A luz de uma Supernova pode ser perigosa para a Terra?

luz de supernova pode ser perigosa?
A Terra pode ser aniquilada se uma estrela supermassiva entrar em colapso? 



Todos nós conhecemos as supernovas: a fase final e catastrófica de uma estrela supermassiva. Mas será que essa explosão gigantesca poderia ser um risco para a vida na Terra? [entenda como funciona a vida de uma estrela]

Que a explosão é destrutiva, sim, temos que concordar. Uma única explosão de supernova pode ofuscar uma galáxia inteira, e não por segundos, mas sim por dias! Isso mesmo: uma única estrela em colapso se torna mais brilhante do que centenas de bilhões de estrelas. E se a exposição solar já pode causar queimaduras e deixar sua pele toda vermelha, nem queira imaginar o que poderia acontecer se o seu corpinho estivesse exposto não ao Sol, mas sim a uma explosão de supernova. Uma coisa já podemos adiantar: ainda não foi inventado um protetor solar à prova de supernovas...

De acordo com o Dr. Paul M. Sutter, físico da Universidade de Ohio, não se trata apenas da radiação ultravioleta. Há uma dose nada saudável de raios-X e raios gama. E não podemos esquecer da enorme massa de material que é ejetada para o espaço profundo quase na velocidade da luz, afinal, trata-se da explosão de uma estrela, e nada será pequeno...

Depois de algum tempo, o remanescente da supernova irá se acalmar, e teremos uma mudança de alerta, de "insanamente perigoso" para "muito perigoso". A região do espaço ao redor da explosão se torna uma "Zona de Exclusão De Chernobil Galática", e permanecerá inundada de radiação e elementos radioativos por muito, muito tempo.


Uma explosão de Supernova está a caminho!

A estrela Eta Carinae está localizada a 7.500 anos-luz da Terra, na constelação da Quilha. Trata-se de um sistema binário, onde a estrela primária possui cerca de 125 vezes a massa do Sol. Seu brilho já está variando há algum tempo, e os cientistas preveem que seu fim está próximo!

Eta Carinae-  Hubble Space Telescope
Imagem original de Eta Carinae feita pelo Telescópio Espacial Hubble. Créditos: NASA

Como podemos ver na imagem acima, a estrela principal do sistema Eta Carinae já sofreu um outburst a cerca de 160 anos atrás, quando ela brilhou extremamente forte, tornando-se uma das estrelas mais brilhantes do céu noturno. Apesar disso, ela sobreviveu à explosão, mas ficaram sequelas: dois grandes lóbulos e um grande disco equatorial, que se espalha para o espaço a uma velocidade de 1 milhão de quilômetros por hora.




Segundo especialistas, quando Eta Carinae explodir em uma supernova, será algo tão intenso que causará sombra durante a noite, e talvez se torne visível até mesmo durante o dia. Um fato interessante é que sua explosão é iminente, em escala astronômica, ou seja, pode ocorrer a qualquer momento dentro dos próximos milhares de anos. Talvez ela até já tenha explodido, a 1.000 anos atrás, por exemplo, mas neste caso, como ela está a 7.500 anos-luz da Terra, levariam outros 6.500 anos para seu brilho intenso chegar até a Terra. A nossa sorte é que, por conta de sua distância, é provável que nada aconteça em nossas redondezas.

Portanto, não se esqueça: nunca se aproxime de uma estrela, especialmente se ela estiver próxima do fim.



Imagens: (capa-ilustração/pics-about-space/Adam Bun) / NASA
12/01/16

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

16 comentários:

  1. Vocês poderiam ter abordado sobre o que aconteceria se uma estrela mais perto entrasse em colapso gerando uma supernova vizinha.
    Grato,
    Acompanho diariamente o site de vocês.

    ResponderExcluir
  2. mais proximo temos Betelgeuse 642,5 anos-luz

    ResponderExcluir
  3. Olha, seguir o conselho de não me aproximar de uma supernova eu até concordo... Agora, não me aproximar de uma estrela, ah, isso não dá... Tem uma, amarelinha, que exercer grande atração em mim, aqui pertinho, só 7 minutinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nosso maior problema é a estrela vermelha acompanhada do número 13.

      Excluir
    2. São oito colega; em termos de luz um minuto também é muita coisa, sai 60×300.000=1.800.000km

      Excluir
    3. São oito colega; em termos de luz um minuto também é muita coisa, sai 60×300.000=1.800.000km

      Excluir
    4. São oito colega; em termos de luz um minuto também é muita coisa, sai 60×300.000=1.800.000km por segundo

      Excluir
  4. É incrível como uma Supernova pode ser tão bonita e assustadora ao mesmo tempo. Vendo esta informação dá até uma vontade que a Eta Carinae vire uma Supernova, apenas para ver que espetáculo nós veríamos no nosso céu noturno.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se Eta Carinae virasse uma supernova hoje, só daqui 7500 anos o brilho dessa explosão seria visível para nós. Melhor deixar ela quieta lá e quem sabe arrumamos uma tecnologia que possibilite viagens para outras estrelas num futuro mais próximo que 7 milênios...

      Excluir
  5. kkkkk , sim nunca chegue perto de uma estrela

    ResponderExcluir
  6. Sim por que não, no futuro poderemos viazar para outros planetas , Criar Megas Estruturas e Tals

    ResponderExcluir
  7. GOSTARIA DE TIRAR UMA DÚVIDA NO MOMENTO DA EXPLOSÃO UMA SUPERNOVA SE CONTRÁI DEIXANDO SEU TAMANHO VÁRIAS VEZES MENOR QUE O ORIGINAL MAIS PORÉM COM A MESMA MASSA. ENTÃO UM PEQUENO FRAGMENTO DE CENTIMETROS PODE PESAR CENTENAS DE QUILO. É ISSO MESMO???

    ResponderExcluir
  8. GOSTARIA DE TIRAR UMA DÚVIDA NO MOMENTO DA EXPLOSÃO UMA SUPERNOVA SE CONTRÁI DEIXANDO SEU TAMANHO VÁRIAS VEZES MENOR QUE O ORIGINAL MAIS PORÉM COM A MESMA MASSA. ENTÃO UM PEQUENO FRAGMENTO DE CENTIMETROS PODE PESAR CENTENAS DE QUILO. É ISSO MESMO???

    ResponderExcluir
  9. GOSTARIA DE TIRAR UMA DÚVIDA NO MOMENTO DA EXPLOSÃO UMA SUPERNOVA SE CONTRÁI DEIXANDO SEU TAMANHO VÁRIAS VEZES MENOR QUE O ORIGINAL MAIS PORÉM COM A MESMA MASSA. ENTÃO UM PEQUENO FRAGMENTO DE CENTIMETROS PODE PESAR CENTENAS DE QUILO. É ISSO MESMO???

    ResponderExcluir