Como seria viver em Vênus?

como seria viver em Vênus
Conheça a verdadeira visão do inferno: Vênus!

Essa matéria faz parte da série especial 'Como seria viver em outros planetas?' Confira todos os episódios clicando aqui.

Imagine um lugar cuja temperatura é tão alta a ponto de derreter chumbo. Sim, isso mesmo, estamos falando de Vênus: a visão mais próxima possível do que seria o inferno. Criar uma base em um mundo super quente e inóspito é algo que vai muito além das nossas capacidades tecnológicas. Mas e se fosse possível? O que aconteceria com nosso corpo? O que sentiríamos?



Vênus é considerado muitas vezes como o irmão gêmeo da Terra, por conta de seu tamanho e de sua composição. Justamente por isso, diversas agências espaciais, como a NASA, o Programa Espacial Soviético, a ESA, dentre outras, enviaram inúmeras missões para explorar o segundo planeta mais próximo do Sol. Já foram mais de 40 espaçonaves desde 1960.




"A superfície de Vênus é muito diferente de outros planetas do Sistema Solar", disse Håkan Svedhem, cientista da missão Venus Express. As imagens de radar feitas pela sonda Magellan, enviada no início de 1990, pela NASA,  mostraram que a superfície venusiana é decorada com montanhas, crateras e milhares de vulcões, alguns dos quais são muito maiores que os da Terra. Apesar da espessa atmosfera, também foram detectados canais de lava derretida com até 5.000 km de comprimento, e estruturas de anéis chamadas coronae, ou coroas. Mas ainda assim, a característica principal de Vênus é sua superfície lisa, que cobre 2/3 do planeta, que provavelmente seriam os melhores lugares para se montar uma base.

Viver em Vênus não seria nada agradável. A superfície venusiana é completamente seca, porque o planeta sofre de um efeito estufa descontrolado. Ou seja, sua espessa atmosfera está cheia de dióxido de carbono que retêm o calor, mantendo a temperatura de superfície em cerca de 465°C.

A gravidade de Vênus é quase 91% da gravidade da Terra, de modo que poderíamos saltar um pouco mais alto, e os objetos seriam mais leves do que na Terra. "Você provavelmente não iria notar muita diferença na gravidade, mas iria notar facilmente diferença da atmosfera densa", disse Svedhem. "O ar é tão espesso que movimentos rápidos seriam impossíveis. Se tentasse mover seu braço rapidamente, você iria sentir a resistência. Seria quase como estar na água."

Outro fato marcante seria a diferença da pressão atmosférica da Terra e de Vênus. Ao nível do mar na Terra, a coluna de ar sobre nós pressiona nossos corpos com uma força de 14,5 libras por polegada quadrada, ou 1 bar; a pressão da superfície de Vênus é de 92 bar. Para ter essa mesma pressão na Terra, teríamos que mergulhar mais de 914 metros no oceano.

Vênus leva 225 dias terrestres para girar em torno do Sol, e 243 dias terrestres para girar sobre seu próprio eixo. "Mas o dia dura 117 dias terrestres, porque Vénus tem rotação retrógrada", disse Svedhem. Por conta dessa rotação retrógrada, o Sol nasce no oeste e se põe no leste. Parece meio louco não?!




Olhar para o céu em Vênus também seria bem diferente do azul claro na Terra. O céu venusiano tem cor alaranjada e avermelhada devido à forma como as moléculas de dióxido de carbono dispersam a luz do Sol. Você também não veria o Sol como um ponto distinto no céu, mas sim como uma luz difusa e nebulosa atrás das nuvens densas, com tonalidade amarela. E durante a noite, nada de estrelas! O céu noturno é apenas negro, e não é possível ver nada. Definitivamente não é o lugar para se levar um telescópio...

E como se não bastasse a temperatura infernal, a pressão atmosférica esmagadora e outros detalhes nada agradáveis, na alta atmosfera de Vênus os ventos viajam a uma velocidade de até 400 km/h, ou seja, mais rápido do que os ventos dos furacões na Terra. Por outro lado, na superfície do planeta, o vento viaja a apenas cerca de 3 km/h. E apesar do planeta sofrer com tempestades incrivelmente fortes, os raios não atingem a superfície, e por conta do calor escaldante, suas tempestades não chegam a tingir o solo. Ainda bem, até porque a chuva de Vênus não é composta de água, mas sim de ácido sulfúrico. Ufa!




Além de todos os problemas citados acima, os vulcões ativos por lá podem representar um perigo real, segundo Svedhem.

