Quantas estrelas podemos ver no céu? Quantas estrelas existem?

Quantas estrelas existem no céu? E quantas podemos enxergar? Binóculos ou telescópios ajudam a ver mais estrelas?


Basta olhar para o céu numa noite escura e sem nuvens que você verá milhares de estrelas. Mas você já parou pra pensar quantas estrelas existem no céu? Somente em nossa galáxia, na Via Láctea, existem cerca de 200 bilhões de estrelas, mas claro nunca saberemos o valor exato... e também devemos lembrar que não poderemos observar todas essas estrelas, principalmente sem equipamentos. Mas quantas estrelas podemos ver no céu?




Por que você iria contar se alguém já fez isso antes? Então, respondendo a pergunta, quase 10.000 estrelas são visíveis no céu noturno. O astrônomo Dorrit Hoffleit da Universidade de Yale, conhecido por seu trabalho com estrelas variáveis​​, compilou um catálogo há algumas décadas, contendo todas as estrelas visíveis da Terra na magnitude 6,5, o limite do olho humano.




Pra ser mais preciso, as estrelas visíveis em todo planeta Terra chegam a 9.096 em todo céu, ambos os hemisférios. Como podemos ver apenas metade da esfera celeste, devemos dividir esse número por dois, e chegamos a (mais ou menos) 4.548 estrelas no céu noturno, dependo da época.

Mas vale lembrar que essa quantidade de estrelas só é visível se você estiver em um céu totalmente escuro, sem poluição luminosa, sem nuvens, etc... isso porque os astrônomos usam a escala de magnitudes para medir o brilho das estrelas e dos planetas, assim como de outros objetos celestes. A magnitude aparente é representada por números, e quanto maior for o número, mais fraco é o brilho do objeto. Quando são muito brilhantes, seus valores chegam a ser negativos, como a Lua por exemplo, que tem magnitude aparente de -12,7 quando na fase Cheia, e Júpiter que tem magnitude de aproximadamente -2,5. Vênus tem magnitude aparente de -4,4. A estrela mais brilhante do céu noturno é Sirius, na constelação de Cão Maior, com magnitude aparente é de -1,4. O Sol tem magnitude aparente de -26,7.

À esquerda, um céu escuro sem poluição luminosa, longe de cidades grandes. À direita, um céu com poluição luminosa
com magnitude aparente limitada a 2,
0, típico de cidades grandes como São Paulo. Créditos: STELLARIUM
Clique na imagem para ampliar


Cada magnitude é 2,5 x mais brilhante do que a magnitude anterior. A estrela Altair, na constelação da Águia (por exemplo) tem magnitude aparente de cerca de 1, ou seja, ela é 2,5 vezes mais brilhante do que uma estrela de magnitude 2, que é 2,5 vezes mais brilhante do que uma estrela de magnitude 3, e assim por diante...

Entendo isso, a magnitude aparente que o olho humano consegue enxergar é de no máximo 6,5, mas como o céu da maioria das cidades não é tão escuro e geralmente, há bastante poluição luminosa, nossa visão fica muito limitada. Na maioria das cidades do mundo, a magnitude aparente que se vê no céu é de no máximo 4, ou seja, das mais de 4 mil estrelas no céu, somente cerca de 900 conseguimos observar. Se você estiver em uma cidade muito grande, como São Paulo por exemplo, poderá enxergar apenas estrelas com magnitude 2 ou inferiores, o que limita sua visão a apenas 70 estrelas em todo o planeta, ou cerca de 35 estrelas visíveis no céu noturno!

Se você ficou desesperado(a) querendo ver mais estrelas, há uma saída: observe o céu em lugares longe das cidades grandes! Se você nunca fez isso antes, ficará impressionado(a) com a quantidade de estrelas que verá no céu noturno.



Quantas estrelas conseguimos enxergar através de binóculos ou telescópios?

Os números podem aumentar exponencialmente. Se formos na direção oposta e aumentarmos o valor da magnitude aparente, poderemos ver muitos mais estrelas! O limite padrão para um par de binóculos de 50mm de abertura é de magnitude 9, o que nos revela cerca de 217.000 estrelas em todo o céu (e claro, metade disso será visível para você). Um telescópio de 76mm de abertura nos dá o privilégio de observar cerca de 5,3 milhões de estrelas em todo céu. Quer ir mais longe? Com um telescópio de 380mm chegamos a magnitude 16, revelando cerca de 380 milhões de estrelas em todo o céu!

Imagens: STELLARIUM
07/10/14

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário: