Incrível! Nuvens de água foram detectadas em uma Anã Marrom relativamente próxima da Terra

"Trata-se da primeira evidência de nuvens de água fora do nosso Sistema Solar" - Jonathan Fortney, Universidade da Califórnia


Encontrar nuvens de água na atmosfera de um exoplaneta (planeta fora do nosso Sistema Solar) já é algo magnífico, mas o que os astrônomos detectaram é ainda mais surpreendente.

Resultados preliminares encontraram nuvens de água na atmosfera de uma Anã Marrom, apenas a 7,3 anos-luz da Terra. O que torna essa descoberta algo incrível é o fato de que as anãs marrons são estrelas falhas, ou seja, como planetas colossais com atmosferas espessas, exatamente o oposto daquilo que conhecemos como um habitat ideal para a vida como a conhecemos.

A anã marrom, chamada WISE J0855-0714, foi descoberta através de dados do Telescópio Wide-Field Infrared Survey da NASA (WISE) e é notável que essa seja a Anã Marrom mais interessante já descoberta. Sua temperatura é ligeiramente mais baixa do que o ponto de congelamento da água, e sua massa é aproximadamente 10 vezes maior do que a de Júpiter.




Um fato interessante sobre esse objeto é que ele é um solitário interestelar, não orbita uma estrela e vaga sozinho pela espaço vazio. Isto significa que o sinal infravermelho pode ser isolado, sem luz de estrelas próximas, o que facilita sua detecção.




Observações de acompanhamento foram feitas com o telescópio de 6,5 metros, o Magellan Baade no Chile, por Jacqueline Faherty do Carnegie Institution for Science, o que resultou em 151 imagens no infravermelho, e após comparar a radiação gerada pela Anã Marrom com modelos atmosféricos, os astrônomos anunciaram a possível presença de nuvens de água na alta atmosfera do objeto. A pesquisa foi publicada na revista Astrophysical Journal Letters.

Concepção artística mostra Anã Marrom com nuvens de água próxima da Terra.
Créditos: Rob Gizis / Cuny BMCC



"Trata-se da primeira evidência de nuvens de água fora do nosso Sistema Solar", diz Jonathan Fortney, da Universidade da Califórnia. Existem nuvens de água na Terra e em Marte, e também nas camadas inferiores dos gigantes gasoso e de gelo, mas até agora, em nenhum outro objeto além do Sistema Solar haviam indícios de nuvens de água.

O vapor de água tem sido detectado em atmosferas de exoplanetas, mas essa é a primeira vez que as nuvens de água mostram indícios de grandes manchas. Assim como na Terra, parece ser parcialmente nublado nessa Anã Marrom.

As Anãs Marrons são objetos sub-estelares, que por falta de massa não conseguiram sustentar a fusão em seus núcleos, e por isso não se tornaram estrelas, mas por outro lado, esses objetos também não são como os planetas. As Anãs Marrons são corpos que numa escala, estariam entre os planetas gigantes mais massivos (como Júpiter) e as estrelas menores que se tem conhecimento (como as anãs vermelhas).

Para termos 100% de certeza que existem nuvens de água nessa Anã Marrom, teremos que esperar até que o Telescópio James Webb da NASA seja lançado em 2018. De qualquer forma, essa é uma descoberta fascinante.

Fonte: DSpace / Science Mag News
Imagens: Rob Gizis / Cuny BMCC
28/08/14

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 comentários:

  1. Esta descoberta corrobora a teoria de que a água poderia ter sido trazida á Terra á bordo de cometas que a "capturaram" em seu percurso cósmico e bombardearam nosso planeta em priscas eras caóticas de formação...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo que sei cecília essa teoria já foi desatualizada, haja visto que a contribuição dos cometas foi de apenas 30%, os asteróides carbonáceos 50% e as nebulosas solares 20%. Pelo menos nada li sobre outra versão.

      Excluir
  2. Claro que não, de fato ela pode ter ocorrido sim aqui na terra... mas isso não quer dizer que toda a água na terra foi trazida por cometas ou asteroides, o que cria a água no espaço sideral são as estrelas como o nosso sol por exemplo

    ResponderExcluir
  3. Claro que não, de fato ela pode ter ocorrido sim aqui na terra... mas isso não quer dizer que toda a água na terra foi trazida por cometas ou asteroides, o que cria a água no espaço sideral são as estrelas como o nosso sol por exemplo

    ResponderExcluir