Japão enviou 24 peixes para o espaço, e isso é o que aconteceu com eles!

peixes na estação espacial internacional
O que aconteceu com os peixes é surpreendente, e os resultados podem ajudar pessoas com osteoporose, e astronautas no espaço



Quando os astronautas estão em voo espacial, eles perdem a densidade mineral óssea. Apesar disso já ser conhecido há muito tempo, ainda não se compreende perfeitamente a razão para o fenômeno. Para encontrar as respostas, os cientistas da Escola de Biociências e Biotecnologia no Instituto de Tecnologia de Tóquio enviaram 24 peixes medaka (nome científico Oryzias latipes) para a Estação Espacial Internacional. Os peixes foram examinados por mais de 56 dias.

Os cientistas já sabiam previamente que o tempo gasto em microgravidade estimula as células que absorvem o tecido ósseo, chamadas osteoclastos. Portanto, esta experiência com os peixes examinou como o aumento dessas células está relacionado com a redução da densidade óssea. O resultado foi exatamente o esperado: quanto maior é o aumento de atividade dos osteoclastos, maior é a perda na densidade óssea.




Os pesquisadores também observaram algumas anomalias na mitocôndria dos osteoclastos (as organelas que geram sua energia), e um aumento na atividade genética entre os dois genes associados à função mitocondrial, ou seja, uma reação das mitocôndrias à microgravidade.

peixes na Estação espacial Internacional
A estrutura de grelha acima de cada habitat aquático (AQH) capta o ar, e evita que a água escape.
O ar era injetado pela tripulação, com seringas especiais.
Créditos: JAXA

De acordo com Akira Kudo, investigador principal do estudo e professor do Instituto de Tecnologia de Tóquio, é possível usar a medicina para corrigir a disfunção mitocondrial, de modo que os astronautas consigam recuperar a densidade óssea perdida, enquanto no espaço.




Os cientistas deixaram os osteoclastos fluorescentes nos peixes medaka, permitindo uma melhor observação durante sua atividade elevada. Os peixes medaka, ou killifish japonês, são peixes-arroz muito comuns em aquários ornamentais. Por ser uma espécie que sobrevive em diferentes temperaturas, mudanças de água, etc.. esses lindos peixinhos são muito utilizados em pesquisas de laboratório.


O que aconteceu com os peixes no espaço?

Apesar do crescimento normal do corpo, os peixes perderam densidade mineral em seus dentes e ossos. No final do estudo, os peixes começaram a nadar menos, ficando com movimentos lentos, até que finalmente ficaram imóveis, como se estivessem congelados, de acordo com o estudo publicado na Scientific Reports. Com os peixes imóveis, os pesquisadores concluíram que os efeitos da microgravidade sobre a densidade óssea estão relacionados com ajustes na força mecânica que diminuem a atividade física.




 "Tem sido difícil compreender o que leva a perda óssea aqui na Terra", disse Akira em um comunicado de imprensa. "Mas o experimento com os peixes medaka podem ajudar a esclarecer esse mecanismo."

De acordo com os pesquisadores, estes resultados ajudariam no combate a osteoporose, e melhorariam os medicamentos contra a doença, além de ajudar os astronautas na perda de massa óssea quanto estão no espaço por longos períodos de tempo.


Os peixes medaka foram ao espaço a bordo de um ônibus espacial, tornando-se os primeiros vertebrados a acasalar em órbita. O resultado do acasalamento foi uma descendência de peixinhos saudáveis, nascidos no ônibus espacial Columbia em 1994.







Fonte: NWNews / NASA
Imagens: (capa-JAXA/divulgação) / JAXA
11/02/16

Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

9 comentários:

  1. porrra serio q as cameras utilizadas no espaço só gravam em 240p?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. A impressão é que eles parecem desorientados, sem noção alguma.

      Excluir
    3. No espaço não existe referência como na terra, seu corpo simplesmente não sabe se você está de pé ou deitado. Temos essa orientação aqui na terra por conta da gravidade que nos puxa para o centro do planeta, coisa que não acontece com a mesma intensidade na estação espacial.

      Excluir
  2. Não entendi,a matéria diz que foram levados peixes para a estação espacial e depois afirma que os peixes estavam a bordo do ônibus espacial Columbia. Em 1994 não tinham nem começado a construção da ISS e o Columbia explodiu antes da ISS estar pronta.

    ResponderExcluir
  3. eu queria saber qual é o cantor da musica do vídeo? seria possível
    me falar?

    ResponderExcluir