'O Big Bang foi apenas uma miragem' afirma novo estudo

o big bang nunca existiu?
A singularidade pode estar com seus dias contados...



"Como todos os físicos sabem, dragões poderiam voar pra fora da singularidade", disse Niayesh Afshordi, astrofísico do Instituto Perimeter de Física Teórica em Waterloo, no Canadá. O Big Bang teria sido apenas uma miragem do desmoronamento de uma estrela de dimensão superior, propõem os físicos teóricos.

Embora existam provas suficientes sobre "a expansão do Universo", os físicos estão deixando aberto a origem, ou seja, como tudo aconteceu. Um novo estudo pode nos mostrar como essa inflação foi provocada, e talvez nos mostre que isso seja o movimento do Universo através de uma realidade de dimensão elevada.




Para entendermos a ideia da "dimensão superior", podemos pegar como exemplo um buraco negro. Seu "horizonte de eventos" (região em que a gravidade é tão forte que não há mais retorno) é uma superfície esférica, como uma bolha, mas em um Universo de dimensão superior, um buraco negro poderia ter um horizonte de eventos tridimensional, o que poderia gerar um novo Universo a medida que ele crescesse.

Segundo especulações dos cosmólogos, o Universo que conhecemos poderia ter se formado a partir de restos ejetados quando uma estrela de quatro dimensões entrou em colapso com um buraco negro, um cenário que ajudaria a explicar por que o Cosmos parece tão uniforme em todas as direções. Talvez a teoria do Big Bang esteja com seus dias contados...

explosão do big bang

O modelo padrão do Big Bang diz que o Universo surgiu após a explosão de um ponto infinitamente denso, ou singularidade. Mas o que teria desencadeado essa explosão? As leis que conhecemos na física não conseguem explicar o que teria acontecido. E já que o Big Bang ocorreu há relativamente pouco tempo, como ele criou um Universo com temperatura quase completamente uniforme? Não haveria tempo da temperatura se equilibrar...

Para a maioria dos cosmologistas, a explicação mais plausível para a uniformidade é que, logo após o início dos tempos, uma forma desconhecida de energia fez o jovem Universo inflar a uma taxa mais rápida que a velocidade da luz. Dessa forma, uma pequena região com temperatura aproximadamente uniforme teria se esticado e formado o vasto Cosmos que vemos hoje. Segundo Niayesh, com o Big Bang deveria ter sido o oposto, uma vez que um evento tão caótico não conseguiria homogeneizar a temperatura durante a expansão.




A equipe de Niayesh percebeu que se o Universo continha suas estrelas 4D, elas fariam igual as estrelas que conhecemos: explodiriam como supernovas violentamente, ejetando suas camadas exteriores, enquanto suas camadas internas em colapso criariam um buraco negro.

No nosso Universo, um buraco negro é delimitado por uma superfície esférica chamada de horizonte de eventos. Considerando que, no espaço tridimensional comum existe um objeto bidimensional (uma superfície) para criar uma fronteira de um buraco negro, no modelo superior, um buraco negro 4D teria um horizonte de eventos 3D, uma forma chamada hiperesfera. Apesar de ser muito difícil entender esse conceito, veja como seria a ideia de uma hiperesfera:


E assim, quando a equipe de Niayesh modelou a morte de uma estrela 4D, eles descobriram que o material ejetado formaria uma brana ao redor do horizonte de eventos 3D, e lentamente se expandiria.

Os autores acreditam que o Universo 3D em que vivemos pode ser apenas uma brana, e que nós detectamos o crescimento dessa expansão cósmica. "Os astrônomos mediram a expansão do Universo e pensaram que tudo começou com o Big Bang, mas isso é apenas uma miragem", comenta Niayesh.




O modelo também explica que um Universo 4D poderia ter existido por um tempo infinitamente longo no passado, suficiente para que houvesse um equilíbrio no volume 4D, e que o nosso Universo 3D teria herdado.

Apesar do estudo ter sido publicado na renomada revista Nature, muitos astrônomos ainda insistem no modelo anterior, onde tudo teria começado "quase do nada". E mesmo com algumas ressalvas, há quem diga que a teoria do Big Bang era mais fácil de ser compreendida... Será que uma explicação tão fácil está com seus dias contados? A singularidade teria sido apenas uma ilusão?



