Alinhamento planetário faz a Terra perder contato com sondas e satélites em Marte

Terra perde contato com sondas em Marte - alinhamento
A conjunção acontece em média a cada 26 meses, causando um blecaute de duas semanas nas comunicações...



Quando a Terra e Marte estão em lados opostos do Sol, ficamos sem contato com as nossas tão amadas sondas em Marte.

Em média, a cada 26 meses, ocorre uma conjunção em que o Sol fica entre os dois planetas [consulte os principais eventos astronômicos do mês], e quando isso acontece, os controladores das missões de todas as sondas e satélites em Marte, precisam fazer algumas manobras para se prepararem pra uma interrupção nos serviços.




Entre os dias 7 de junho e 21 de junho de 2015, a NASA ou qualquer outra agência espacial não pôde enviar sinais ou comandos para qualquer sonda em Marte, incluindo os rovers Curiosity e Opportunity, a fim de evitar problemas de comunicação ou até coisas piores, como comandos errados.

Marte em conjunção solar
Ilustração representando Marte em conjunção solar.
Imagem: divulgação

Segundo o engenheiro de sistemas Nagin Cox, do Laboratório de Propulsão a Jato, da NASA, a conjunção solar de Marte que ocorreu a dois anos atrás, fez com que eles aprendessem mais sobre como passar por esse período sem grandes problemas, e ao que parece, suas técnicas estão funcionando.

Os dados da sonda Curiosity, por exemplo, ficam acumulados e são transmitidos para a Terra assim que as comunicações são reestabelecidas, no final do período da conjunção solar de Marte.




Os satélites Odyssey e MRO continuam a enviar dados científicos para a Terra durante a conjunção, porém a maior parte desses dados é perdida, portanto, back-ups são feitos e retransmitidos após o período de apagão.

Para o veículo orbital Mars Odyssey, que chegou em Marte no ano de 2001, este foi seu sétimo apagão devido a conjunção. Para a sonda Opportunity, que pousou no Planeta Vermelho em 2004, este foi o seu sexto; e para a MRO, o quinto.

satélite MRO da NASA
Satélite Mars Reconnaissance Orbiter (MRO) da NASA.
Créditos: NASA

Segundo a própria NASA, todos os controladores de missões são instruídos a limpar as memórias das sondas, para que o armazenamento de dados científicos seja otimizado durante a conjunção, com exceção do rover Opportunity, que não armazenará dados científicos em seu cartão de memória. Em vez disso, a sonda envia seus dados diariamente para os satélites que orbitam o Planeta Vermelho, e eles se encarregarão de armazenar as informações. Isso é feito porque Opportunity enfrentou problemas com seu sistema de armazenamento de dados, o que corrompeu sua memória por um tempo, portanto, a NASA decidiu que a sonda utilizará apenas sua memória temporária (que é limpa todos os dias), a fim de evitar a perda de dados de operações científicas.




As agências espaciais da Europa e da Índia (que possuem satélites em Marte) também levam a cabo uma estratégia similar, suspendendo as comunicações enquanto Marte está em conjunção solar.




Fonte: NASA / DNews
Imagens: (capa-ilustração) / NASA
08/06/15

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

3 comentários:

  1. Houston... temos um pobrema! Os nativos vão desmontar as sondas para fazer eletrodomésticos marcianos. Ewwww

    ResponderExcluir
  2. E tem coragem de mostrar esse videozinho. E as famosas luzes afinal?

    ResponderExcluir
  3. E tem coragem de mostrar esse videozinho. E as famosas luzes afinal?

    ResponderExcluir