Esqueça os 3 dias - cientista da NASA explica como chegar em Marte em apenas 30 minutos!

nave espacial viaja proximo da velocidade da luz - explicação
É verdade que a NASA está desenvolvendo nave espacial que viaja próximo da velocidade da luz?




O cientista da NASA, Phillip Lubin, encontrou uma forma de viagem espacial que chamou a atenção do mundo, principalmente das agências espaciais, utilizando uma tecnologia a laser.

Atualmente, levamos cerca de 5 meses para chegar a Marte (que encontra-se a 1 UA da Terra (1 Unidade Astronômica equivale a distância média entre a Terra e o Sol). Imagine então quanto tempo levaria para chegar a outro sistema planetário? Seriam gerações e gerações nascendo e morrendo em uma nave espacial... quando chegássemos lá, talvez nem saberíamos mais o propósito da missão...




De modo breve e simples, o novo método apresentado por Phillip, chamado "Photonic Propulsion" (Propulsão Fotônica) usaria partículas de luz para ganhar velocidade no espaço. Basicamente, seria um canhão de laser e uma vela solar. O Laser lançaria uma grande quantidade de luz sobre a vela solar, e o resto já dá pra imaginar. Partículas de luz não possuem massa, mas possuem momentum e energia, e se refletida em um certo objeto, se transforma em impulso. E com uma grande vela solar, poderíamos acelerar uma nave espacial majestosamente pelo espaço, e chegar em Marte em apenas 3 dias. Brilhante!

nanosail-d - nasa
NanoSail-D. Créditos: NASA

E como se não bastasse, o cientista Phillip Lubin revelou recentemente que, se utilizarmos um laser extremamente poderoso, podemos chegar em Marte não em 3 dias, mas sim em 30 minutos! Isso mesmo: 30 minutos!

O conceito chamado "Propulsão de Energia Direta" foi apresentado no simpósio de Conceitos Avançados e Inovadores (NIAC) da NASA. Ele detalha todo seu projeto em um estudo de 52 páginas no jornal British Interplanetary Society.




Segundo Phillip, seria possível atingir mais de 1/4 da velocidade da luz em apenas alguns minutos. Isso seria suficiente para levar uma nave espacial até Marte em meros 30 minutos; ultrapassar a sonda Voyager 1 em menos de 3 dias; chegar a 1.000 UA em 12 dias e chegar em Alpha Centauri (a estrela mais próxima da Terra) em aproximadamente 15 anos. A nave espacial viajaria a cerca de 280 milhões de km por hora!


Um obstáculo no meio do caminho

Existem alguns empecilhos no projeto de Phillip Lubin, como por exemplo, qual seria o método utilizado para parar a espaçonave. A dificuldade de colisões com lixo espacial também seria um grande problema, mas de acordo com o cientista, o acúmulo de poeira interplanetária não afetaria na velocidade.




Outro probleminha a ser enfrentado, segundo alguns estudiosos, seria a "dilatação do tempo". No filme Interestelar, o personagem de Matthew McConaughey se aproxima de um buraco negro, e apesar de sua experiência ter durado apenas alguns minutos, passaram se anos aqui na Terra. O mesmo poderia acontecer com uma nave espacial tripulada viajando para Marte próximo da velocidade da luz. Apesar dos astronautas terem viajado por apenas 30 minutos, há uma chance dessa viagem durar décadas aqui na Terra.

Buraco negro do filme Interestelar
Buraco negro do filme Interestelar.
Créditos: divulgação

De qualquer forma, Phillip diz que viagens tripuladas a essa velocidade ainda estão longes de acontecer, e seu projeto foi pensado para uma nave não tripulada, e completa: "Essa tecnologia não é ficção científica."




O professor Phillip e seu grupo trabalham no programa Directed Energy Interstellar Precursors (Deep-In), que tem a missão de criar naves espaciais para viajar até as estrelas mais próximas. Mas como ele mesmo diz, essa viagem não necessariamente precisa ser feita por humanos.

"Não estamos propondo um sistema para enviar humanos à distâncias interestelares", disse Phillip. "Humanos são extremamente frágeis e requerem um grande suporte. Missões robóticas são muito mais viáveis para explorações interestelares no futuro".



Fonte: NASA
Imagens: (capa-ilustração/UCSB Experimental Cosmology Group) / NASA / divulgação
15/03/16



Gostou da nossa matéria?
Curta nossa página no Facebook
para ver muito mais!


Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

56 comentários:

  1. Eu adoraria ver fotos e videos de Alpha centauri ainda nessa vida, me sinto entusiasmado e ao mesmo tempo bastante triste, talvez tenhamos nascido cedo demais para viagens interestelares, más não é de todo ruim afinal estamos vivendo a época das grandes descobertas, do desenvolvimento das tecnologias que torna mais próximo o sonho e a necessidade da humanidade de ir até outro planeta habitavel, de não dependermos apenas da terra e do nosso sol, nosso destino não deveria ser morrer junto com a terra, temos bastante tempo se depender apenas do sol, só espero que ele seja suficiente...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também fico bastante entusiasmado com a possibilidade da humanidade de ver e visitar novas estrelas indo além da fronteira final,mais fico triste com que estamos fazendo com esse belo planeta nosso berço,nossa mãe,e mais triste ainda por saber,imaginar que faremos isso com outros planetas se não pararmos de ser tão ignorantes e desleixados!

      Excluir
    2. Eu torço para q nunca consigamos deixar a Terra pois a desfruimos e faremos isso com os outros planetas e os seis povos tbm.

      Excluir
    3. Dificilmente vamos conseguir isso em nosso mundo atual, muitos problemas de ordem política, econômica, social, além de um mundo que dar valor a coisas fúteis e não ao conhecimento e a socialização dele, e tem mais, somos babacas o bastante para não pensar na ciência como uma construção coletiva, bilhões de cérebros pensariam melhor que poucos milhões, acho que as pessoas que poderiam contribuir com o desenvolvimento de tecnologias como esta e outras mais, deve neste exato momento esta sendo morto em uma guerra, comendo lixo na rua ou nascendo sem acesso a escola e a informação de especie nenhuma.

      Excluir
  2. essa tecnologia está muito longe de virar realidade, mas, eu também queria ver algum resultado de uma descoberta ou exploração extra solar, mesmo sendo robótica. temos que evoluir muito ainda.

    ResponderExcluir
  3. Talvez os 30 minutos fiquem para o pessoal que ficar na terra, enquanto que para os astronautas a viagem duraria alguns instantes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. isso mesmo, a luz demora 8 minutos pra ir do sol até a terra (300.000 km por segundo viajando 150.000.000 km)

      nós não esperamos anos, que estivesse nessa velocidade provavelmente seria instantâneo já que quanto mais próximo da velocidade da luz mais lento o tempo fica pra quem está viajando mas para que fica parado não muda nada

      ex: em uma nave viajando na velocidade da luz a viagem até próxima centauro duraria 4 anos pra quem está na terra e alguns minutos para que está viajando

      Excluir
    2. Gente, precisamos separa MASSA , ENERGIA e MOMENTUM quando falamos da possibilidade de ocorrência de inércia através da luz. Sugiro lermos o compilado abaixo, muito esclarecedor: http://guitaredis.blogspot.com.br/2008/08/massa-energia-e-momentum-rr.html

      Excluir
    3. acho que mesmo na velocidade da luz, quem estivesse dentro da Nave terá se passado algumas semanas, em torno de 5 ou 6. Alguns minutos só se estivesse usando a dobra 6 da Enterprise viajando 392 vezes a velocidade da luz. rs

      Excluir
    4. se a nave viajar 30 min a 1/4 da velocidade da luz, passaria aproximadamente 20 anos para quem está na terra.

      Excluir
    5. Júlio César acho que vc exagerou. Que conta vc fez pra chegar a essa conclusão????

      Excluir
    6. Na verdade esses 30 Min viajando a uma certa porcetagem na velocidade da luz, seria alguns meses, tipo de 5 à 6 meses e não décadas como a matéria diz. Agora se ele viajasse 1 dia ou um ano na velocidade da luz, aí sim seria outra história....

      Excluir
    7. Em relação a nave viajando até a estrela mais próxima. Levaria exatos 4 anos terrestres dentro da nave viajando na velocidade da luz, ou seja, pra quem fica na terra teria que esperar no mínimo uns 80.000 anos até a chegada da nave (resumindo: 4 anos pra quem tá na nave, 80.000 anos no mínimo pra quem tá na Terra), seria em torno de 3.000 gerações aqui na terra, e se vc quisesse viajar de um ponto da galáxia a extremidade da outra ponta, teria que sobreviver por 100.000 anos viajando na velocidade da luz dentro da nave e imagine o tempo que se passa pra quem fica parado aqui na Terra.

      Excluir
    8. claro que não amigo! Pra quem estaria dentro de uma nave na velocidade da luz se passaria algumas semanas, mas na Terra que se passaria 4 anos!

      Excluir
  4. Nenhum ser humano seria capás de aguentar tal velocidade, mas imagina um ser humano viajando dentro dessa maquina encubada num liquido bastante densso...

