Rosetta: Cientistas descrevem o aroma do cometa, e não é nada agradável

Você já imaginou como seria o aroma de um cometa? Os cientistas também não...


Quando alguém pede pra pensarmos em um cheiro muito ruim, provavelmente nós lembramos do cheiro pútrido de ovos podres. Aquele cheiro é causado pelo sulfeto de hidrogênio e é produzido por bactérias que deleitam-se em matéria orgânica em decomposição.

E pra nossa surpresa, os cientistas que estudam os dados da missão Rosetta descobriram que o cometa 67P / Churyumov-Gerasimenko possui sulfeto de hidrogênio... e isso não é tudo. O cometa que receberá a visita de uma sonda feita pelos humanos também tem traços de amônia, metano, cianeto de hidrogênio e formaldeído, substâncias químicas que têm cheiros horríveis, associados a urina, álcool, amêndoas amargas e vinagre.... e claro, ovo podre.




Em suma, se tivéssemos a oportunidade de trazer uma amostra desse cometa para a Terra, e você fosse infeliz o suficiente para cheirá-la, provavelmente escorreria uma lágrima de seus olhos, e seu estômago iria embrulhar quase que instantaneamente.

Essa "deliciosa" variedade de produtos químicos na coma (atmosfera em torno do núcleo) do cometa foram detectadas pelo espectrômetro de massa de Rosetta, o instrumento chamado Rosina-DFMS.




"O perfume de 67P / CG é muito forte", disse a cientista-chefe do estudo, Kathrin Altwegg em uma atualização do blog Rosetta. "Com o odor de ovos podres (sulfeto de hidrogênio), estábulo de cavalos (amônia), e o sufocante odor de formaldeído, misturados com cheiro amargo e com cianeto de hidrogênio, não é nada agradável".

Novas imagens mostram sublimação do cometa 67/P CG. Créditos: ESA

"Adicione um pouco de cheiro de álcool (metanol) a essa mistura, e um pouco de aroma de vinagre (dióxido de enxofre) e uma pitada de doce aromático de sulfureto de carbono, e chega-se ao 'perfume' do nosso cometa". Soa agradável?!!

A detecção destes produtos químicos surpreendeu os cientistas, pois acreditava-se que apenas o material mais volátil dos gelos (água e dióxido de carbono) seriam sublimados conforme o cometa se aproximasse do Sol. Atualmente o cometa Churyumov-Gerasimenko está a mais de 402 milhões de quilômetros do Sol, mas como ele se aproxima, a energia solar que aquece sua superfície empoeirada causará mais sublimação de seu gelo, lançando mais jatos de gás e poeira para o espaço.

A nossa sorte é que a exploração será feita por uma sonda, e não por um pobre ser-humano.

Brincadeiras à parte, a missão Rosetta prossegue a sua campanha à medida que circula o cometa 67P / Churyumov-Gerasimenko, descobrindo não só como o cometa está evoluindo durante sua aproximação com o Sol, mas também o coquetel de produtos químicos que ele vem lançando pelo espaço.

No dia 10 de novembro de 2014, o pousador Philae (integrante da missão) irá aterrissar no cometa, e marcará o primeiro pouso controlado na superfície de um cometa já feito em toda a história. Vamos torcer pra que tudo dê certo, afinal, outras grandes descobertas podem ser feitas!

Fonte: ESA / Rosetta
Imagens: ESA / Rosetta
28/10/14

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 comentários:

  1. Este cometa está estragado (-̮̮̃-̃)۶

    ResponderExcluir
  2. Esse site é top ! Parabéns pelo trabalho !

    ResponderExcluir
  3. Sempre pensei que vinagre fosse ácido cianídrico, HCN. Será que aprendi errado?

    ResponderExcluir