Foguete da SpaceX explode logo após lançamento, e compromete ainda mais as ambições norte-americanas

foguete da SpaceX explode após lançamento
Uma maré de azar tem comprometido as missões de reabastecimento da Estação Espacial Internacional...



Uma missão de carga não tripulada da SpaceX explodiu no último dia 28 de junho, marcando o terceiro fracasso de um voo de reabastecimento para a Estação Espacial Internacional.

A cápsula robótica Dragon decolou no topo de um foguete de duas fases Falcon 9, no dia 28 de junho às 14:21 UTC, a partir da estação de lançamentos no Cabo Canaveral, na Flórida, EUA, porém algo deu (muito) errado cerca de 2 minutos após o lançamento do foguete, e uma grande explosão deu fim a missão, criando uma chuva de detritos no céu.

Segundo Elon Musk, CEO da empresa SpaceX, "houve uma subpressão no tanque superior de oxigênio líquido, e os dados sugerem que a causa não seja tão óbvia como parece". Análises mais profundas sobre as falhas ocorridas deverão em breve, se tudo der certo, dar uma luz sobre as causas desse grande acidente.


A empresa SpaceX tem um contrato de 1,6 bilhões de dólares com a NASA, para lançar pelo menos 12 missões não tripuladas com destino a Estação Espacial Internacional (ISS). Esse lançamento que deu errado foi o de número 7, sendo que os seis anteriores foram todos bem sucedidos.




Uma sucessão de erros e falhas inimagináveis veem atormentando os responsáveis de missões aeroespaciais. O foguete Antares da Orbital ATK explodiu logo após a decolagem em outubro de 2014; o cargueiro Progress 59 da Rússia caiu de volta na Terra em maio desse ano, gerando preocupações sobre a possível área de reentrada, uma vez que os controladores da missão perderam o controle do cargueiro; ainda no mês de maio de 2015, a Rússia de envolveu em outro acidente catastrófico com o lançamento do foguete Proton-M, que ocorreu no Cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, onde um satélite de comunicações mexicano foi destruído por conta da explosão.

Dessa vez, o grande desastre foi com a cápsula Dragon, que transportava quase 2 toneladas de alimentos, suprimentos e experimentos científicos, como instrumentos científicos e câmeras de alta resolução, projetadas para estudar os meteoros na atmosfera da Terra, e equipamentos que ajudariam os pesquisadores a entenderem melhor os micróbios presentes na ISS, e como estes organismos se adaptam ao longo do tempo.




Apesar da recente série de contratempos, a Estação Espacial Internacional permanece provisionada, disseram funcionários da NASA. "Nós temos suprimentos na ISS que durariam até outubro", disse o gerente de programa Mike Suffredini, durante uma conferência de imprensa. "E se a cápsula Dragon tivesse chegado na ISS, teríamos suprimentos para até o fim do ano", completou.

foguete da SpaceX explosão
Imagem da NASA TV mostra o lançamento do foguete Falcon 9, que levaria a cápsula Dragon para a Estação Espacial Internacional. O foguete explodiu cerca de 2 minutos após esse lançamento.
Créditos: NASA TV         Edição: Galeria do Meteorito
Clique na imagem para ampliar

A próxima missão de reabastecimento da ISS deverá acontecer no dia 3 de julho, quando o cargueiro Progress será lançado a partir do Cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão.




A SpaceX era uma "carta na manga" dos Estados Unidos, que ainda dependem da Rússia para enviar suprimentos e tripulações com destino a ISS. Esse assunto tem gerado atrito entre os dois países, e a Rússia já ameaçou sua saída do grupo responsável pela ISS, deixando clara sua intenção de criar sua própria Estação Espacial. Um oficial russo chegou a fazer "pouco caso" dos Estados Unidos, quando postou em sua rede social dizendo que "os americanos deveriam enviar seus astronautas para a ISS de trampolim", referindo-se a dependência deles com a tecnologia dos russos.

A sucessão de falhas que tem ocorrido, obviamente coloca ainda mais lenha nessa grande fogueira de especulações, atritos e volatilidade no controle de missões espaciais.



Fonte: Space / NASA
Imagens: (capa-NASA TV / Edição: Galeria do Meteorito) / NASA / NASA TV
30/06/15

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário:

  1. Bem: Será que não foram afoitos e apressados demais? Existem engenheiros de inspeção. Leram seus relatórios? Vamos abrir cursos de Engenharia de Inspeção nos EUA. O segredo-cerne? Paciência tibetana.... nhame nhame nhame nhame... Astronauta de barriga vazia fica, sim em pé! Não há gravidade e ele não cai. Ewww

    ResponderExcluir