    ResponderExcluir
  5. Beleza, então se com esse método vão diminuir o tempo no espaço e para nós na terra vão se passar décadas - "Devido a dilatação do tempo" - Então é melhor a Nasa enviar uma sonda bem antes para podermos ter resposta mais rápido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. para nós passaria 30 minutos e para quem viajar seria instantes.. acho que confundiram..

      Excluir
    2. Correto, parece q a redação se embananou no raciocínio!

      Excluir
    3. Quando essas tecnologias forem reais, é claro que elas serão testadas com naves não tripuladas para depois serem utilizadas por humanos. Mesmo viajando com uma "futura" Enterprise em uma dobra 9 há milhares de vezes a velocidade da luz, ainda levaria milhares de anos para chegar em outras galáxias. Porém já ajudaria a explorar sistemas solares "próximos" como o de Alpha Centauri. O que permitirá mesmo os humanos explorarem de fato o espaço e suas principais galaxias são os "buracos de minhoca", onde o espaço-tempo se dobra e cria atalhos permitindo atravessar bilhões de anos-luz em poucos minutos. Acredito que até o ano 3000 isso seja possível.

      Excluir
    4. Isso é ainda é algo a ser pensado pois poderíamos encontrar com a nossa própia ou outra civilização no Futuro mas si o Buraco de Minhocas nós permite mais exploração não há para que deixá-lo de lado mas devemos ter muita cautela em relação a isso.

      Excluir
    5. TD 2010 Exatamente! Tem gente falando que para nós, seria 20 anos!!! kkkkkkkkkk Para sentir os efeitos da dilatação do tempo, teria q ser uma viajem em escala maior, por exemplo: uma viagem de 5 anos próxima(e ñ somente 1/4) da velocidade da luz, passaria aproximadamente 40 anos aqui na terra! Confere Arnaldo?!

      Excluir
  6. Deve ser interessante saber como parar uma massa imensamente grande - o aumento da massa de um corpo aumenta inversamente com a raiz quadrada de 1 - (v/c)(v/c) onde v é a velocidade do corpo e c a da luz. Trocando em miúdos: à medida que a velocidade do móvel v se aproxima da da luz a massa do corpo se aproxima do infinito.

    ResponderExcluir
  7. Deve ser interessante saber como parar uma massa imensamente grande - o aumento da massa de um corpo aumenta inversamente com a raiz quadrada de 1 - (v/c)(v/c) onde v é a velocidade do corpo e c a da luz. Trocando em miúdos: à medida que a velocidade do móvel v se aproxima da da luz a massa do corpo se aproxima do infinito.

    ResponderExcluir
  8. O Laser lançaria uma grande quantidade de luz sobre a vela solar, e o resto já dá pra imaginar... só me resta entender uma coisa: a vela esta acoplada à nave? Se sim, como fica o par ação e reação? se não, a medida que a nave se afasta, a vela vai perdendo seu efeito? Quem souber responder, por favor, responda.

    ResponderExcluir
  9. Mais um pequeno problema. A luz tambem gera calor, e nesse nível, creio que não exista um material que resista.

    ResponderExcluir
  10. Pensem comigo e entrem no meu looping, foi dito que 30 minutos de viagem para os astronautas poderia durar uma década para nós aqui na Terra então suponhamos que temos uma sonda lá em Marte e esta seria usada para comunicação conosco então se em 30 minutos eles chegaram lá e começaram a usar a sonda para se comunicar conosco onde fica essa década de viagem entenderam oque estou querendo dizer é que eles estariam se comunicando conosco antes de terem chegado lá no no nosso prazo entrei em parafuso???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade é o contrário, para nós a viagem demoraria 30 min e para os astronautas alguns instantes, mas isso é só impressão de tempo. Quando ele saisse da velocidade próxima a da luz, já estaria no "futuro", então a comunicação se daria normalmente nesse tempo.

      Excluir
    2. rafael veloso Exatamente, quem escreveu a matéria errou.

