Por que Plutão não é mais um 'planeta'?

por que plutão não é mais considerado um planeta
O que aconteceu para que Plutão fosse rebaixado da categoria de planeta? Por que ele passou a ser classificado como planeta anão?


O que Plutão fez de tão grave para que os astrônomos (incluindo o Dr. mike Brown, professor de Astronomia Planetária do Instituo de Tecnologia da Califórnia, Calteh) insistissem em sua desclassificação?



Desde sua descoberta em 1930 pelo astrônomo americano Clyde Tombaugh, Plutão ganhou o título de planeta. Mas em 2006 ele foi reclassificado para a categoria de planeta anão. E agora você vai entender o porquê dessa decisão tão polêmica.

De acordo com a União Astronômica Internacional (IAU), para um objeto ser classificado como "planeta", ele precisa atender a três requisitos:
  1. Estar em uma órbita ao redor do Sol;
  2. Ter massa e gravidade suficientes para adquirir uma forma esférica;
  3. Limpar todo o caminho de sua órbita.
Todos sabemos: Plutão orbita e Sol, e tem uma forma esférica, ou seja, atende a dois requisitos. No entanto, o ex-planeta encontra um problema na última regra - a de limpar sua órbita.




Plutão (que nós conhecemos como o 9º planeta do Sistema Solar desde a pré-escola) não limpa sua vizinhança, ou seja, ele é incapaz de atrair corpos menores ou de expulsá-los através da sua força gravitacional. Se considerarmos todos os objetos de sua região, Plutão detém apenas 0,07 de toda a massa.


Não tem choro (ou tem?...)

Se Plutão permanecesse na categoria de planeta, outros objetos também deveriam ser categorizados da mesma forma. Como exemplo temos o planeta anão Ceres, que desde sua descoberta em 1801 por Giuseppe Piazzi, passou por diversas classificações, desde planeta até a asteroide. Agora, em 2006, Ceres também foi enquadrado na categoria de planeta anão, pois assim como Plutão, ele cumpre apenas dois requisitos de planeta (orbita o Sol e tem forma esférica), mas também não tem gravidade suficiente para limpar sua vizinhança.




Acredita-se que existam mais de 200 planetas anões no Cinturão de Kuiper, e possivelmente mais de 10.000 em regiões mais afastadas do Sistema Solar.

planetas anões
Gráfico ilustrativo com os 5 planetas anões do Sistema Solar reconhecidos pela IAU.
Mais de 100 objetos aguardam confirmações e observações para que futuramente possam
ser classificados nessa categoria de planeta anão.
Créditos: divulgação

Ou seja: abrir exceção para Plutão desencadearia uma verdadeira bagunça espacial, fazendo com que a lista de planetas do Sistema Solar crescesse rapidamente. Até mesmo a Lua poderia entrar nessa brincadeira. Pra falar a verdade, ela já entrou. Alguns astrônomos já cogitaram a possibilidade de incluir a Lua na categoria de "planeta". Ficou grave né?




Em todo caso, temos apenas 8 planetas no Sistema Solar, sendo que algumas evidências apontam para a existência de um verdadeiro 9º planeta, que se confirmado, poderia cumprir todas as regras citadas acima. Agora nos resta aguardar o desenrolar dessa história que tem dado o que falar...


Imagens: (capa-NASA) / divulgação
19/09/18


Gostou da nossa matéria?
Curta nossa página no Facebook
para ver muito mais!


Encontre o site Galeria do Meteorito no Facebook, YouTube, InstagramTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

12 comentários:

  1. Não vou nem ler esta matéria, so digo que essa foi a decisão mais idiota já realizada na astronomia nos últimos anos.

    ResponderExcluir
  2. Pra mim Plutão é mais planeta que Mercurio. Ademais, essa classificação atual só serve para facilitar a vida dos leigos, afinal é mais fácil decorar o nome de 8 planetas, do que de 17 ou 200, na possibilidade mais ampla.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você,nos deveríamos aprender mas o que tem em cima de nós na escola.

      Excluir
  3. Concordo com essa regra de "se vale pra um, vale pra todos", se ele não se enquadra nesse requisito de limpar a própria órbita, tem que ser classificado da mesma forma que os outros corpos celestes que também passam por isso (tipo Ceres).. Mesmo que tenhamos aprendido na escola que ele é um Planeta, a gente tem que aceitar que a astronomia vem progredindo com o passar do tempo, vem descobrindo coisas novas e se auto descobrindo também, não sei porquê de tanto mimimi por Plutão ser rebaixado pra Planeta anão, deixem a astronomia trabalhar e pronto, apreciem o que ela tem pra mostrar, poxa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem é birra essa minha ideia de que Plutão é um planeta. Essa nova classificação de planetas, que coloca como requisito a regra: "limpar a própria órbita", foi um quebra-galho que utilizaram para rebaixarem Plutão, Eris, entre outros ditos "planetas anões", visto que, o cinturão de Kuiper, onde se encontra Plutão é um lugar onde tem muito mais vazio do que asteroides. O curioso é que mesmo na órbita da Terra, o nosso planeta não conseguiu limpar completamente a sua órbita, tendo vários asteroides que transitam por aqui. Ademais, os astronomos buscam o chamado Planeta 9, que por ironia, se encontra justamente no Cinturão de Kuiper, local que é um cinturão de asteroides.
      É por isso que eu digo: essa nova definição de planetas tem mais motivação didática (para facilitar o aprendizado dos leigos), do que para definir com precisão o que é um planeta.