Fonte: DailyGalaxy / Nature / Perimeter Institute
Imagens: (capa-ilustração/divulgação/DailyGalaxy) / divulgação / YouTube
05/11/15

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

43 comentários:

  1. Wow... não sei o que foi mais dificil entender nessa noticia, a concepção de que um objeto 4d foi o responsável pelo surgimento do nosso universo 3d, ou o vídeo da Hiperesfera, com seu aparente movimento em camadas.

    ResponderExcluir
  2. Ao aceitar esta teoria estou a admitir uma dimensão universal maior ainda do que aquela que já tenho em mente.
    Ainda assim é possívél. Ao ser verdade ainda nos fará sentir mais pequeninos.
    A minha pergunta que deixo é...admitindo que esta tese é real e verdadeira, o universo será infinito?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aliás, não o universo mas sim os variadissimos universos.

      Excluir
    2. Pergunta "irrespondível". Na verdade, todas as teorias sempre vão ser discursos com pretensão de verdade, porque nenhuma, de fato, poderá ser provada com certeza absoluta. Teremos sempre evidências das coisas que ocorreram, mas elas podem ser apenas parte de um outro processo maior, como nesse caso, que talvez nunca seja descoberto antes do fim da humanidade.

      Excluir
    3. Tem razão Elias, isso é igual ao estudo das particulas sub-atomicas. No inicio do século 20 acreditavam que os prótons, neutrons e elétrons eram as menores parte da matéria, porém com o progresso e a sofisticação dos equipamentos de detecção, foram descobrindo particulas cada vez menores até chegar no Boson de Higgs, mas nada garante que a coisa acabe ai, assim como nada garante que se o multiverso for verdadeiro, não exista algo ainda maior.

      Excluir
    4. O bom é que isso faz a vida ficar mais interessante, o bom da busca constante por universos desconhecidos, seja macro ou micro, obriga que as pesquisas nunca parem e por conta disso, sempre somos surpreendidos. Dia desses assisti aquela série Cosmos, de Neil deGrasse Tyson, baseada na original de Carl Sagan, mas com algumas atualizações. Ela dá uma panorâmica de outro universo, o do conhecimento. Recomendo pra quem é curioso sobre tudo um pouco.

      Excluir
    5. Concordo em absoluto.
      Eu vi essa serie toda o ano passado e recomendo.

      Excluir
    6. Eu assisti a série toda no Netflix e achei excelente, embora ainda considere o original com Carl Sagan superior, por ser mais reflexiva e cativante.

      Excluir
    7. Essa serie não vi. Obrigado pela informação. Vou ver também.

      Cumprimentos

      Excluir
    8. No youtube você encontra todos os episódios da versão original com Carl Sagan. Abraço!

      Excluir
    9. Sim, já estive a investigar e ja ta selecionado para ver depois da janta :) Obrigado

      Abraço!

      Excluir
  3. Eu entendo que infinito é aquilo que o homem não consegue mensurar, determinando seu tamanho, distância, comprimento, etc...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que infinito é algo que não tem fim. Aquilo que o ser humano não consegue mensurar é, na minha opinião, apenas uma falta de meios atuais para tal.
      Acho que esta teoria vai além disso. Ao que entendi (não sei se certo) a teoria do big bang caí e acaba por dar alguma razão a Hawking no que diz respeito a buracos negros.
      Ainda assim, parece-me que isto vai ainda mais longe porque pressupõe a criação deste universo por intermédio de um buraco negro. E se assim fosse então acredito que vários universos possam existir e indo de encontro ao meu comentário anterior a minha pergunta é se existem variados universos infinitos?.

      Cumprimentos

      Excluir
  4. Alguem teria o link da matéria completa da Nature, e mais alguns artigos sobre o tema?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui vão os links Peterson:

      Revista Nature:
      http://www.nature.com/news/did-a-hyper-black-hole-spawn-the-universe-1.13743

      Perimeter Institute:
      https://www.perimeterinstitute.ca/news/black-hole-birth-universe

      Abraços pessoal!

