Meteorito colide com a Lua e cria a mais brilhante explosão já observada




O impacto de uma rocha espacial em alta velocidade na superfície da Lua desencadeou a mais brilhante explosão lunar já vista, dizem os cientistas.

Um vídeo do impacto, que ocorreu em 11 de setembro de 2013, foi apresentado no final de fevereiro de 2014. O "flash" gerado pelo impacto foi quase tão brilhante quanto uma estrela de segunda magnitude. Isso significa que esse impacto foi visível para qualquer pessoas que estivesse olhando para a Lua naquele dia, às 08h07 UTC.



"Naquele momento eu percebi que eu tinha visto um evento muito raro e extraordinário", disse José Madiedo , professor da Universidade de Huelva. Madiedo testemunhou a colisão usando dois telescópios que fazem parte de um sistema de detecção de impactos na Lua, no sul da Espanha.

Imagem mostra a localização da região chmada
Mare Nubium. Créditos: Wikipedia

A rocha espacial colidiu a uma velocidade impressionante de 61.000 km/h, gerando uma nova cratera de cerca de 40 metros de largura na região conhecida como Mare Nubium. Os cientistas acreditam que a rocha espacial responsável por tal colisão deveria ter cerca de 400 kg, com diâmetro de aproximadamente 1 metro.

Se uma rocha espacial deste tamanho atingir a Terra, pode criar algumas espetaculares bolas de fogo no céu, mas provavelmente não seria uma ameaça para as pessoas em terra, explicaram os pesquisadores. Já a Lua, ela não tem uma atmosfera como a da Terra, o que a torna bastante vulnerável a colisões de asteróides.

A energia liberada por esse impacto foi comparável a uma explosão de cerca de 15 toneladas de TNT. Foi pelo menos três vezes mais poderoso do que o maior evento observado anteriormente (uma poderosa explosão lunar descoberta por cientistas da NASA em 17 de março de 2013).

Normalmente, os flashes desses impactos duram apenas uma fração de segundo, mas o ponto brilhante visto por Madiedo brilhou por oito segundos, tornando-se o brilho de impacto mais longo já observado. Desde 2005, o programa de monitoramento de impacto lunar da NASA tem observado mais de 300 colisões de meteoritos na superfície lunar.

"Nossos telescópios continuarão observando a Lua assim como nossas câmeras monitoram constantemente os meteoros na atmosfera da Terra", disse Madiedo em um comunicado. "Desta forma, esperamos identificar grupos de rochas que poderiam dar origem a eventos de impacto comuns em ambos os corpos. Também queremos descobrir de onde vêm esses asteróides."

A pesquisa sobre o impacto lunar de setembro de 2013 foi publicada na revista Monthly Notices da Royal Astronomical Society.

Fonte: Space
Vídeo: Universidad de Huelva / MIDAS
17/03/14

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

9 comentários:

  1. ...pelo tom da matéria pensei que a Lua tinha se partido ao meio, mas foi só um vagalume que passou na frente da lente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se voçec soubesse o minimo de astronomia saberia que um evento como esse é raro e que pelo tamanho do clarão que surgiu atingiu quilômetros de distancia, mas pra vc é apenas um vaga-lume.fazer o que né

      Excluir
    2. nó casso pode ser tipo como vc disse um vaga-lume e se fosse na terra como seria ???

      Excluir
    3. Se uma rocha espacial deste tamanho atingir a Terra, pode criar algumas espetaculares bolas de fogo no céu, mas provavelmente não seria uma ameaça para as pessoas em terra, explicaram os pesquisadores.

      Está no texto, amigo!

      Excluir
  2. Bom saber disso . Gostaria de ter visto . Em meados do século 17 ,1800 e lá vai cacetada , também aconteceu um evento deste com maior intensidade na Lua . Vi isso em um documentário e pôde ser visto a olho nú . Sm ? Não ? Que vcs acham ?

    ResponderExcluir
  3. SUPER COLISÃO FANTASTICO SORTE QUE FOI NA LUA

    ResponderExcluir
  4. como faz pra cair um desse em Brasilia?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkkkkk se alguém descobrir a resposta por favor publiquem

      Excluir
    2. Kkkkkkkkk se alguém descobrir a resposta por favor publiquem

      Excluir