Confirmado! Planeta anão Makemake tem um satélite natural!

Makemake e sua lua MK 2
Apelidada de MK 2, a escura lua do planeta anão está confirmada!



Usando o Telescópio Espacial Hubble, cientistas planetários avistaram um satélite natural orbitando o planeta anão Makemake. A lua escura, apelidada de MK 2 tem 160 km de largura, e orbita Makemake a cerca de 20.000 km. Makemake, por sua vez, é 1.300 vezes mais brilhante do que sua lua, além de ser muito maior, com 1.400 km de diâmetro (aproximadamente 2/3 do tamanho de Plutão).




"Nossa descoberta da lua de Makemake nos mostra que cada planeta anão do Cinturão de Kuiper tem pelo menos um satélite natural", disse Alex Parker no Twitter. Parker, junto com Mark Buie, ambos do Instituto de Pesquisa do Sudoeste, pertencem a equipe que encontrou as pequenas luas de Plutão em 2005, 2011 e 2012,usando a mesma técnica com o Hubble que foi usada para encontrar a lua de Makemake. Segundo a NASA, a Camera 3 acoplada ao Telescópio Hubble, tem o poder de enxergar objetos de brilho fraco, além de conseguir registrar imagens de altíssima resolução.

MK 2 - a lua do planeta anão Makemake
Planeta anão Makemake e seu satélite natural MK 2, registrados pelo  Telescópio Espacial Hubble.
Créditos: Hubble / NASA / ESA / A. Parker / M. Buie

Pesquisas anteriores sobre um possível satélite de Makemake não eram conclusivas. A análise de Parker, além de nos mostrar o satélite, nos diz que sua superfície é muito escura (o que é comum entre objetos do Cinturão de Kuiper), e sua posição em relação ao planeta anão foi o que tornou a descoberta tão difícil.


MK 2 - um novo satélite para a coleção do Sistema Solar

O satélite recém-descoberto pode nos trazer muitas informações sobre Makemake, como sua massa e densidade. Para se ter uma ideia, quando a lua de Plutão, Caronte, foi descoberta em 1978, os astrônomos foram capazes de medir a órbita de Caronte e calcular a massa e a densidade de Plutão, o que na época foi uma surpresa, pois acreditava-se que Plutão era muito maior do que realmente é.

Makemake e sua lua MK 2 - ilustração
Ilustração artística de Makemake e sua lua MK 2. Créditos: NASA / ESA / A. Parker
Clique na imagem para ampliar

"O planeta anão Makemake está na mesma rara classe de Plutão, e é muito importante encontrarmos seu satélite", comentou Parker. "A descoberta de MK 2 nos fornece uma oportunidade única de estudar Makemake de forma detalhada, o que seria impossível sem seu companheiro."


O mistério de Makemake

A descoberta da lua de Makemake também pode resolver um mistério de longa data sobre esse planeta anão. Observações térmicas de Makemake feitas pelos observatórios Spitzer e Herschel sugeriram que Makemake possuia um material muito quente e escuro em sua superfície, porém, novas observações não puderam confirmar isso.




Segundo Parker, o que anteriormente foi interpretado como algo quente e escuro na superfície de Makemake, pode na verdade ser justamente esse novo satélite detectado. "A escura lua MK 2 pode ser responsável pela maioria dos achados antigos, feitos através de medições térmicas", disse ele no Twitter.




Os pesquisadores vão precisar de mais observações do Hubble para fazer medições precisas, a fim de determinar se a órbita do satélite é elíptica ou circular, o que também deve lançar uma luz sobre sua origem. Uma órbita circular apertada significa que MK 2 provavelmente se formou a apartir de uma colisão entre Makemake e um outro objeto do Cinturão de Kuiper. Por outro lado, se a órbita de MK 2 é alongada e distante, é mais provável que seja um objeto errante que acabou sendo capturado.






Fonte: NASA / UniverseToday
Imagens: (capa-ilustração/NASA/ESA/A. Parker) / Hubble / NASA / ESA / A. Parker / M. Buie / NASA Goddard
28/04/16


Gostou da nossa matéria?
Curta nossa página no Facebook
para ver muito mais!


Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

8 comentários:

  1. Agora é esperar que, com a descoberta desse satélite, os cálculos de massa e diâmetro de Makemake sejam refinados.

    ResponderExcluir
  2. Imaginem quando o James Webb tiver lá em cima e 2018... daí sim! Irão descobrir luas nos demais anões: Sedna, Qaoar, Zangado, Geographos, Atchim, Judite, Pendenga, Nelson Ned, ...

    ResponderExcluir
  3. Galeria do Meteorito ja foi um dos melhores e mais completos sites de astronomia, mas hj em dia vem deixando muito a desejar. Muitos assuntos importantissimos envolvendo o mundo astronomico foram lançadas durante a semana e a unica coisa que foi publicada foi a descoberta da MK2. Nao estou falando que essa descoberta nao é importante, muito pelo contrario, mas so nas ultimas semanas tivemos o lançamento do foguete russo Soyuz 2.1, inaugurando a nova base de lançamentos russa, tivemos tbm a Spacex anunciando que vai enviar um modulo para Marte em 2018, tivemos a China anunciando a construçao da sua propria estaçao espacial, tivemos as primeiras imagens da missao exomars, tivemos o preocupante defeito no telescopio Kepler e o anuncio do seu reparo, entre muitos outros. Tantas informaçoes que poderiam ser agregadas ao site tornando-o mais completo e mais interessante que deixaram de ser publicadas. Lamento muito pois acompanho este site a muito tempo e é triste ver ele "abandonado" assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aiiii... depois dessa, vão descobrir água em Mk2! Levarei toalhas na nave para secar.

      Excluir
    2. Eu penso diferente. Para mim, o ritmo de postagem tem se mantido, desde que comecei a acompanhar o site, em 2014. Quanto a outras noticias, que vejo publicado em outros sites, não enxergo isso como um problema, pois vejo diversas matérias aqui, que não vejo publicado em outros lugares.
      E também temos que entender que o dono do site, provavelmente não tem esse site como um "ganha pão", mas faz isso porque gosta.
      Inclusive eu acho que o site está mais ativo hoje, do que na época que comecei a acompanhar. Os usuários comentam as noticias muito mais, do que antes. ^^

      Excluir
    3. Gilberto Nildo, esses temas todos que vc falo, todos já foram abordados ao longo das matérias. A pessoa que posta aqui, geralmente posta uma ou no máximo duas matérias por dia e nem tudo pode ser abordado de vez, embora eles já tem comentado um pouco sobre cada tema que vc mencionou em momentos anteriores.

      Excluir
    4. Olá Gilberto, boa tarde!

      Já faz cerca de 5 anos que mantemos a rotina de pelo menos 1 matéria nova por dia útil. Algumas matérias levam horas para serem completamente finalizadas. Nós não copiamos e colamos matérias que vemos em outros sites. Não apenas "traduzimos". Um diferencial do nosso site é que fazemos pesquisas em diversas fontes antes de postar qualquer coisa que vemos por aí.

      Claro que esse cuidado editorial acaba custando um tempo bem maior na elaboração das matérias. Considere ainda que além de escrever as matérias, muitas vezes editamos imagens para ilustrar, além de postarmos de hora em hora nas redes sociais, criar eventos, responder centenas de emails e mensagens por semana. Isso tudo leva muito tempo.

      De qualquer forma, agradeço sua colaboração, e sua opinião, afinal, é com as críticas que melhoramos o nosso trabalho. Futuramente pretendemos ter mais editores, o que aumentará a frequência de postagens.

      Muito obrigado Milton Kajita, Delanilson Riberio, e obrigado também a todos que acompanham nosso site diariamente. Um grande abraço pessoal!

      Excluir
  4. Matéria muito boa! Quando o James Webb tiver na ativa serão novas descobertas! Realmente o site Galeria do Meteorioto não é só Ctrl C + Ctrl V! Todas as opiniões são bem-vindas...

    ResponderExcluir