Descoberta a galáxia mais distante e mais antiga já vista em todo o Universo

galáxia gn-z11 - a galáxia mais distante e mais antiga do universo
Observar essa galáxia é como voltar no tempo, e assistir o que aconteceu pouco tempo após o Big Bang

Usando o telescópio espacial Hubble, astrônomos encontraram a galáxia mais distante já vista no Universo. A galáxia brilhante bate recorde de distância, e encontra-se a 13,4 bilhões de anos-luz da Terra, na direção da constelação da Ursa Maior.

Chamada GN-z11, essa galáxia foi formada apenas 400 milhões de anos após a explosão do Big Bang que marca o início do universo. O estudo foi aceito para publicação na revista The Astrophysical Journal.

galáxia mais longe e antiga do Universo
Edição a partir de imagens originais mostra GN-z11,
a galáxia mais distante já vista pelo telescópio espacial Hubble.
Créditos: NASA / ESA / P.OESCH / YALE UNIVERSITY

"Demos um grande passo e voltamos no tempo, além do que esperávamos alcançar com o Hubble", disse Pascal Oesch, astrônomo da Universidade de Yale. A façanha só foi possível graças aos telescópios espaciais Hubble e Spitzer, da NASA.

As novas observações de GN-z11 baseiam-se em observações anteriores que haviam sido feitas pelos telescópios Hubble e Spitzer, mas acreditava-se que essa galáxia estava mais perto do que realmente está. Agora, combinando dados de ambas observações, e após pesquisas espectroscópicas, os astrônomos perceberam que eles estavam olhando para a galáxia mais distante já vista em todo o Universo!

idade do Universo
Créditos: divulgação / Tradução: Galeria do Meteorito

Pascal e seus colegas utilizaram espectrógrafo de divisão de luz do Hubble para fotografar a galáxia, que por sua vez é muito brilhante se lavramos em conta sua extrema distância. A taxa de nascimento de novas estrelas na galáxia GN-z11 é 20 vezes maior do que aquela que observamos na Via Láctea atualmente. Apesar disso, GN-z11 tem apenas 1% do tamanho da nossa galáxia, e é considerada pequena para os padrões, mas é grande se considerarmos o quão cedo ocorreu sua formação.




"É surpreendente que uma galáxia tão grande já existia apenas 200 ou 300 milhões de anos após a formação das primeiras estrelas", disse o astrônomo Garth Illingworth, da Universidade da Califórnia.

Anteriormente, a galáxia mais distante já encontrada estava a 13,2 bilhões de anos de distância. Ou seja, a galáxia GN-z11 está cerca de 200 milhões de anos mais distante. "Este novo recorde provavelmente vai ser mantido até o lançamento do Telescópio Espacial James Webb", acrescentou o astrônomo da Universidade de Yale, Pieter van Dokkum.




O Telescópio Espacial James Webb dará continuação às pesquisas feitas pelo Hubble, e deve começar suas operações já em 2018. James Webb é mais sensível ao comprimento de ondas longas e luz infravermelha, o que permitirá aos investigadores observar os primeiros objetos que surgiram após a grande explosão do Big Bang. Será como uma máquina do tempo ainda mais poderosa!







Fonte: NASA
Imagens: (capa-NASA/divulgação) / NASA / ESA / P.OESCH / YALE UNIVERSITY / divulgação / Galeria do Meteorito
07/03/16

Gostou da nossa matéria?
Curta nossa página no Facebook
para ver muito mais!


Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

25 comentários:

  1. Como pode ???? Tão distante e tão próxima do big-bang estar organizada como galaxia???

    ResponderExcluir
  2. Bom, me estranha estudiosos da galeria usar o big bang, uma teoria já excluída pela própria ciência.

