Qual a diferença entre meteoro, meteorito, asteroide, cometa....?

qual é a diferença entre meteoro, meteorito, asteroide, cometa...
Que o Sistema Solar é repleto de rochas espaciais, isso todos nós sabemos. Mas qual é o nome correto de cada um desses objetos?

A classificação de objetos celestes pode mesmo ser complicada e cheia de detalhes, confundindo muita gente. E foi justamente pensando nisso que decidimos criar essa matéria, com a intenção de explicar de maneira fácil e rápida quais são os objetos que estão no espaço, e quais são seus nomes corretos. Depois de ler isso, você nunca mais irá dizer que "um meteoro está vindo em direção à Terra"... Confira!

Cometas: são rochas espaciais com órbitas alongadas, por isso, se aproximam e se distanciam do Sol de uma forma muito exagerada. Os cometas possuem gelo de água, metano e amônia em sua composição, o que cria sua coma (pequena atmosfera) e cauda quando se aproximam da nossa estrela. Cometas de longo período (que levam mais de 200 anos para completar uma volta ao redor do Sol) se originam da Nuvem de Oort; já os cometas de curto período (que completam uma volta ao redor do Sol em menos de 200 anos) têm origem no Cinturão de Kuiper.

Asteroides: são rochas espaciais parecidas com os cometas, mas que não possuem órbitas tão excêntricas e nem quantidades consideráveis de gelo de água, metano e amônia que possam sublimar. Mesmo quando são perturbados por alguma interação gravitacional que os lançam para bem próximo do Sol, eles não desenvolvem coma e cauda como os cometas fazem. A grande maioria dos asteroides situa-se no Cinturão Principal, que fica entre as órbitas de Marte e Júpiter.

Meteoroides: são pequenos fragmentos de grandes rochas espaciais (cometas ou asteroides) que se desprendem do objeto principal. Os meteoroides possuem dimensões bem menores do que os asteroides, e maiores do que a poeira cósmica, ou poeira interestelar. Resumindo, os meteoroides são como pedregulhos que se desprendem de grandes rochas e ficam à deriva no espaço.

Meteoros: são efeitos luminosos criados por qualquer objeto que entre na atmosfera da Terra. Grandes rochas, meteoroides, poeira espacial e até mesmo o cocô dos astronautas pode criar esse efeito luminoso chamado de meteoro, porém, a grande maioria é gerado por pequenos grãos de poeira espacial. Os meteoros são popularmente conhecidos como "estrelas cadentes", e o nome meteoro se refere APENAS ao efeito luminoso, ou seja, ao brilho que risca o céu.

Meteoritos: são os fragmentos especiais que chegam até a super´ficie da Terra. Qualquer rocha espacial que atravessa a atmosfera da Terra e toca o solo, seja um asteroide ou um meteoroide, esse objeto passa a ser chamado de meteorito.

Infográfico - diferença de meteoro, meteorito, asteroide, cometa
Infográfico ilustra a diferença entre cometa, asteroide, meteoroide, meteoro e meteorito.
Créditos: Galeria do Meteorito

Ou seja: um asteroide ou um cometa pode perder algum fragmento (meteoroide) que fica à deriva no espaço. Esse meteoroide, quando chega na atmosfera da Terra (ou de outro planeta) dá origem ao efeito luminoso chamado meteoro. Se alguma parte desse fragmento sobreviver, e tocar o solo, então teremos um meteorito.

meteorito originário de Marte
Meteorito NWA 6963. Trata-se de uma rocha marciana que veio parar aqui na Terra.
Créditos: Galeria do Meteorito / Richard Cardial

Um meteorito, por sua vez, pode ser menor do que um grão de arroz, ou maior do que uma casa. O que vai determinar o tamanho de um meteorito é o objeto de origem, ou seja, se era um meteoroide ou um asteroide propriamente.





BÔNUS - O que é um aerolito?

Aerolitos são os meteoritos rochosos, mas diferente de um meteorito (que só ganha esse nome quando atinge a superfície de um planeta), os aerolitos englobam também os meteoroides rochosos. Ou seja, aerolito é um fragmento que pode assim ser chamado estando no espaço ou na Terra. Essa definição é pouco usada no meio científico, justamente por não ser precisa, afinal, pode ser um objeto encontrado na Terra ou no espaço.






Imagens: (capa-ilustração/Galeria do Meteorito) / Galeria do Meteorito / Richard cardial
25/04/17

Gostou da nossa matéria?
Curta nossa página no Facebook
para ver muito mais!


Encontre o site Galeria do Meteorito no Facebook, YouTubeTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

3 comentários:

  1. Amei! Ainda mais eu que andava com duvidas na materia!

    ResponderExcluir
  2. Todos riam do Chapolin quando dizia que não era um meteorito, mas sim um aerolito. Não estava totalmente errado.

    ResponderExcluir