Imperdível: Júpiter será o palco de um belíssimo evento astronômico nesse fim de semana

No dia 24 de janeiro teremos um belo e raro trânsito lunar em Júpiter


Neste fim de semana, se o tempo permitir e você tiver um telescópio, não deixe de observar o planeta Júpiter. Um raro "evento de relojoaria" deverá acontecer. Você já sabe do que estamos falando?

Podemos chamar esse raro evento de eclipse solar Jupiteriano triplo, mas como nosso ponto de vista é o terrestre, chamamos de trânsito das luas de Júpiter. E no dia 24 de janeiro (madrugada do dia 23 para o 24), 3 luas de Júpiter passarão entre o Sol e o planeta ao mesmo tempo, e projetarão suas sombras nas nuvens desse gigante gasoso.

Trânsito de Júpiter e suas luas
Trânsito triplo das luas de Júpiter visto no dia 24 de janeiro às 3h41 BRT (6:41 UTC).         Créditos: Starry Night
Clique na imagem para ampliar



O quão raro é esse evento?

Jean Meeus (Universidade de Harvard) calcula que 31 eventos triplos envolvendo luas e suas sombras ocorrem ao longo do período de 60 anos (ou seja, entre 1981 a 2040).




Mas nem todos são tão favoráveis como esse que acontecerá nesse fim de semana. Em primeiro lugar, Júpiter está em ótima posição para ser observado no céu noturno, e dirige-se para a oposição no próximo mês. E dos 31 eventos acima mencionados, apenas 9 farão 3 sombras ao mesmo tempo. Perca o evento deste fim de semana, e você vai ter que esperar até 20 março de 2032 para ter a chance de observar um trânsito triplo como esse.

Devemos lembrar que esse trânsito triplo é muito raro, diferente dos trânsitos duplos que ocorrem com muito mais frequência, e podem ser vistos diversas vezes ao longo do ano.




O momento chave em que as três sombras poderão ser vistas cruzando o disco de Júpiter será na madrugada de sexta pra sábado (dia 24 de janeiro), a partir das 03h26 do horário de Brasília (sem contar com horário de verão [06h26 UTC]). Neste momento, Júpiter estará a oeste, a uma altura de aproximadamente 40°. O espaço de tempo em que as 3 sombras poderão ser vistas será de pouco menos de 30 minutos.




Infelizmente, está previsto para que a Grande Mancha Vermelha esteja fora de vista quando o trânsito triplo ocorrer. As luas responsáveis por esse belo evento são: Io, Calisto, e Europa.

E apesar de Júpiter possuir 4 grandes luas, um trânsito quádruplo envolvendo todas elas simplesmente não acontece... e isso tem a ver com a ressonância orbital. As 3 luas galileanas mais íntimas de Júpiter (Io, Europa e Ganimedes) estão em ressonância de 4: 2: 1, e infelizmente, essa ressonância assegura que teremos sempre dois satélites atravessando o disco de Júpiter, mas nunca os três de uma vez, como mostra no exemplo ao lado.

Mas para completar essa raro trânsito triplo, a lua Calisto entrará em cena, mas nem sempre ela passa pelo disco de Júpiter para termos essa bela visão. A nossa sorte é que Calisto está numa temporada de cursos em Júpiter, e esse período vai até julho de 2016.




Se você tiver a chance de ver Júpiter com detalhes (com um telescópio grande), perceberá que cada sombra de cada lua se mostra de uma forma diferente. A mais distante, Calisto, lança uma sombra ampla, com borda difusa irregular, enquanto que Io faz uma sombra menor e muito escura, como uma gota de tinta preta.

Portanto, se puder, aproveite essa bela oportunidade para vislumbrar Júpiter de uma forma diferente. Bons céus, e boas observações!

Fonte: Universetoday
Imagens: (capa-NatGeo) / Starry Night / Wikimedia Commons
21/01/15

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

9 comentários:

  1. Será que um 70mm / f10 proporciona alguma surpresa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luiz, tudo bem?

      Acredito que será difícil distinguir algo com essa abertura, mas se você utilizar uma barlow junto com uma lente de 4 ou 5 mm, talvez. Mesmo assim, sempre vale a tentativa, afinal só o prazer de curtir uma noite ao telescópio já é muito gratificante, e quem sabe você não tem uma recompensa no final?!

      Um grande abraço e boa sorte!

      Excluir
    2. Uma boa forma de saber de antemão a possibilidade de ver as sombras das luas, é responder a seguinte pergunta: Você consegue ver as duas faixas principais de Júpiter direitinho? Se a resposta for afirmativa, então vai ver o transito. Pois, as sombras tem mais contraste do que as próprias faixas de Júpiter, e tem um diâmetro aparente de pelo menos a metade de uma das faixas do planeta.

      O grande problema disso tudo é o céu estável que permita uma excelente nitidez na observação. Se o céu estiver estável, terá uma excelente surpresa. Só recomendo climatizar o telescópio por 1 hora com a temperatura ambiente, antes de usar. Pois, um dos principais vilões nas observações é um telescópio não climatizado.

      Excluir
    3. Obrigado à Redação e ao Milton! Tenho a Barlow 2x e uma 6mm que devem fazer efeito. Vejo as faixas principais bem marcadas. Valeu a dica! Agora é rezar para São Pedro dar uma soprada aqui no RJ...

      Excluir
  2. Pessoal, tudo bem? Podem me ajudar? EU nunca tive um telescópio e não faço ideia do que preciso saber para comprar um. Onde comprar...vocês podem me ajudar me dando algumas dicas? Vou adorar observar este espetáculo ainda mais com Júpiter em tão privilegiado ângulo de visão com nos últimos dias.
    Obrigadaaaa. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recomendo fortemente o site Armazém do Telescópio. Comprei o meu lá. Vendem telescópios de qualidade muito melhor do que as que você encontra em lojas e o preço que eles praticam é imbatível.

      Excluir
    2. Que legal. Milton. MUITO OBRIGADA. Vou dar uma pesquisada por lá.

      Excluir
  3. Ah, esqueci de perguntar, nos calendários o evento se dá como dia 24, mas ninguém, com exceção desta matéria, informou o horário. Pergunto, no fim do dia 24, entre 20 e 23h, o trânsito ainda será visível? Grato!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será visível a qualquer hora na madrugada de hoje. Jupiter já estará em uma boa posição no céu após as 23h. É uma boa hora para começar a acompanhar o trânsito e ver a mudança de posição das sombras com o passar das horas.
      Porém no sábado não será mais vísivel, pois o período de translação dos satélites são de 2 a 3 dia, no caso de Io e Europa. Ou seja, no sábado já estarão em uma posição completamente diferente.

      Excluir