      Excluir
  5. No multiverso, existem infinitos universos? O big crunch de um seria o bang de outro, como uma lagarta que morre para nascer uma borboleta? Quantos universos no multiverso? Mais que os grãos de areia de praias e desertos da Terra? E teria mais multiversos em vez de um? Multiversos no Poliverso? Quantos? Mais que o número de grãos de areia das praias e deserto s da Terra? Sabe qual é a maior demonstração da nossa miserabilidade pueril? Nosso humbigocentrismo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O humbigocentrismo aqui está ausente, senão não se colocaria uma questão para debate e recolha de opinioes.
      Todas essas questoes poderão ser respondidas no futuro. Até lá resta-nos opinar com o pouco conhecimento que temos.

      Excluir
  6. cara o que andas a fumar pra falar tanto ?!!,so tenho que disser uma coisa: somos todos um verme de merda de cao boiando sobre a terra gelada de um bosque infinitos de arvores gigantes!!!.

    ResponderExcluir
  7. mais agora falando serio isso tava na cara que existiria mais universos comparados com o nosso , acredito que o buraco negro sao portoes que liga com universos jovens com capacidades de armazenar mais galaxias dizemos o oco de um universo sera preenchido de um fim de varias estrelas explodidas que gerao novas vidas ou nao!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara como um buraco negro seria um portal ( ou portão ) que se vc " tentar entrar " seria esticado e comprimido, e assim viraria um " nada " dentro de outro " nada " maior ainda? Me explique quero saber

      Excluir
  8. Isso não é novo, mas valeu por relembrar! Não sei se a comunidade científica esta levando a sério isso! Mas também não levaram a sério Eintein e sua relatividade! Então vamos ver!

    ResponderExcluir
  9. Oque é grande está dentro de algo maior, que está dentro de algo maior ainda, que está dentro de outro algo muito maior. Assim como o que é pequeno, possui dentro de si algo menor que possui, algo menor ainda e assim vai, e nunca acaba. É infinito, tanto para o macro, tanto para o micro.No meio deste caminho estamos nós, achando que nossos metros ou quilômetros, são medidas médias. E são sim, porém para nós humanos. Agora para a Natureza, o grande e o pequeno são relativos. Talvez ainda iremos encontrar um universo inteiro dentro de um neutrino, um dia quem sabe.

    ResponderExcluir
  10. Eu penso assim também caro Fabiano, comentario bem interessante, acrescente também oTempo nesse raciocinio, aliás só comentários interessantes dessa matéria, "universos nos multiversos nos poliversos" foi boa fora do ar... Essa ideias parecem loucura porque extrapolam muito nossos parâmetros, " nossas medidas medias".
    Sugiro além de Carl Sagan e Neil de Grasse que os colegas citaram, Brian Greene, tem varios videos dele no youtube, acho que é o futuro da cosmologia. Parabens ao site e seu público inteligente e que siguemos na trillha do conhecimento. Saudações

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Se for seguir essa logica, então sempre deve existir um universo antes do nosso, e qual seria o começo desses outros universos? pra que complicar vida..

    ResponderExcluir
  13. eu ja tinha visto esse conceito de 4D a muito tempo, realmente acho que essa hipotese é mais provavel, junto com a hipotese de um multiverso, embora as duas digam basicamente a mesma coisa, que à algo mais alem do universo
    Mas eu entendi errado ou o texto quiz dizer que o horizonte de eventos de um buraco negro no nosso universo é 2D? por que pelo que eu saiba isso é errado, o horizonte de eventos do buraco negro é uma região tridimencional, uma esfera.

    ResponderExcluir
  14. Acredito que todos nós estejamos enganados. Quando pudermos estudar diretamente um buraco negro, se pudermos, obteremos respotas mais simples ou mais complexas ainda. A física é mais adaptada para resolver questões dentro da nossa realidade, as leis da física convencional não se aplica ao microcosmo, bem como na minha minúscula observação também não se deve aplicar ao gigantismo exagerado do nosso universo. Assim como se tem a Mecânica Quântica que talvez explique melhor o funcionamento das diminutas partículas, seara que a física convencional não se aplica de forma eficaz, talvez, uma nova forma de raciocinar física tenha que ser desenvolvida para lidarmos com proposições em escala universal.
    Uma Phd física de Oxford, esqueci o nome da santa, anda jurando de pés juntos que não existem dimensões, as três conhecidas são apenas formas de quantificar e qualificar a imagem que o cérebro processa do nosso mundo, apesar dos cálculos matemáticos dizerem o contrário. Vai que ela está certa.

