Em 19 de abril asteroide gigantesco fará máxima aproximação com a Terra

trajetória do asteroide 2014 JO25 que passará próximo da Terra em 19 de abril de 2017
Com quase 1 km, o asteroide 2014 JO25 fará sua maior aproximação com a Terra dos últimos 400 anos!

Um asteroide gigantesco fará sua máxima aproximação com a Terra no dia 19 de abril de 2017. Segundo a NASA, não há necessidade de pânico, pois ele não irá colidir com o nosso planeta, apesar da grande proximidade.

A grande rocha espacial, nomeada 2014 JO25, é realmente grande, medindo cerca de 650 metros, que é igual a altura da Torre de Xangai, o edifício mais alto da China e o segundo edifício mais alto do mundo. O asteroide passará a uma distância segura de 1,8 milhão de quilômetros, ou cerca de 4,6 vezes a distância da Lua. Por conta de seu tamanho, o asteroide ganhou o apelido de "The Rock", em referência ao ator norte-americano Dwayne Johnson.

animação da trajetória do asteroide 2014 JO25 com relação a órbita da Terra
Animação da trajetória do asteroide 2014 JO25 com relação a órbita da Terra.
Créditos: JPL / SBDB         /         Edição: Galeria do Meteorito

"Pequenos asteroides passam nessa mesma distância várias vezes a cada semana, mas essa grande aproximação é a maior de qualquer asteroide conhecido com este tamanho. A última vez que um asteroide igual ou maior do que 2014 JO25 passou mais próximo foi em setembro de 2004, quando o asteroide Toutatis, medindo 5,1 quilômetros, passou a quatro distâncias lunares", disseram funcionários da NASA em um comunicado.


O asteroide 2014 JO25 foi descoberto há três anos, quando astrônomos o avistaram com seus telescópios na Universidade do Arizona, através do programa Catalina Sky Survey, que é patrocinado pelo programa da NASA de NEOs (Objetos Próximos da Terra), que por sua vez, visa identificar e rastrear asteroides potencialmente perigosos no Sistema Solar.




Apesar da NASA não conhecer muito sobre suas propriedades físicas, a missão NEOWISE indica que o asteroide seja cerca de duas vezes mais reflexivo do que a Lua, o que possibilitará sua observação através de pequenos telescópios - uma ótima notícia para os apaixonados pelo céu noturno! Após se tornar visível, ele deverá desaparecer lentamente após uma ou duas noites.


Durante sua máxima aproximação com a Terra, o asteroide 2014 JO25 estará viajando a uma velocidade de 33 metros por segundo. Essa será sua maior aproximação com o nosso planeta dos últimos 400 anos. Se o tempo permitir, teremos aqui em nosso site uma transmissão ao vivo com imagens em tempo real do asteroide 2014 JO25 durante sua máxima aproximação com a Terra, feitas a partir de telescópios.




"O encontro de 19 de abril fornecerá uma excelente oportunidade para estudar este asteroide, e astrônomos ao redor do mundo planejam observá-lo com telescópios, para aprender o máximo possível", disse um comunicado da NASA. "Observações de radar deverão ser feitas pelo Goldstone Solar System Radar, na Califórnia, e no Observatório do Arecibo, em Porto Rico. As imagens resultantes poderão revelar detalhes e características de alguns metros em sua superfície."

Vale ressaltar mais uma vez que o asteroide 2014 JO25 não irá colidir com a Terra no dia 19 de abril. Se colidisse, seu tamanho não seria suficiente para causar um evento de extinção global, porém, poderia destruir grande parte de uma cidade, e até causar efeitos em toda uma região.




Apesar de não ser uma ameaça para o nosso planeta, seu tamanho, velocidade e proximidade são um lembrete alarmante de como as rochas espaciais gigantescas e potencialmente destrutíveis podem chegar próximas do nosso planeta.


Imagens: (capa-JPL) / JPL / SBDB / Galeria do Meteorito
14/04/17


Gostou da nossa matéria?
Curta nossa página no Facebook
para ver muito mais!


Encontre o site Galeria do Meteorito no Facebook, YouTubeTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

8 comentários:

  1. a velocidade será de 33 metros por segundo??? isso é muito lento, deve estar errado. Qualquer moto ou carro anda em velocidade maior.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho que é 33km por segundo o que é um pouco mais rápido do que a velocidade da terra ao redor do sol

      Excluir
    2. Que isso amigos, basta fazer a conta: 33 metros por segundo, 1 hora tem 3600 segundos, logo 33 x 3600 dá 118.000 K/h, ou seja, é muito rápido e uma pancada dele faria um belo estrago!

      Excluir
    3. 118,8Km/h, (divide o valor em metros por 1000)ok. Ele é bem lento comparado a maioria dos corpos celestes. A velocidade é essa mesma GDM? Abraço!

      Excluir
    4. Pessoal, a velocidade é essa mesmo, e de fato, são 33 metros por segundo. Sua velocidade real provavelmente é bem maior do que essa, pois 33 metros por segundo se refere a velocidade do asteroide em relação a Terra. Como ele orbita o Sol na mesma direção que a Terra, grande parte de sua velocidade é mascarada. Para exemplificar melhor, são como dois carros em alta velocidade: Se um está a 180 km/h e o outro está a 140 km/h, porém, viajam basicamente na mesma direção, a velocidade de um deles em relação ao outro será de apenas 40 km/h. Isso é apenas um exemplo para termos uma ideia de como funciona...

      Um grande abraço a todos!

      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    6. Muito bom, faltou-nos todos, analisar o exemplo da trajetória contido na matéria (em animação ainda). Obrigado GDM.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir