Este é um antigo rio... em Marte!

antigo rio em Marte
Que a água líquida já fluiu no Planeta Vermelho, isso nós já sabemos... mas onde estão as (diversas) evidências?

Existem poucas formas de provar que Marte costumava ser um mundo repleto de água e de rios por toda parte. Uma dessas formas é justamente encontrar o leito seco desses rios, encrustados na superfície do Planeta Vermelho. Embora o clima e os ventos marcianos tenham agido por milhares ou até milhões de anos após o fim de uma "era molhada", esse canal preserva muito bem a história antiga do Planeta Vermelho.




Localizado na Acidalia Planitia, uma região dominada por uma planície ao norte do equador marciano, este rio aparentemente fluiu da direita para a esquerda, desde a borda da cratera até o seu interior. Esta imagem foi capturada pela câmera de alta resolução para experimentos científicos (HiRISE), a bordo da sonda Mars Reconnaissance Orbiter (MRO), no dia 25 de setembro de 2015.

antigos rios em Marte
Créditos: Univ. of Arizona / NASA / JPL

Não se sabe por quanto tempo a água fluiu neste antigo rio, nem a sua fonte, mas apenas que os canais de água líquida convergiam para a borda da cratera, serpenteando a planície abaixo.

Como podemos perceber na imagem, esse canal é composto por vários pequenos afluentes que alimentavam o canal principal, de acordo com Mike Mellon da equipe HiRISE. Esses afluentes são claramente visíveis no canto inferior direito da imagem.




Os cientistas ainda não compreendem completamente como esses rios foram formados (se eram originários de aquíferos subterrâneos, água de degelo, precipitação, etc...), mas através de estudos complementares com as sondas em sua superfície, como a Curiosity ou a Opportunity, podemos ter a chance de desvendar o passado de Marte, e entender de fato como surgiram os míticos rios marcianos.







Fonte: HiRISE / Univ. of Arizona / DSpace
Imagens: (capa-HiRISE) / HiRISE / NASA / JPL / Univ. of Arizona
19/01/16

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

6 comentários:

  1. Pois é... dêem-se as mãos, dêem um chute no traseiro podre da religião, cessem a mania de que meu deus é melhor que o teu e as próximas naves espaciais descobrirão os fósseis e restos dos seres que já viveram no rio marciano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E qual o problema de encontrar fósseis em Marte??? O que isso tem a ver com a religião??? Pelo menos a Igreja Católica nunca negou oficialmente a evolução e não existe nada no Catecismo da Igreja Católica dizendo que não pode existir vida em outros planetas, aliás a Igreja tem um dos mais conceituados observatório do mundo caso não saiba....vc esta mesmo fora do ar...

      Excluir
    2. Fora do ar no cristianismo não existe a idéia de que Deus é melhor nem pior, ele foi sempre humilde e disse; não é o senhor maior do que o discípulo, nem o servo maior do que o seu senhor, basta ser igual. Só uma resposta quanto a achar vestígios de vida em outro planeta, (se Deus quiser)...

      Excluir
    3. Fora do ar no cristianismo não existe a idéia de que Deus é melhor nem pior, ele foi sempre humilde e disse; não é o senhor maior do que o discípulo, nem o servo maior do que o seu senhor, basta ser igual. Só uma resposta quanto a achar vestígios de vida em outro planeta, (se Deus quiser)...

      Excluir
  2. Acidalia Planitia é onde se passa o filme Perdido em Marte. Um filme um tanto fantasioso no quesito sobrevivência, mas que vale a pena pela perfeita representação do planeta vermelho.

    ResponderExcluir