      Excluir
    2. Não quis generalizar quando falei de mimimi, mas que tem muita gente que faz tempestade em copo d'água por causa desses assuntos, isso tem.

      Acho que quando eles falam sobre "limpar sua própria vizinhança", eles querem dizer em limpar de uma forma ao menos perceptível; Não totalmente, mas perceptível, com certeza a Terra não conseguiria limpar toda a vizinhança, nem mesmo Júpiter consegue, tem até vídeo de corpo celeste se chocando com ele, mas com certeza a vizinhança da Terra e Júpiter são muito mais limpas do que as desses planetas anões. E acho também que não seja motivo didático, pelo menos não intencionalmente né, que vai ajudar os leigos, com certeza vai, mas não acho que tenham levado isso em consideração.

      E sobre o tal planeta 9, eu li que a orbita dele é pra ser a mais longa do sistema solar, e que isso seria bem longe do Cinturão de Kuiper, mas nem lembro onde li isso, ou se vi algum vídeo, só sei que era algo assim.

      E eu concordo contigo sobre Mercúrio, acho que se ele não estivesse tão próximo do Sol, ele não conseguiria limpar a orbita dele a ponto de ser denominado Planeta, acho que o Sol dá uma baita ajuda pra ele quanto a isso.

      Excluir
    3. Analisando os dados sobre a largura do cinturão de Kuiper, é bem provável que o Planeta 9 não esteja situado nele. É provável que seja encontrado além, em uma região ainda desconhecida pelos astrônomos. Embora, não necessariamente livre de asteroides, visto que a Nuvem de Oort, nos confins do Sistema Solar, nunca foi vista, mais há uma certeza que ela exista.

      Excluir
    4. Não há certeza não. A nuvem de Oort é hipotética.

      Excluir
    5. Sim, é hipotética. Porém, a trajetórias de muitos cometas sinalizam que elas veem de alguma nuvem de asteroide lá nos confins do Sistema Solar.

      Excluir
  4. OBJETIVO ALCANÇADO: SONHO REALIZADO.

    Desde criança, que eu sempre tive o sonho de PROCRIAR GRANDES DESCOBERTAS CIENTÍFICAS AVANÇADAS, e compartilhar gratuitamente: com todos os povos.

    Com ajuda indispensável da ENERGIA ÚNICA INTELIGÊNCIA INFINITA CRIADORA, a VIDA ETERNA CRIADORA, que independentemente de crenças ou religiões, todos buscam:

    Assim o fiz, e não só compartilhei com meus queridos irmãos da RÚSSIA e ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA, como também em condições de igualdade, com meus queridos irmãos: do continente africano.

    Tendo o nosso humilde blogger, alcançado todos os continentes:

    Eu e meu filho MARCELLO PRAIATTE, que meu discípulo de MÚLTIPLAS CIÊNCIAS ENERGÉTICAS E AVANÇADAS, é:

    Continuaremos PENSANDO CIÊNCIAS e PROCRIANDO DESCOBERTAS CIENTÍFICAS AVANÇADAS, postando em nosso blog: apenas o que pudermos postar.

    Consciente que como atômico, 100% perfeito, nunca serei:

    Peço desculpas a quem eu tenha desagradado:

    E agradeço imensamente: a quem eu tenha agradado.

    Agradeço também a esse conceituadíssimo SITE, pela forma democrática e respeitosa: que sempre fui tratado.

    Desejamos boa SORTE: a todos.

    ResponderExcluir
  5. Esses cientistas tem hora que forçam a amizade. Plutão tem até atmosfera e um satélite natural. Isso aí foi excesso de falta do que fazer. Bastava colocar Ceres e Sedna como.pkanetas também...

    ResponderExcluir
  6. Algo que chamou-me a atenção: Quando chegaram as fotos, de maior proximidade, que a New Horizon enviou de Plutão , apareceu na mídia um dos responsáveis pelo projeto com os olhos arregalados frente a um terminal que tela não era mostrada.
    Depois foram publicas as tradicionais fotos e dentre estas a acima como que foi depois chamado de o coração de Plutão.Antes de ser chamado de coração vários usuários sobrepuseram a imagem do personagem da disney (pluto o cachorro de mickey) que casa perfeitamente até na orelha fina a esquerda. Poucos lembram quem o nome do personagem da disney foi dado em homenagem a recente (há época) descoberta de Plutão.Parece que o pessoal da nasa está tão confiante na cegueira das pessoas que de dá ao luxo de zombar descaradamente de todos.

    ResponderExcluir