      Excluir
  11. Gente, precisamos separa MASSA , ENERGIA e MOMENTUM quando falarmos da possibilidade de utilizar inércia através da luz. Sugiro lermos o compilado abaixo, muito esclarecedor: http://guitaredis.blogspot.com.br/2008/08/massa-energia-e-momentum-rr.html

    ResponderExcluir
  12. eu mim canditaria a testes foradesse planeta

    ResponderExcluir
  13. eu duvido q mude alguma coisa a velocidade da luz
    se eu for a marte a velocidade da luz chegarei num istante e aqui na terra vai ser igual nada muda nao esiste ilusoes tempos vezes bobagem e simples se eu vou em uma ora em marte aqui na terra tambem passara so uma ora o resto e snho de bobos fora da realidade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkk se todo mundo pensasse igual a você ainda estaríamos na idade da pedra

      Excluir
    2. Alcimar dal castel quanto mais rápido você se move, mais devagar o tempo passa p/ você. Em escalas pequenas é imperceptível, mas em grandes escalas de velocidade, os efeitos são extraordinários! Essa teoria já foi colocada em prática, testada de comprovada. Em quem a criou, foi nada menos que Albert Einstein, Teoria da Relatividade que rege as leis de nosso universo macro! ;)

      Excluir
  14. Não compreendo como a dilatação do tempo nesse caso. Se a viagem para alguém que visse da Terra levaria 30 minutos com a nave a 1/4 da velocidade da luz, então para quem estivesse dentro da nave, se passaria poucos minutos, talvez uns 5. Aí sim seria aceitável essa dilatação do tempo.

    ResponderExcluir
  15. Esse planeta pode ser útil a nós pode servi como teste lá podemos tentar criar um ambiente semelhante à da terra ,criar um ambiente aquoso com as moléculas H2o e aí criamos outros estilos , pode ser útlil para outros projetos mais ambiciosos no futuro tipo mega estruturas ou colonizar outros planetas mesmo e sim podemos criar cidades em Marte como destino turísticos e dividiremos cada pedaço de Marte entre todos países do mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisa ver se os habitantes intraterrenos de Marte vão permitir esse fatiamento kkkkkkkk

      Excluir
  16. Kkkk gente parem de ter pensamentos atrasados que não conduz com a civilização moderna em vez de tentarem falar algo dizendo que é impossível por que vcs mesmos não tentam achar boas soluções para o mundo,grande ídeias pode vim de qualquer um é todo nós podemos fazer algo,antes todo mundo vivifique na savana

    ResponderExcluir
  17. Bote na sua cabeça vc é o pratagonista da sua história

    ResponderExcluir
  18. Cá na Terra foi necessário pisar na América para aprender o Tupi-Guarani... Entre as Estrelas será necessário e somente possível o INVERSO... Primeiramente conseguir apenas CONTACTAR e Aprender a CONVERSAR... Isto... E somente Isto, talvez seja o EXEQUÍVEL..

    ResponderExcluir
  19. Que material da nave resistiria a tamanha velocidade e impacto com fragmentos?.a essa velocidade qualquer pedrinha pedra pequena no impacto com a nave teria o peso de uma montanha ou milhoes de toneladas de força energia pura.

    ResponderExcluir
  20. Ficaria mais facil se usar um asteroide do tamanho do Evereste, dentro do asteroide existe os metais e agua para transformar o asteroide em uma cidade cientifica com centenas de pessoas. O material do lado de fora do asteroide protegeria contra radiacao espacial e pequenos detritos, a gravidade do asteroide auxiliaria a obter uma gravidade similar a da Terra. O canhao de lazer e a vela vao puxar o asteroide que teria total controle de sua velocidade.

    ResponderExcluir
  21. Qual cálculo vocês usam para determinar com exatidão o tempo que se passaria na Terra e dentro de uma nave que está viajando próximo ou na velocidade da luz?

    ResponderExcluir
  22. Dependendo pra qual referencial inercial esteja sendo adotado, a diferença de tempo é cerca de 1 minuto pra mais ou pra menos. Não décadas!

    ResponderExcluir
  23. 15 anos pra chegar em Alpha Centauri, coletar dados, e aproximadamente mais uns 4 anos para receber os primeiros dados e imagens. Isso porque é a estrela mais próxima de nós!!! Sem dúvida o universo é incrível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada que uma viagem em velocidade de Dobra Espacial não resolva! =D

      Excluir
  24. Quero está vivo para ver e ouvir o homem em Marte,hoje tenho 40 anos...

    ResponderExcluir
  25. As comunicações viajam a velocidade da luz, Então chegaria mais rapida do que Disseram aí 😯

    ResponderExcluir
  26. Ninguém conseguiria viajar à velocidade da luz. A própria nave e seus tripulantes hanhariam massa infinita e se transformariam em energia. Aliás, não há qualquer mecanismo conhecido que possa gerar a quantidade de enwrgia necessária para se viajar nessa velocidade. No caso da vela, com a nave a 1/4 da velocidade da luz, ou 75mil km/s a força G ainda seria letal para qualquer ser humano.

    ResponderExcluir