Sucesso! Sonda Philae já se encontra na superfície do cometa 67P/C-G

Essa é a primeira vez na história que uma sonda faz um pouso controlado na superfície de um cometa!


A missão Rosetta da Agência Espacial Europeia (ESA) pousou com sucesso a sonda Philae na superfície do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko, concluindo um grande passo de uma das missões mais ambiciosas da humanidade.

A descida do pousador até o cometa durou 7 horas, que nem precisa dizer que foram as mais longas para os responsáveis e controladores da missão. Mas todo o sacrifício valeu a pena quando chegou o sinal dizendo que Philae já estava na superfície do cometa, às 16h03 UTC do dia 12 de novembro de 2014.

Simulação da descida e aterrissagem do pousador Philae

Os primeiros dados transmitidos pelos instrumentos da sonda foram recebidos pelo Centro de Operações Científicas de Navegação CNES da agência espacial da França, em Toulouse.




"Nossa ambiciosa missão Rosetta já tem um lugar garantido nos livros de história: não só é a primeira a encontrar e orbitar um cometa, como também é, agora, a primeira a pousar uma sonda na superfície de um cometa", disse Jean-Jacques Dordain, Director Geral da ESA. "Com Rosetta, estamos abrindo uma porta para explicar a origem do planeta Terra, e ter uma melhor compreensão do nosso futuro. A ESA e os parceiros da missão Rosetta alcançaram algo extraordinário hoje".

A despedida de Philae
Rosetta registra uma imagem épica, que mostra o pousador Philae após sua ejeção, quando já
estava indo em direção ao cometa. Créditos: ESA / Rosetta / DASP / IDA

"Depois de mais de 10 anos de viagem pelo espaço interplanetário, estamos agora fazendo a melhor análise científica de um dos remanescentes mais antigos do nosso Sistema Solar", comenta Alvaro Giménez, diretor de Ciência e Exploração Robótica da ESA.




A confirmação de que o pousador Philae havia se desprendido da sonda ocorreu às 09h03 UTC. A pequena sonda se desprendeu da nave-mãe Rosetta a uma distância de 22,5 km do centro do cometa. Durante a descida de sete horas, que foi feita sem propulsão ou orientação, Philae registrou imagens e informações sobre o ambiente próximo do cometa.

A despedida de Rosetta
Imagem registrada pela sonda Philae logo após se desprender da nave mãe Rosetta. Créditos: ESA / Rosetta / Philae / CIVA

superfície do cometa 67P
Créditos: ESA / Rosetta 

superfície do cometa 67P
Créditos: ESA / Rosetta 

Mais fotos e informações sobre a superfície do cometa estarão disponíveis em breve, dentro de algumas horas, assim que os dados forem recebidos e processados pela ESA. Assim que elas forem liberadas, você poderá acessá-las aqui mesmo em nosso site.

Confira os melhores momentos do pouso de Philae

A missão Rosetta foi lançada no dia 2 de março de 2004; viajou mais de 6,4 bilhões de km pelo Sistema Solar; encontrou com o cometa no dia 6 de agosto de 2014, e finalmente, no último dia 12 de novembro, alcançou um feito simplesmente extraordinário.



Durantes as próximas semanas, teremos informações de um dos lugares mais inexplorados do Sistema Solar, e quem sabe ainda, uma luz sobre a origem da vida?!

Fonte: ESA
Imagens: (capa-ilustração-ESA) / Rosetta Mission / ESA
Vídeos: ESA
13/11/14

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários: