Astrônomos encontram indícios de vida no cometa 67P / C-G

vida no cometa 67P ?
Seria a vida tão abundante no Universo?



O cometa que está sendo analisado de perto pela sonda Philae poderia muito bem ser o lar de diversos tipos de vida microbiana extraterrestre, de acordo com astrônomos.

As características do cometa 67P / Churyumov-Gerasimenko, tais como a sua rica crosta negra orgânico, tem uma provável explicação: "a presença de organismos vivos debaixo da superfície gelada", disseram os cientistas.

O orbitador Rosetta, a nave espacial européia, também teria observado grupos estranhos de material orgânico que se assemelham a partículas virais.




A Agência Espacial Europeia fez história quando conseguiu pousar a sonda Philae na superfície do cometa 67P / C-G no final de 2014. Desde então, a sonda passou por um período de hibernação não programada, mas depois de aproximadamente 6 meses acordou, e após conseguir carga utilizando seus painéis solares.

sonda Philae na superfície do cometa 67P / C-G
Ilustração artística do pouso da sonda Philae no cometa 67P / Churyumov-Gerasimenko.
Créditos: ESA         Clique na imagem para ampliar

A parte chata de toda essa história é que o orbitador Rosetta e o pousador Philae não estão equipados para procurar evidências diretas de vida, pois os cientistas que tentaram incluir tais equipamentos teriam sido ridicularizados pela proposta. O astrônomo e astrobiólogo Chandra Wickramasinghe, professor da Universidade de Cardiff, professor honorário da Universidade de Buckingham e diretor do Centro de Astrobiologia de Buckingham, esteve envolvido no planejamento da missão há 15 anos, e acredita que as pessoas deveriam ser mais abertas para a possibilidade de vida alienígena, mesmo em um cometa.




"Quinhentos anos atrás era uma luta para que as pessoas aceitassem que a Terra não era o centro do Universo. Agora o pensamento das pessoas é de que a Terra é o centro de toda a vida no Universo, e isso está enraizado em nossa cultura, e provavelmente levará algum tempo para que seja vencido", disse o Dr. Chandra.

O Dr. Chandra fez uma trabalho em conjunto com Sir Fred Hoyle, e seus resultados sobre o espectro infravermelho da poeira interestelar levou ao desenvolvimento da moderna teoria da panspermia, que propõe que a poeira cósmica é parcialmente orgânica, sobretudo os cometas, e que estes seriam responsáveis por semear a vida na Terra, por exemplo. O Dr. Chandra sugeriu recentemente que o vírus SARS teria origem extraterrestre, assim como micróbios extremófilos que existem aqui na Terra.




Ele e seu colega, o Dr Max Wallis, da Universidade de Cardiff, acreditam que os cometas podem ter ajudado a semear as sementes da vida na Terra e, possivelmente em outros planetas, como Marte.

Os cientistas realizaram simulações de computador que sugerem que os micróbios poderiam habitar regiões aquáticas do cometa. Organismos que contêm sais anti-congelamento poderiam estar ativos em temperaturas tão baixas quanto -40 ° C, segundo sua pesquisa.




O cometa tem uma crosta negra de hidrocarboneto que cobre o gelo, e crateras de gelo de água recobertas com detritos orgânicos. Os dados vindos do cometa parecem apontar para "micro-organismos envolvidos na formação das estruturas de gelo".

Os astrônomos apresentaram seus estudos sobre vida no cometa 67P / Churyumov-Gerasimenko na Assembléia Nacional de Astronomia da Royal Astronomical Society, no País de Gales.



Fonte: The Guardian / Galileu
Imagens: (capa - ESA / Rosetta) / ESA
07/07/15

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

5 comentários:

  1. Uau! Ainda se surpreendem com a descoberta de que os cometas são a semente da vida... Tal a similaridade espermatozóide-óvulo e cometa-planeta, isto ocorre. Infelizmente o Universo é responsável por nos dar apenas a VIDA. Pois a burrice, filha da burocracia, inimigas da inteligência, não é o Universo que nos dá, mas outrossim é por nossa conta. E morrer na casca por motivos políticos-desfraternos é tão desanimador, não acham?

    ResponderExcluir
  2. acho que eu vou analizar a POR FOTOS ESTE COMETA SE poderia existir algum tipo de vida neste cometa bem provavel que sim ou não não sei dizer vou analizar primeiro

    ResponderExcluir
  3. cometas e asteroide são restos de um outro planeta que existia entre Marte e Júpiter e provavelmente mantiveram vida microscopia

    ResponderExcluir
  4. Deve ter vida em muitos lugares do universo.

    ResponderExcluir
  5. Deve ter vida em muitos lugares do universo.

    ResponderExcluir