Ceres: suspeito de abrigar vida, ele será visitado por sonda da NASA em março de 2015

Ceres tem chances consideráveis de abrigar a vida como conhecemos



Em março de 2015, a sonda Dawn da NASA terá um encontro íntimo com o planeta anão Ceres, um mundo que possui um potencial considerável de abrigar a vida como a conhecemos, segundo relatos de diversos cientistas.

O planeta anão Ceres é o maior objeto no cinturão de asteróides que fica entre Marte e Júpiter. Ceres é um corpo relativamente quente e úmido, que deve ser respeitado como um dos lugares onde a vida pode (quem sabe) existir fora da Terra, assim como a lua Europa, de Júpiter, e o satélite de Saturno Enceladus, ambos os quais podem ser capazes de suportar a vida como a conhecemos, de acordo com alguns pesquisadores.




"Eu não acho que Ceres é menos interessante em termos de astrobiologia se comparado com outros mundos potencialmente habitáveis", comenta Jian-Yang Li, do Instituto de Ciência Planetária, no Arizona, EUA.

planeta anão ceres
Planeta anão Ceres registrado pelo Telescópio Espacial Hubble.
Créditos: NASA / ESA / STScl

A vida como a conhecemos requer três ingredientes principais, Li disse: água líquida, uma fonte de energia, e certos componentes químicos (carbono, hidrogênio, nitrogênio, oxigênio, fósforo e enxofre).

Acredita-se que o planeta anão Ceres (que tem cerca de 950 quilômetros de largura) tenha uma grande quantidade de água, por conta de sua baixa densidade global (2,09 gramas por centímetro cúbico, comparação com 5,5 g por cm cúbico da Terra). Segundo os pesquisadores, Ceres talvez seja um corpo diferente, com um núcleo rochoso e um manto composto por gelo de água. Minerais contendo água já foram detectados em sua superfície. "Na verdade, a água parece compor cerca de 40% do volume de Ceres", disse Li.

"Ceres é, depois da Terra, o maior reservatório de água do Sistema Solar interior", disse ele. "No entanto, não está claro até o momento, quanto dessa água estaria em estado líquido".




No que diz respeito a energia, Ceres pode ser considerado um mundo privilegiado por conta de seu aquecimento solar, uma vez que o planeta anão fica apenas a 2,8 unidades astronômicas (UA) do Sol (uma UA equivale a distância média entre a Terra e o Sol). Europe e Enceladus estão bem mais longe de nossa estrela, a 5,2 e 9 UAs respectivamente.

camadas de Ceres
Créditos: NASA / ESA / STScl

Curiosamente, os cientistas anunciaram a descoberta de emissão de vapor d'água em Ceres, que também pode possuir um oceano abaixo de sua superfície. As "plumas de Ceres" podem ou não ter origem de calor interno. Essa evaporação pode ocorrer, por exemplo, quando a luz solar aquece a superfície de Ceres, fazendo com que seu gelo inicie uma sublimação...




A sonda Dawn deverá ajudar os cientistas a entender e conhecer de forma mais clara o planeta anão Ceres, que é um dos mundos mais enigmáticos do Sistema Solar. A sonda que orbitou o enorme asteróide Vesta de julho de 2011 até setembro de 2012, irá mapear a superfície de Ceres e nos mostrar detalhes sobre sua geologia e condições térmicas, e isso tudo deve acontecer a partir de março de 2015.

Instrumentos terrestres também devem desempenhar um papel importante nas pesquisas de Ceres, como por exemplo o observatório ALMA (um enorme sistema de radio-telescópios localizado no Chile). Aliás, segundo Li, a proximidade de Ceres com o planeta Terra faz com que ele seja um alvo atraente para futuras missões espaciais.




Fonte: NASA / Space
Imagens: (capa-ilustração/NASA/JPL-Caltech) / STScl
29/12/14

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

6 comentários:

  1. Ameaça Grineer no planeta Ceres.Tennos,mostrem a eles do que são capazes.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a Dawn já chegou?
      mais notícias? ?

      Excluir
    2. Está chegando Mar Philos! Inclusive, postaremos uma matéria nova sobre Ceres daqui alguns minutos. Abraços, e obrigado pela participação!

      Excluir
  3. e pq a imagem do Hubble é tão ruim para enxergar um planeta relativamente perto como Ceres? seria pq ele é feito para ver apenas mais longe? ?

    ResponderExcluir