Vênus pode ter suportado vida, diz novo estudo

Vênus pode ter suportado vida
No passado, Vênus pode ter sido um lugar bem diferente daquilo que conhecemos...



Com temperaturas de superfície de 460°C e uma atmosfera 90 vezes mais espessa que a da Terra, Vênus é um lugar infernal, quente o suficiente para derreter chumbo. Mas no início de sua história, por incrível que pareça, Vênus pode ter tido um oceano de água líquida e temperaturas adequadas para a vida, como mostra um novo estudo.

Supondo que a Terra e Vênus tenham começado com os mesmos ingredientes, os modelos climáticos da NASA sugerem que Vênus teria sido capaz de manter a sua água por cerca de 2 bilhões anos, mesmo estando muito mais próximo do Sol do que a Terra.




Mesmo com 46 a 70% mais radiação solar, se o período de rotação de Vênus fosse diferente, ele poderia ter tido temperaturas mais moderadas, disse o cientista climático Michael Way, do Instituto NASA Goddard de Estudos Espaciais, em Nova York, em seu artigo publicado na revista Geophysical Research Letters.

Vênus - NASA
Visão global de Vênus. Créditos: NASA

No período atual, Vênus é planeta com o período de rotação mais lento de todo o Sistema Solar, com um dia que dura 243 dias terrestres. E mesmo com essa taxa, o clima de Vênus poderia ter permanecido favorável à vida até pelo menos 715 milhões de anos atrás. Ainda não se sabe se Vênus poderia ter mantido seu clima quente o suficiente para a vida evoluir.




Além disso, o estudo mostra sinais interessantes sobre as chances da vida ter existido em Vênus. Os resultados sugerem que planetas rochosos e quentes que retêm água após a formação e que giram lentamente, podem ser habitáveis, mesmo orbitando muito próximo de suas estrelas-mãe. Eles seriam até mais habitáveis do que planetas localizados em regiões "mais favoráveis", como a Terra por exemplo.

Os cientistas também observaram que um planeta com uma pequena quantidade de água líquida em sua superfície é mais propício para a habitabilidade em uma ampla gama de cenários de aquecimento estelares, do que um planeta que é completamente ou na maior parte, coberto por água.




"A borda interna da zona habitável de uma estrela, deve, portanto, ser considerada uma região de transição, onde a probabilidade de vida diminui gradualmente, ao invés de ser visto como um limite estrito de separação completa", disse Michael. Considerando isso, talvez Vênus tenha sido mais habitável do que o nosso próprio planeta Terra, ao menos no início do Sistema Solar.




Imagens: (capa-ilustração/NASA/Galeria do Meteorito) / NASA
16/08/16


Gostou da nossa matéria?
Curta nossa página no Facebook
para ver muito mais!


Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários:

  1. OK. Case-se com uma mulher gastadeira que tenha uma mãe braba. Agora teste os trajes da NASA neste inferno. Se tu sobreviver, vá a Venus tranquilo igual pêlo de sovaco.

    ResponderExcluir
  2. Muito boa a matéria, mais como será que Venus foi devastado? Será que foi alguma colisão?

    ResponderExcluir