    ResponderExcluir
  15. Fundamental na Ciência é o Princípio de Causa e Efeito do qual decorre a Lei de Ação e Reação, da Física. Isto posto, procure-se a Causa que realizou a ação (big bang).

    ResponderExcluir
  16. Exato. Toda reação vem de uma ação, não existe ação se propósito.

    ResponderExcluir
  17. Ótimos comentários, bom mesmo é não ter nenhum crente para dizer que Deus criou tudo.
    O infinito é inconcebível para a mente humana, sempre necessitamos de uma origem e o infinito não tem origem nem fim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Apesar de inconcebível para nossa mente, a hipótese do algo causador que nunca teve começo tem sentido. Quer seja via Deus, ou via causa natural, tudo que teve começo precisaria ter sido causado por pelo menos uma coisa que nunca teve começo. A plenitude do nada é impotente para dar origem a qualquer coisa.

      Excluir
  18. "Um novo estudo pode nos mostrar como essa inflação foi provocada, e talvez nos mostre que isso seja o movimento do Universo através de uma realidade de dimensão elevada."
    Não sei porque não terminam o estudo, e se for verdade o que pensam,, só ai virem falar do assunto.
    As evidências do Big Bang não são cogitações, são provas concretas.
    Se alguém quer dizer que a teoria do Big Bang é miragem, que pelo menos apresente provas concretas e não apenas suposições.

    ResponderExcluir
  19. O pior não e nada e que mesmo derrubando o big bang , mesmo assim continua de onde surgiu o universo ou o buraco negro ?????

    ResponderExcluir
  20. O pior não e nada e que mesmo derrubando o big bang , mesmo assim continua de onde surgiu o universo ou o buraco negro ?????

    ResponderExcluir
  21. O mais discutido no salão dos cientistas e quais as forças estranhas e desconhecidas que deu início a o big bang ???

    ResponderExcluir
  22. O mais discutido no salão dos cientistas e quais as forças estranhas e desconhecidas que deu início a o big bang ???

    ResponderExcluir
  23. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  24. É realmente muito difícil se imaginar como tudo começou. Dizer que se originou de bramas, de buraco negro, de um átono primordial, de outros universos, etc. É muito fácil. O problema continua. Como surgiram estas bramas, buracos negros, outros universos, etc. O certo seria que teve sua origem no nada. Este nada não seria o nada absoluto, pois tem que existir alguma coisa para gerar outra. Seria portanto o nada de matéria, não de energia. Esta energia seria a eletromagnética. Parece impossível, mas não é. Esta ergia seria a primeira unica coisa que foi criada pela natureza. Como tem um enorme poder de transformação, pode se transformar em outros tipos de energia e em matéria. Outra grande vantagem da energia é que ela foi criada de modo infinito, em um espaço também infinito. Temos portanto, energia infinita. Isto viola a lei de conservação da energia, mas é isto que ocorre realmente no universo. Esta lei, só se aplica a um sistema fechado. Não se aplica ao universo, um sistema aberto. energia e matéria são aspectos da mesma coisa (E=mc² e M=E/c²). Esta energia foi criada, devido às condições especiais e severas do espaço: Vácuo absoluto, Temperatura de zero absoluto, Umidade zero absoluto, etc. Ver mais detalhes no blog:"Olhando o Universo".

    ResponderExcluir
  25. ... dragões poderiam ter vindo voando da singularidade"
    “For all physicists know, dragons could have come flying out of the singularity,”

    ResponderExcluir
  26. O multiverso finalmente ganha uma teoria plausível.
    Porém, ainda seria uma singularidade.
    Eu gostaria de saber se existiu um universo 5d que deu origem ao 4d para que este desse origem ao nosso...
    Ok... Já parei.

    ResponderExcluir