    ResponderExcluir
  3. Bom, me estranha estudiosos da galeria usar o big bang, uma teoria já excluída pela própria ciência.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. na página do eclipse solar total ao vivo do dia 08/03/2016 tem o seguinte questionamento:





    Como é possível a galáxia "EGS8p7" chegar à distância 13,2 bilhões de anos luz de nós em 'apenas' 13,8 bilhões de anos, qual é velocidade média que nós estamos nos distanciando dessa galáxia desde o Big Bang? mandei essa minha dúvida para vários amigos e pessoas da área, dos quais me entenderam, apenas o Átila do canal nerdologia me respondeu, ou melhor, disse que me responderá em um vídeo futuro no canal. quanto mais eu penso, mais curioso fico... Sei que essa 'imagem' da "EGS8p7" que estamos vendo hoje está muito atrasada, então essa galáxia que se distânciando, está muito mais distânte ainda, eu acho, na minha ignorância, que o universo tem que ser muito mais velho que 13,8 bilhões de anos para que alguma coisa pudesse chegar á uma distâcia dessas, já que apenas a luz, que é a 'coisa' mais rápida, levaria 13 bilhões de anos (tempo) para atingir 13 bilhões de anos luz (distância).
    Me desculpem se não fui claro. meu nome é Marcos e meu Whatsap é " +55 15 997212242 ", se alguem puder me responder agradeceria.
    Primeira vez que entro aqui, adorei, ótimo site!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade a matéria diz que a galáxia está a 13,4 bilhões de anos luz anos de nós e não 13,2 como vc colocou aqui, a não ser que vc tenha tirado essa informação adicional de outra fonte. E 13,2 era considerado o recorde anterior de distância que pertencia não a galáxia citada aqui mas sim a uma outra galáxia.

      Excluir
    2. http://www.galeriadometeorito.com/2014/03/qual-e-o-tamanho-do-universo.html?m=1
      Talvez essa matéria esclareça a sua dúvida, o universo surgiu a 13,8 bilhões de anos, mas seu tamanho é muito maior! Então podemos encontrar galaxias a mais de 40 bilhões de anos luz de distancia!

      Excluir
    3. marcos aqui... então me diga uma coisa, em qual velocidade média estamos nos distânciando dessa 'qualquer coisa' que esteja à 40 bi anos luz (distância), sendo que para percorremos essa distância nós tivemos apenas 13 bi anos (tempo)? arredondando, estáriamos à 3x a velocidade da luz...

      pega meu whatsapp, dai trocamos idéia

      Excluir
    4. A Terra gira a 1500 km/h no equador, 107.000km/h em torno do Sol, 1.000.000km/h em torno do Centro galatico, não sei a velocidade da galaxia no aglomerado local, nem dos aglomerados e superaglomerados, e nem da expansão do universo, quem souber posta aí, mas é ínfima em relação à velocidade da luz. Então não, o universo não está a uma velocidade 3 vezes maior que a luz.
      O que explica esse tamanho do universo, cerca de 90 bilhões de anos em que pese sua idade seja 13,8 bi, é para mim, um paradoxo da teoria do bigbang, ou seja, no início houve uma expansão acelerada, período chamado expansão inflacionária em que o universo expandiu a velocidades superiores a da luz, estranho né, ja que Einstein nos demonstrou que nada é mais veloz que a luz. Outro paradoxo do bigbang é o inicio, periodo chamada de singularidade, em que o universo todo esteve contido num ponto de densidade e energia infinita, onde as leis da física não se aplicam, estranho novamente né. Por isso que eu não acredito no bigbang e sou muito mais a teoria do multiverso, gostaria de explanar mais sobre essa teoria, mas o texto ja está longo, por isso peço, por favor, à redação que publique matérias a respeito do multiverso, uma interessante alternativa ao paradoxal bigbang.

      Excluir
    5. Existe uma resposta muito óbvia para sua pergunta, imagine o universo se expandindo... Imaginou? Ok, o que acontece é que muitas pessoas comparam a expansão do universo com uma bexiga de borracha e tiram conclusões equivocadas sobre o assunto, vou explicar... Não estou dizendo que a comparação com a bexiga está errada, muito pelo contrário, ela serve como um ótimo exemplo para entendermos melhor como o universo funciona, bom vamos ao exemplo: imagine uma bexiga vazia... agora imagine que você desenhou dois pontinhos bem próximos na bexiga ainda vazia... agora imagine esta bexiga sendo inflada, o que aconteceria com os pontinhos? Eles se distanciariam um do outro na mesma direção, certo? Sim claro, mas isso todo mundo sabe! Agora imagine a bexiga vazia novamente... agora imagine que você desenhou um pontinho de um lado da bexiga vazia e outro pontinho do outro lado da mesma bexiga... imagine a bexiga com pontinhos opostos se inflando... o que acontece? Os pontinhos se separam em uma velocidade muito mais rápida e alcançam uma distância muito maior uma das outras pois viajam em direções opostas, diferentemente dos outros dois pontinhos que viajam juntos. Tentei usar a forma mais simples de explicar, deu para entender? O mesmo exemplo serve para imaginarmos galáxias próximas que vão se distanciando conforme o universo se expande, e galáxias que viajam em direções opostas que se distanciam muito mais rápido uma das outras. O fato de conseguirmos captar a luz dessas galáxias é que num passado muito distante elas estiveram muito mais próximas de nós e a viagem da luz foi muito mais curta. Espero ter esclarecido sua duvida, um abraço!

