Lua Cheia deve iluminar a noite de Natal pela primeira vez após mais de 30 anos

lua cheia no natal após 30 anos
Na noite de 25 de dezembro de 2015, o céu estará completamente iluminado após quase quatro décadas!



Nos filmes, a noite de Natal está sempre iluminada por uma bela (e muitas vezes exagerada) Lua Cheia, mas na vida real as coisas não são tão simples assim... Segundo o 'The Weather Channel', não houve uma Lua Cheia nas noites do dia 25 de dezembro desde 1977!

Outro fato marcante sobre o dia 25 de dezembro de 2015 é que outra Lua Cheia como essa só deve ocorrer novamente no ano de 2034. Então você já tem pelo menos uma boa razão para prestigiar esse belo evento.




Algumas pessoas poderão alegar que houve sim uma Lua Cheia durante o Natal de 2004, mas isso não está tecnicamente correto, já que a Lua só esteve 100% cheia no dia 26 de dezembro de 2004.

Lua Cheia na praia - lua cheia no natal
Créditos: divulgação

A lua cheia em dezembro, também é conhecida em alguns países do Hemisfério Norte como “Full Cold Moon” (Lua Cheia Fria) ou “Long Night's Moon” (Lua da Noite Longa), devido a coincidir com a chegada do inverno por lá.




Já para os povos do Hemisfério Sul, essa Lua poderia ser apelidada, por exemplo, de "Lua Quente" ou talvez " Lua do Calor", mas não encontramos nenhuma menção sobre classificações desse tipo em culturas do Hemisfério Sul... (caso você descubra algo sobre a Lua de Verão, não deixe de registrar nos comentários!)

É importante lembrar que algumas fases da Lua, especialmente a da Lua Cheia, podem ter diversos nomes durante o ano (Lua Azul, Lua Sangrenta, etc...), que funcionam basicamente como marcos de eventos lunares.




A Lua Cheia de 25 de dezembro de 2015 deve ter seu ápice logo pela manhã, às 06h12 pelo horário internacional (09h12 pelo horário brasileiro). E se você é um apreciador do céu, vale a pena presenciar esse belíssimo evento astronômico em uma das noites mais especiais para uma grande parte da população do planeta.



Fonte: The Weather Channel
Imagens:(capa/divulgação) / divulgação
18/12/15

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

6 comentários:

  1. Não conhecia esse termo dado a Lua Cheia. Fui pesquisar, e pelo que entendi A Lua Cheia Fria tem relação, não apenas com o inicio do solstício de inverno, mas também com o fato de que é durante essa época do ano que as noites tem a sua maior duração. Então a relação seria: "uma lua cheia em uma longa noite fria", por isso Lua Cheia Fria.
    No hemisfério sul não achei nenhuma referência, para a Lua cheia do solstício de verão.

    ResponderExcluir
  2. Qual é a vantagem de lua cheia no natal? Economia nas luzinhas sem-noção?

    ResponderExcluir
  3. Cara em falar em lua é possível ter uma lua orbitando outra lua?Foge um pouco do assunto mais pesquisei na internet e não achei nada relacionado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No sistema solar, nenhuma das grandes luas são capazes de manter outras luas orbitando a sua volta por muito tempo. Isso se deve ao fato de que todas essas luas giram em torno de seus respectivos planetas de maneira sincronizada, mostrando sempre a mesma face para eles. Essa sincronia gera o efeito maré, uma perturbação gravitacional na direção entre o satélite e seu planeta. Devido a essa falta de "homogeneidade gravitacional", nenhum corpo colocado ao redor dessas luas são capazes de permanecer lá por muito tempo. Todas elas acabam decaindo em órbita até despencar na superficie.

      O mesmo efeito maré não tem a mesma intensidade entre os planetas e o Sol, pois os planetas não estão girando de forma sincronizada com a nossa estrela, fazendo com que tenham um campo gravitacional mais estável a seu redor, e consequentemente permitindo que as luas girem ao seu redor de maneira muito mais estável.

      Vale lembrar que mesmo a nossa lua, sofre com o efeito maré da Terra, e está se afastando de nós a uma taxa de 2 cm/ano, porém em termos astronômicos é um afastamento bem pequeno.

      Excluir
  4. Milton muito obrigado por responder minha pergunta.

    ResponderExcluir