Asteroide 2012 TC4 está voltando, e fará aproximação perigosa com a Terra

asteroide 2012 TC4 pode colidir com a Terra em 2017
O asteroide 2012 TC4 já é conhecido por suas grandes aproximações com o nosso planeta



De acordo com cálculos e observações astronômicas, no dia 12 de outubro de 2017, o asteroide 2012 TC4 deverá fazer um sobrevoo perigoso próximo da Terra. A distância exata de sua maior aproximação com o nosso planeta é incerta, bem como o seu tamanho. Com base em observações feitas em outubro de 2012, quando a rocha espacial passou próximo de nós, os astrônomos estimaram que seu tamanho seja de aproximadamente 30 metros. O asteroide que explodiu sobre a cidade russa de Chelyabinsk, em fevereiro de 2013, ferindo 1.500 pessoas e danificando mais de 7.000 edifícios, tinha cerca de 20 metros de diâmetro. Ou seja, se o asteroide 2012 TC4 realmente atingir a Terra em 2017, os danos podem ser ainda mais devastadores. "Devemos ficar atentos", disse Judit Györgyey-Ries, do Observatório do Texas na Universidade de McDonald. "Se ele realmente atingir a Terra, podemos esperar uma grande onda de choque e muitas janelas quebradas".

O asteroide 2012 TC4 foi descoberto em 4 de outubro de 2012 pelo observatório Pan-STARRS no Havaí. Uma semana depois, ele fez um encontro rasante com a Terra, passando a uma distância de 0,247 DL (distâncias lunares), ou cerca de 94.800 km. Esse asteroide é um objeto alongado de rotação rápida, e é conhecido por fazer muitas abordagens próximas da Terra no passado. Agora, os cientistas tentam determinar a trajetória exata e a probabilidade de um possível impacto.

asteroide 2012 TC4 - aproximação em 2017
Créditos: NASA / JPL / NEO / PHA Program

Apesar de existirem chances do asteroide atingir a Terra em outubro de 2017, elas são muito pequenas de acordo com cálculos preliminares. Segundo Judit, as chances cumulativas de uma colisão são de aproximadamente 0,00055%. Apesar dessas estimativas, os astrônomos acreditam que novas observações e novos cálculos devem ser feitos, afinal, a aproximação do asteroide 2012 TC4 com a Terra será muito grande, e os cientistas ainda não conseguiram traçar sua órbita com 100% de exatidão.


O asteroide 2012 TC4 vai atingir a Terra no dia 12 de outubro de 2017?

De acordo com Makoto Yoshikawa, da Agência de Exploração Aeroespacial Japonesa (JAXA), e membro da divisão de NEO's (Objetos Próximos da Terra) e da IAU (União Astronômica Internacional), é pouco provável que o asteroide 2012 TC4 venha a atingir a Terra: "Sim, a distância é muito pequena, mas não significa que haverá uma colisão".




O programa de observação de asteroides da NASA assegura que não há chances do asteroide colidir com a Terra. Detlef Koschny do programa NEO (Objetos Próximos da Terra) e do SSA (Alerta de Situações Espaciais) da ESA, diz que as chances de colisão são ínfimas. Judit Györgyey-Ries confirma que as chances são muito pequenas, porém afirma que há dúvidas com relação a órbita, tamanho e aproximação do asteroide com a Terra, e por isso, novas observações devem ser feitas.

Koschny também está ciente das incertezas. Falando de características de tamanho e órbita do asteroide, indicou que "certos números ainda são incertos, em especial o tamanho do asteroide". Ele observou que se for um asteroide rochoso e acabar atingindo a Terra, os efeitos seriam parecidos com o famoso evento de Chelyabinsk. Por outro lado, se estamos falando de um objeto de ferro, ele pode chegar a atingir a superfície da Terra, criando uma cratera de impacto, e claro, com danos muito maiores.

Compilação do Evento de Chelyabinsk, Rússia

No mesmo dia 12 de outubro de 2017, o asteroide em questão também fará uma grande aproximação com a Lua, mas que de acordo com os cálculos, ela também não deve ser atingida. Apenas o tempo, e claro, novas observações, poderão reduzir as incertezas e tirar algumas dúvidas sobre a grande aproximação do asteroide em 2017.

