Lua Azul acontece no dia 31 de julho - o que isso significa? A Lua vai ficar mesmo azul?

O que é Lua Azul? A Lua fica azul?
Qual é a verdade por trás do evento Lua Azul? 



Existe um ditado em inglês que diz "Once in a Blue Moon", que traduzindo para o português ficaria "Uma vez a cada Lua Azul", e é usado para descrever algum evento raro. Esse ano, mais precisamente no dia 31 de julho, teremos a famosa Lua Azul. Mas você sabe o que isso significa? A Lua realmente vai ficar azul?




A definição da Lua Azul diz o seguinte: que ela acontece uma vez a cada 2 ou 3 anos, e não tem nada a ver com a sua cor. Normalmente temos 12 Luas Cheias em cada ano, uma em cada mês, mas quando acontecem 13 Luas Cheias em um único ano, então temos a famosa Lua Azul. Um artigo da revista Sky and Telescope, publicado em março de 1946, cometeu um erro, dizendo que a Lua Azul era a segunda Lua Cheia do mesmo mês. Não estava tecnicamente correto, mas foi uma forma eficaz de explicar esse fenômeno, e assim nasceu o termo Lua Azul que se utiliza atualmente.

Origem do nome Lua Azul
Edição de Março de 1946 da revista Sky and Telescope.
Créditos: NASA / Sky and Telescope         Edição: Galeria do Meteorito

Como tivemos uma Lua Cheia no dia 2 de julho, e teremos outra Lua Cheia no dia 31 de julho, então essa última é chamada de Lua Azul. Mas calma! Isso não significa que ela vai ficar azul.




O ciclo lunar dura 29.53 dias, e o ano tem 365.24 dias, portanto, a Lua Cheia acontece 12.37 vezes em cada ano. Existem 12 meses em cada ano, e uma pequena fração de 0.37 se acumular, resultando em 13 Luas Cheias a cada 2 ou 3 anos.


Mas a verdadeira Lua Azul existe

A Lua pode se tornar verdadeiramente azul, mas isso requer uma erupção vulcânica, ou um grande incêndio. Em 1883, por exemplo, as pessoas viam as Luas Azuis quase todas as noites, mesmo em outras fases (minguante e crescente), e isso aconteceu por conta do vulcão Krakatoa ter entrado em erupção na Indonésia, com a força semelhante a uma bomba nuclear de 100 megatons. Plumas de cinza subiram para o topo da atmosfera da Terra, e a Lua ganhou um disco azulado por muitos dias.

Algumas das plumas continham partículas de 1 mícron de espessura, aproximadamente o mesmo comprimento de onda da luz vermelha. As partículas desse tamanho dispersam a luz vermelha, permitindo a passagem da luz azul. As nuvens do vulcão Krakatoa agiram como um filtro azul.

Lua Azul ilustração
Lua Azul (ilustração). Imagem: divulgação
Clique na imagem para ampliar

A Lua também se tornou azul em 1983 após a erupção do vulcão El Chichon, no México. E existem relatos de Luas azuis causadas pelos montes St. Helen e Pinatubo, em 1980 e em 1991 respectivamente.




Os incêndios florestais podem fazer o mesmo truque. Um exemplo famoso é o grande incêndio de 1953, em Alberta, no Canadá. Nuvens de fumaça contendo gotículas de óleo das árvores do tamanho de 1 mícron criaram Luas azuis por vários dias, visível desde a América do Norte até a Inglaterra. Além disso, até mesmo o Sol ganhou uma tonalidade diferente.


Lua Azul x Lua Vermelha

Ao contrário das Luas Azuis, as Luas Vermelhas são muito mais comuns. Quando a Lua está próxima do horizonte, ela ganha uma tonalidade avermelhada, assim como o Sol quando está se pondo ou nascendo. Isso acontece porque a atmosfera contém aerosol (partículas em suspensão), e quando o Sol ou a Lua estão próximos do horizonte, a luz tem que atravessar uma camada mais espessa da atmosfera. Essas partículas em suspensão são menores do que aquelas criadas em queimadas ou em erupções vulcânicas, dispersando a luz azul, e criando a Lua vermelha ou o pôr do Sol vermelho.

Lua Azul e Lua Vermelha
Lua azul e Lua Vermelha, diferenças de tonalidade.
Créditos: NASA

Portanto, Luas Vermelhas são mais comuns do que as Luas Azuis, em todos os sentidos. Mas nos dias que temos as famosas Luas Azuis, cheque você mesmo, e olhe para o leste logo ao anoitecer. Se ela realmente estiver azul quando não há nenhum vulcão por perto, é melhor ligar para o corpo de bombeiros...



Fonte: NASA
Imagens: (capa-ilustração/divulgação) / NASA / Sky and Telescope
29/07/15


Gostou dessa matéria?
Então curta nossa página no Facebook
e junte-se a mais de 100 mil
apaixonados pela Astronomia!



Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

10 comentários:

  1. De grande valor essas informações e este canal Parabéns !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Akimoto! Obrigado também pela participação. Um grande abraço e bons céus!

      Excluir
  2. Parabéns ficou bem explicado a matéria. Tirou minhas dúvidas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficamos muito felizes com isso LarGames PC. Obrigado pela participação!

      Excluir
  3. É uma pena que a população ta tão ocupada que não consegue gastar um tempinho curtindo a lua e os mistérios de um céu estrelado, mesmo assim a gente põe no face para incentivar rsrsrs Compartilhei blz !!!

    ResponderExcluir
  4. eu vi hoje ;) fiquei olhando horas <3

    ResponderExcluir