E, ao contrário da Terra, Vênus provavelmente não tem terremotos por conta da falta de atividade das placas tectônicas que libera calor em seu interior. Em vez disso, o que pode acontecer é que o calor aumenta a um ponto crítico durante milhões de anos, e então de repente é liberado a partir de algum tipo de mecanismo, como a atividade vulcânica em grande escala, que remodela a superfície do planeta.


E se você quisesse reclamar para seus amigos na Terra, dizendo que a lava destruiu seu jardim, precisaria de muita paciência. Sua mensagem levaria alguns minutos para chegar à Terra quando os dois planetas estão no ponto de maior proximidade. Mas se der azar de Vênus e Terra estarem separados pelo Sol, pode levar quase 15 minutos para sua mensagem chegar em casa... e mais 15 minutos para receber uma resposta. Considerando o ambiente "agradável" de Vênus, os 30 minutos iriam parecer uma eternidade!



Imagens: (capa-ilustração) / Galeria do Meteorito / BBC
25/04/16


Gostou da nossa matéria?
Curta nossa página no Facebook
para ver muito mais!


Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

20 comentários:

  1. A próxima vai ser interessante pra galera que se inscreveu no Mars One pretendendo viver (provavelmente morrer precocemente) no planeta Marte.

    ResponderExcluir
  2. Com tantas indústrias poluentes na Terra e os conselhos venusianos parecem não funcionar muito aqui... mas... quando voltarão algumas notícias sobre o Planeta 9 e algum novíssimo exoplaneta kepleriano? Sinto saudade destas épocas.

    ResponderExcluir
  3. Excelente matéria! Só faltou mostrar como seria viver nesse inferno. hahahaha
    Como o Galeria do Meteorito nunca deixa os acontecimentos passar batido, existe uma matéria a respeito, de como viver em Vênus:
    http://www.galeriadometeorito.com/2015/01/nasa-quer-criar-cidade-flutuante-em-venus.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, pensei que iam incluir isso também. Cheguei até a citar no capítulo sobre Mercúrio.

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia pessoal do GdM. Estava lendo uma notícia sobre Vênus e gostaria de compartilhar.
    http://gizmodo.uol.com.br/cientistas-descobriram-algo-bem-inesperado-sobre-a-atmosfera-de-venus/
    Essa matéria que vocês estão fazendo é excelente.
    Abração.

    ResponderExcluir
  7. Bom dia pessoal do GdM. Estava lendo uma notícia sobre Vênus e gostaria de compartilhar.
    http://gizmodo.uol.com.br/cientistas-descobriram-algo-bem-inesperado-sobre-a-atmosfera-de-venus/
    Essa matéria que vocês estão fazendo é excelente.
    Abração.

    ResponderExcluir
  8. Mutio interessante, ansioso por Marte, planetas gasosos e suas luas.

    ResponderExcluir
  9. simplificando é impossivel e muito caro uma base na superfice de venus, mas nao é o fim, a Nasa já bolo uma teoria para num minimo uma visita, a teoria é a seguinte utiliza baloes gigantes e sobrevoar as nuvem de venus, la a temperatura seria amena e a gravidade confortante, tipo cidades voadoras, pra quem quer sabe mas:http://radioalo.com.br/nasa-planeja-uma-habitar-venus-atraves-de-cidades-voadoras/#.VyUQV_krLIU

    ResponderExcluir
  10. simplificando é impossivel e muito caro uma base na superfice de venus, mas nao é o fim, a Nasa já bolo uma teoria para num minimo uma visita, a teoria é a seguinte utiliza baloes gigantes e sobrevoar as nuvem de venus, la a temperatura seria amena e a gravidade confortante, tipo cidades voadoras, pra quem quer sabe mas:http://radioalo.com.br/nasa-planeja-uma-habitar-venus-atraves-de-cidades-voadoras/#.VyUQV_krLIU

    ResponderExcluir
  11. Essa matéria ficou sensacional! Parabens GDM!

    ResponderExcluir
  12. O que houve com o irmão gêmeo da terra para que ele girasse ao contrário??

    ResponderExcluir
  13. O que houve com o irmão gêmeo da terra para que ele girasse ao contrário??

    ResponderExcluir
  14. Acho que morar em Vênus seria mais fácil do que morar numa das luas de Saturno; Encélados ou titam, pois lá a temperatura fica a 200 graus negativo, quanto aos 400 graus positivo de Vênus, eu levaria muita cerveja gelada

    ResponderExcluir
  15. Acho que morar em Vênus seria mais fácil do que morar numa das luas de Saturno; Encélados ou titam, pois lá a temperatura fica a 200 graus negativo, quanto aos 400 graus positivo de Vênus, eu levaria muita cerveja gelada

    ResponderExcluir
  16. kkk Muito massa a matéria mas com alguma ídeia bolada quem sabe consiguimos vênus também

    ResponderExcluir