRELAS ,SÓ ASSIM O HOMEM SOBREVIVERÁ.

    ResponderExcluir
  14. o meteoro vai cair precisamente em brasilia ao meio dia... kkk kkk kkk

    ResponderExcluir
  15. Não adianta ficar ligado no que vem de fora e continuar destruindo tudo aqui, #deixabater

    ResponderExcluir
  16. Me parece uma boa desculpa para espionar as agências espaciais de outros países...

    ResponderExcluir
  17. Uma ótima notícia. O planeta precisa realmente de novas estratégias p identificação rápida de objetos de alto risco. Espero q consigam e trabalhem unidos por uma só causa.

    ResponderExcluir