Sonda Voyager 1 está enviando sinais que ninguém entende - o que está acontecendo

sinais estranhos da sonda voyager 1

Após 45 anos no espaço, atravessando o Sistema Solar, a sonda Voyager 1 enfrenta um grande desafio bastante bizarro

A missão Voyager 1 da NASA, lançada em 1977, chegou no espaço interestelar já há algum tempo. Localizada atualmente a uma distância de 23,3 bilhões de quilômetros da Terra, a Voyager 1 está operando normalmente, porém, com um detalhe bastante estranho: ela parece confusa sobre sua localização, pois os controladores da missão notaram que a sonda está enviando localizações diferentes daquela que ela realmente parece estar. Mas como assim?


O que chamou a atenção dos cientistas foi também o fato da sonda Voyager 1 não ter entrado em modo de segurança, o que seria normal de acontecer após alguma falha.

"Um grande mistério para o estágio atual da missão Voyager", disse Suzanne Dodd, gerente de projeto da Voyager 1 e sua gêmea, Voyager 2.


"A nave espacial tem quase 45 anos, o que está muito além do que o planejado", acrescentou Suzanne Dodd. "Também estamos no espaço interestelar – um ambiente de alta radiação que nenhuma espaçonave voou antes".

sonda voyager ilustração
Ilustração artística de uma das sondas Voyager.
Créditos: divulgação

A falha tem a ver com o sistema de articulação e controle da Voyager 1, ou AACS, que mantém a espaçonave e sua antena na orientação adequada. E o AACS parece estar funcionando bem, já que a espaçonave está recebendo comandos, agindo sobre eles e enviando dados científicos de volta à Terra com a mesma força de sinal de sempre. No entanto, o AACS está enviando dados de telemetria completamente bizarros, que não fazem sentido. A declaração da NASA não especifica quando o problema começou.


A agência diz que o pessoal da Voyager continuará investigando o problema e tentará corrigi-lo ou adaptá-lo. Esse é um processo lento, já que um sinal da Terra atualmente leva 20 horas e 33 minutos para chegar à Voyager 1, e mais 20 horas e 33 minutos pra que sua resposta chegue de volta aqui na Terra.

A sonda gêmea Voyager 2, também lançada em 1977, está se comportando normalmente, disse a NASA. A energia que a espaçonave gêmea pode produzir está sempre caindo, e os membros da equipe da missão desligaram alguns componentes para economizar energia - medidas que eles esperam que mantenham as sondas funcionando até pelo menos 2025.

"Existem alguns grandes desafios para a equipe de engenharia", disse Dodd. "Mas acho que se houver uma maneira de resolver esse problema com o AACS, nossa equipe a encontrará."



Imagens: (capa-ilustração) / divulgação
19/05/2022


Gostou da nossa matéria?
Inscreva-se em nosso canal no YouTube
para ver muito mais!


Encontre o site Galeria do Meteorito no Facebook, YouTube, InstagramTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.

Um comentário:

  1. Pelo menos uma dessas naves será recolhida e colocada num museu no próximo milênio.

    ResponderExcluir