De acordo com cálculos e observações da NASA (atualizados em 12 de abril de 2015), existem cerca de 1.572 asteroide potencialmente perigosos (PHA) detectados. Nenhum dos asteroides classificados como "Potencialmente Perigosos" estão em rota de colisão com a Terra, embora os astrônomos estejam encontrando novos asteroides a todo momento.



Fonte: NASA / Phys / Astrowatch / NEO
Imagens: (capa-Observatório Remanzacco / Small Body Database / PHA Program / NEO
13/04/15

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

21 comentários:

  1. E se este asteroide caísse na água,criaria um enorme tsunami?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depende da entrada que ele fizer e em que parte do mar ele cair, mas muito provavel que nao, para 40 metros nao, sendo que perde metade do seu tamanho quando entra e podera se destruir em bocados ao entrar em orbita, pior e se cair no meio de uma cidade

      Excluir
  2. Pai nosso que estai no céu... ops.... peraí, sou ateu!!! kkkkkkkkkkk Já sei! Tem uma maneira de salvar a humanidade: Uma nave espacial poderá fazer ele cair sobre Brasília E TODOS NÓS FICARÍAMOS MUITO FELIZES E DIRÍAMOS OBRIGADO NASA!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O POVINHO ESQUECE QUE EM BRASILIA VIVEM PESSOAS QUE TRABALHAM E PAGAM SEUS IMPOSTOS.CIDADÃOS DE BEM.LÁ É UMA CIDADE E TEM VÁRIAS AO SEU REDOR.NÃO É SO O CONGRESSO NACIONAL QUE FICA ALI NÃO.QUE CAIA NA SUA CABEÇA SEU IGNORANTE.

      Excluir
    2. Em Brasília todos devem, e depois seria um sacrifício para o bem de todos. Vale o risco, e se eventualmente encontrarmos inocentes façamos deles mártir, Pelo menos a nossa moeda de maior circulação deixará de ser tartaruga.

      Excluir
    3. Ateu ? Pra mim isso é coisa inventada por imbecis. So do fato de vc nao crer em deus vc ja é um idiota. Literalmente vc acredita que surgimos do nada, como pode ser tao ridiculo sendo que ele é tão perfeito em sua criação. Ate criando aberraçoes como voce imbecil de mente totalmente ridicula.

      Excluir
    4. Caracoles! Como gostam de uma polêmica! Veja o que virou a visita desse asteróide.

      Excluir
  3. Acho pouco provável que esse meteoro irá, se colidir com a Terra, atingir regiões habitadas.

    ResponderExcluir
  4. sensacionalismo barato pra chamar a atenção. .. :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe Mar Philos, mas isso é fato, de acordo com cientistas renomados de diversos centros de pesquisa e monitoramento do mundo. Apesar das chances serem pequenas, ela existe, e isso faz com que ele ganhe essa atenção tanto da mídia como dos cientistas e pesquisadores ao redor do mundo. Abordagens similares a nossa foram utilizadas por diversos outros sites especializados, além da matéria estar 100% correta cientificamente. Um grande abraço da equipe!

      Excluir
  5. e isso ai existe chance apenas salve suas cabeças

    ResponderExcluir
  6. O asteroide na Rússia fez tal estrago explodindo no ar, pois se houvesse se chocado, o estrago seria muuuuitas vezes maior. Mas na verdade, ele não explodiu por acaso, e sim, foi explodido. Se procurarem, acharão gravações que mostram um objeto colidindo e despedaçando o asteroide em câmera lenta.

    ResponderExcluir
  7. Seria uma otima oportunidade assistirmos a queda de um bolido de 5 ou 10 km de diametro para assim estudarmos como uma grande cadeia de vida desaparece dando lugar a outra.

    ResponderExcluir
  8. Seria bom também Sílvio Monteiro, que você esteja no local de impacto, bem no momento da colisão...

    ResponderExcluir
  9. Seria bom também Sílvio Monteiro, que você esteja no local de impacto, bem no momento da colisão...

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. so 40 metros so pode fazer estrago no maximo de uma bomba nuclear

    ResponderExcluir