      Excluir
    6. acho que ninguém entendeu ainda minha dúvida: Como algo chegou onde apenas a luz chegaria? essa é minha dúvida resumida....
      Mas já cheguei à uma conclusão, não vou explicar aqui, peguem meu whatsapp lá em cima que eu explico.

      Marcos

      Excluir
    7. Pois é Marcos, estou aqui a quinquagésimo de distância anos luz de você e analisando o seu questionamento. Então o universo tem a camada escura que se expande e considerando também que a gravidade universal que mantém as galáxias se aproximando uma das outras em velocidade astronômica, exemplo da Andromeda com a nossa Via Lactea, cuja fusão se dará em um período muito longínquo, pode ficar tranquilo que nós não estaremos aqui para presenciar. Então é isso, resumindo: o universo se expande mas as galáxias se ajuntam. Estou pensando em uma teoria revolucionária de viajar no espaço em anos luz, porém desintegrando. Acho que em breve terei a máquina que estou projetando aqui na garagem de minha humilde residência. Meu Whatsapp: 62 9 9309-1676. Ado Ramos.

      Excluir
  6. Concordo com vc Marcos...na verdade, esses records sao quebrados de acordo com a capacidade tecnológica do homem...ou seja, daqui a dez ou vinte anos novas galáxias ainda mais distantes serão descobertas, ou seja, o universo tem muito mais a nos ensinar, mais segredos, mais e mais...o homem mede e elege de acordo de até onde ele pode ir!
    Meu whats 98 981230647.
    Facebook Francisco Oliveira
    Instagram: @oliveira_fc

    ResponderExcluir
  7. ela e a via lactea só se formaram bilhoes de anos depois do big bang, ela já se formou num universo gigantesco a uma distancia gigantesca de nós, pesquise sobre a formação das estrelas e galáxias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim claro... mas nós nos formamos de alguma matéria, e essa matéria que originou nós e qualquer outra galáxia, veio de um único ponto, Big Bang... não importa em qual estágio de formação estávamos, estariamos numa velocidade absurda

      Excluir
    2. acho que ninguém entendeu ainda minha dúvida: Como algo chegou onde apenas a luz chegaria? essa é minha dúvida resumida....
      Mas já cheguei à uma conclusão, não vou explicar aqui, peguem meu whatsapp lá em cima que eu explico.

      Marcos

      Excluir
  8. em um artigo li q, devido a expansão do universo o diâmetro do universo observável seria em torno de 93 bi de anos-luz, como pode a mais distante estar a apenas 13,4 bi de anos-luz, eu compreenderia se dissesse q se formou a 13,4 bi. alguém pode me explicar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho q achei uma resposta kkk
      http://www.galeriadometeorito.com/2014/03/qual-e-o-tamanho-do-universo.html#.Vx0WWvkrLIU

      Excluir
  9. Me respondam somente uma coisa: Quem mediu isso? E como mediu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha Rodrigo, complicado essa sua pergunta, mas agora neste exato momento, me encontro em um processo de desintegração cósmica, que me levará a uma viagem na proporção da velocidade da luz. Estou construindo uma trena com valores de anos luz, uma trena ufológica, onde poderei em minha viagem desintegrada com minha trena ufológica em anos luz, poderei assim medir e trazer de volta a medida correta para você meu amigo. Meu whatsapp: 62 9 9309-1676 - Ado Ramos... Viajante Espacial.

      Excluir