Está acontecendo a maior explosão do Universo desde o Big Bang

a maior explosão do Universo desde o big bang
Apesar de ser assustadoramente poderosa, a explosão é hipnótica!



Encoberto por rosa e azul fluorescente, o aglomerado de galáxias mostrado na imagem principal é o epicentro da explosão mais poderosa do Universo desde o Big Bang.

Essa grande explosão já está ativa por pelo menos 100 milhões de anos, e ainda está acontecendo, liberando mais energia do que centenas de milhões de explosões de raios gama. É algo realmente assustador, e difícil de mensurar.




A explosão é criada pelo maior buraco negro conhecido no Universo: um monstro com poder gravitacional extremo, com mais de 10 bilhões de vezes a massa do nosso Sol. Para criar uma explosão tão poderosa, os astrônomos calculam que esse gigante consumiu uma massa de aproximadamente 600 milhões de sóis.

a maior explosão do Universo desde o big bang
Imagem combinada do aglomerado de galáxias MS 0735.6+7421 com dados em raio-X, rádio e luz visível.
Podemos ver a erupção contínua da maior explosão do Universo após o Big Bang.
Créditos: Chandra / VLA / ESO / NASA / University of Waterloo

Para criar a imagem, os astrônomos combinaram dados em raio-X, ondas de rádio e imagens feitas na luz visível. Os dados em raio-X (em azul) foram detectados pelo Observatório Chandra, da NASA, e indicam o gás quente que compõe a maior parte da massa desse enorme aglomerado de galáxias.




Já as regiões em rosa, detectadas pelo Observatório Very Large Array, no Chile, são grandes cavidades com mais de 600.000 anos-luz de diâmetro, arrancadas por poderosos jatos supersônicos da galáxia gigantesca. Já os dados registrados através da luz visível foram feitos pelo Telescópio Espacial Hubble.

Estas cavidades foram criadas após o deslocamento de uma quantidade enorme de massa, de aproximadamente 1 trilhão de sóis, e foram preenchidas por eletrons magnetizados de alta energia, que emitem ondas de rádio.




A maior parte das galáxias nessa imagem, se não todas, abrigam buracos negros supermassivos em seus centros. Os astrônomos ainda estão tentando determinar o que se forma primeiro, se são as galáxias ou seus buracos negros centrais.

O aglomerado de galáxias MS 0.735,6+7421 está localizado a 2,6 bilhões de anos-luz de distância, na constelação Camelopardalis, mais conhecida como constelação da Girafa.



Fonte: ABC / DSpace
Imagens: (capa-imagem composta) / Chandra / VLA / ESO / NASA / University of Waterloo
10/11/15

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

18 comentários:

  1. Só para lembrar... o "big bang" (se é que ele existiu!) não foi uma explosão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vc tem toda razão Gilberto explosão é reação que libera energia que exige matéria para existir e antes do Big Bang não existia matéria portanto não pode explodir. Excelente observação a sua parabéns,

      Excluir
    2. vc tem toda razão Gilberto explosão é reação que libera energia que exige matéria para existir e antes do Big Bang não existia matéria portanto não pode explodir. Excelente observação a sua parabéns,

      Excluir
    3. O Big Bang também é conhecido como "explosão térmica", veja o que fala na Wikipedia:

      "O Big Bang, ou grande explosão, também conhecido como modelo da grande explosão térmica, parte do princípio de Friedmann, onde, enquanto o Universo se expande, a radiação contida e a matéria se esfriam. "

      Apesar disso, a observação é válida sim! Abraços pessoal! Obrigado pela participação!

      Excluir
  2. Só o poderoso Jeová pra criar essas coisas!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcelo, esse tipo de reportagem se trata de ciência e não de crença, claro que pode estar interligados mas no momento não, não vou rir disso porque não sou arrogante e entendo que as pessoas preferem acreditar no que não dá pra ver, mas isso que você disse é irrelevante se você for pensar que isso vai muito mas além de crença e talvez até mesmo que ciência, desculpe se soou rude só estou tentando considerar outra possibilidade do que um suposto Deus possa ter criado tudo isso.

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. "...com mais de 10 bilhões de vezes a massa do nosso Sol". O que vou falar foge um pouco da temática, mas lendo matérias como essa, chega a ser engraçado ver como o ser humano é arrogante. Não somos nada no Universo, mas mesmo assim a arrogância e a vontade de se achar superior ao próximo ainda dominam o homem por completo... Enfim... espero que seja apenas questão de evolução... Ah! Aproveito para parabenizar o site, as matérias são ótimas! Parabéns! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Renato pelo seu elogio! Um grande abraço!

      Excluir
  5. Excelente matéria! Esses números são muito de dificil de se imaginar! O universo se mostra cada vez mais vasto!

    ResponderExcluir
  6. Olá pessoal do Galeria do Meteorito. Parabéns pelas ótimas matérias sobre este tema tão fascinante e ainda tão misterioso que é o Universo. Obrigado. A propósito, a que horas mesmo vai começar a transmissão ao vivo da queda/entrada na nossa atmosfera do WT1190F? Um forte abraço a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Reges! A transmissão ao vivo será às 11h00 pelo horário de verão brasileiro. Veja o link:

      http://www.galeriadometeorito.com/2015/11/ao-vivo-queda-do-objeto-wt1190f-dia-13-de-novembro.html

      Abraços e obrigado pela participação!

      Excluir
  7. mano nao consigo tirar essas propagandas do meio do conteudo...assim fica dificil de ler

    ResponderExcluir