Ejeção de Massa Coronal é registrada em ultra-zoom pela primeira vez






Uma grande Ejeção de Massa Coronal ( EMC ) ocorreu no dia 9 de maio de 2014, mas apesar de antiga, o que colocou essa EMC na história foi o fato dela ter sido registrada pelo observatório da NASA em ultra-zoom, pela primeira vez!

Esta foi a primeira EMC observada pela sonda Interface Region Imaging Spectrograph (IRIS), lançada em junho de 2013 com o objetivo de estudar os níveis mais baixos da atmosfera do Sol com uma resolução jamais vista. Assista ao filme em "ultra-zoom" registrado pela sonda IRIS, e veja como uma imensa nuvem de material solar é ejetada a uma velocidade de 1,5 milhões de km/h.



A IRIS deve estar apontada para uma determinada região solar com pelo menos uma dia de antecedência, e registrar uma EMC como essa envolve algumas suposições e um pouco de sorte.

Esta é a primeira EMC registrada com perfeição pela sonda IRIS. O material na base da região focada pela sonda está a 30.000 kelvins. A linha horizontal que se move no vídeo é a fenda de entrada para o espectrógrafo da IRIS, um instrumento que pode dividir a luz em seus vários comprimentos de onda, uma técnica que permite aos cientistas medirem a temperatura, velocidade e densidade do material solar.

O campo de visão do vídeo é de cerca de cinco Terras de largura e sete Terras e meia de altura.

Lockheed Martin Solar & Astrophysics Laboratory desenvolveu o Observatório IRIS e também gerencia a missão. O Centro de Pesquisa Ames da NASA em Moffett Field, Califórnia, oferece operações de missão e sistemas de dados terrestres. Goddard Space Flight Center da NASA em Greenbelt , Maryland, gerencia o Programa de Exploradores de Ciência para Diretoria de Missões da NASA, em Washington, EUA.

Fonte: NASA
02/06/14

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

3 comentários: