Acaba de acontecer a maior explosão solar em mais de uma década!

a maior explosão solar em mais de uma década
E junto com a explosão de radiação, está chegando uma forte Ejeção de Massa Coronal


Hoje, dia 06 de setembro, às 12:02 UTC (09h02 pelo horário de Brasília), a mancha solar AR2673 produziu uma erupção solar de classe X9.3 - a mais extrema explosão solar em mais de uma década!

Alguns minutos depois, raios-x e UV provenientes dessa explosão ionizaram o topo da atmosfera terrestre, causando fortes blecautes de rádio no lado diurno da Terra. A maior parte do Brasil sofreu com esse blecaute extremo, como mostra no mapa:

Mapa do blecaute - 06 de setembro de 2017 - NOAA
Mapa do blecaute ocorrido no dia 06 de setembro de 2017.
Créditos: NOAA / SWPC

Diferente das Ejeções de Massa Coronal, as explosões solares, por produzirem erupções de radiação, viajam na velocidade da luz. Com isso, não temos nenhum tempo para nos preparar pra sua chegada, que pode causar blecautes severos e até apagões globais dependendo da intensidade.



A explosão provavelmente produziu também uma Ejeção de Massa Coronal (EMC), mas para confirmar isso, temos que esperar a liberação das imagens feitas pelos observatórios solares.




O vídeo abaixo mostra o momento da explosão. Ela foi realmente extrema. Chega a ser assustador:



Foi muito forte!

Para se ter uma ideia da intensidade dessa explosão, a escala que mede sua potência vai de B (ínfima), C (fraca), M (moderada) até X (extrema). Como se não bastasse, cada letra tem uma segunda contagem de intensidade que vai de 1 à 9.9. Essa explosão atingiu a escala de X9.3!

erupção solar - escala
Escala de intensidades de erupções solares.
Créditos: NASA

A maior explosão solar já registrada foi em 2003, atingindo a escala de X17 - ou seja, as erupções solares mais extremas (de classe X) podem ultrapassar o limite de 9.9, mas isso é muito raro.


Essa mancha solar não está pra brincadeiras!

No dia 4 de setembro, a mesma mancha solar (AR2673) já foi responsável por uma Ejeção de Massa Coronal. O vento solar dessa explosão já estava previsto para chegar na Terra entre hoje e amanhã (6 e 7 de setembro).

Mancha solar AR2673 - Philippe Tosi
Mancha solar AR2673 registrada por Philippe Tosi no dia 5 de setembro de 2017, em Nîmes, França.
Na imagem temos a Terra em escala.
Créditos: Philippe Tosi / divulgação

As chances de tempestades geomagnéticas estão altas. Especialistas do clima espacial estão estimando uma chance de 90% para tempestades geomagnéticas severas nas altas latitudes, e 45% para as latitudes médias nas próximas 24 horas.




Atualização às 21h09 BRT

A sonda SOHO, da NASA, através dos instrumentos Lasco C2 e C3 confirmou: a mancha solar AR2673 também produziu uma Ejeção de Massa Coronal, porém, alguns cálculos são necessários para verificar se de fato ela foi direcionada para a Terra.

Confira o vídeo:


De qualquer forma, se você se encontra próximo dos polos, fique de olho nos céus, pois auroras polares brilhantes devem atrair a atenção de todos nesse final de semana.

Fiquem ligados. Poderemos trazer mais informações a qualquer momento!



Imagens: (capa-SDO) / NOAA / SWPC / SDO / NOAA / NASA / Philippe Tosi / divulgação
06/09/17


Gostou da nossa matéria?
Curta nossa página no Facebook
para ver muito mais!


Encontre o site Galeria do Meteorito no Facebook, YouTubeTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

14 comentários:

  1. Galeria do Meteorito, incrível
    É curioso que eu fotografei a Mancha Solar AR2672 a alguns dias atrás e agora a mancha com numeração seguinte explode. Como posso enviar a foto que fiz pra vocês? meu email é rodrigo_apache@outlook.com
    Grato pela resposta e parabéns pelas matérias! Estou sempre acompanhando. Abraço a todos :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rodrigo, boa noite!

      Primeiramente muito obrigado por acompanhar nosso site!

      Você pode enviar a foto para o nosso e-mail contato@galeriadometeorito.com

      Será um prazer compartilhar sua foto em nossas redes sociais!

      Um grande abraço e seja sempre bem vindo!

      Excluir
  2. Isso me surpreendeu , isso seria algum ato apocalíptico de alguma forma ?

    ResponderExcluir
  3. Eu reparei o blackout de rádio em ondas curtas por volta das 06:00 horas. Estava dando uma olhada nos 9 MHz, quando de forma não habitual todas as rádios somem....
    Observação feita das 06:30 a umas 10:00
    5 e 6 MHz passada das 07:00 horas deixa de funcionar como sempre, 9 MHz ficou boa parte do tempo morta, 11 MHz praticamente morto...

    ResponderExcluir
  4. O que eu achei diferente aqui em São Paulo é que o dia está mais claro com uma cor mais branca do que o habitual é a mesma impressão de quando trocamos uma lâmpada incandescente por outra mais forte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tbm moro em SP e está muito claro mesmo, mas já está assim tem 3 anos, só que está piorando, procure por Nibiru que vc vai entender melhor isso

      Excluir
    2. Poluição, provavelmente.

      E alguem kicka essa Bruna daqui please? Que saco esse pessoal que fica hurr durr Nibiru hurr durr

      Excluir
  5. hummm...está ai um evento preocupante e assustador...sei não heim.

    ResponderExcluir
  6. sou de campina grande PB, aqui o dia estava mais claro e muito quente ao ponto dos termometros marcarem 38 graus, assim foi o que dizia no noticiário, agora pela manhã desse dia fiquei sem internet e as frequençias de rádio estava fraca sera que essa explosão sola pode causar tudo isso gente.

    ResponderExcluir
  7. Putz... Tamô fudido isso sim! 😱😵💀👽🙈

    ResponderExcluir
  8. Adhemar Ramos, dizia que 14 dias após a eclosão de manchas solares significativas, sempre ocorrem grandes terremotos na Terra. Vamos confirmar ou não, desta vez.

    ResponderExcluir
  9. Adhemar Ramos, dizia que 14 dias após a eclosão de manchas solares significativas, sempre ocorrem grandes terremotos na Terra. Vamos confirmar ou não, desta vez.

    ResponderExcluir