Tempestade de areia em Marte se torna global, e atinge também a sonda Curiosity

tempestade de poeira global em Marte
O Planeta Vermelho está completamente envolto por uma tempestade de poeira - sobrou até pro rover Curiosity


Agora é oficial: a tempestade de areia em Marte se tornou um evento global, e até mesmo a sonda Curiosity está enfrentando os efeitos da gigantesca nuvem de poeira.



No início desse mês, uma tempestade de areia começou a ganhar dimensões continentais no Planeta Vermelho, e após alguns dias, a sonda Opportunity já estava mergulhada em meio a nuvem de poeira. Por depender da energia solar para recarregar suas baterias, ela foi desligada automaticamente em modo de segurança. Até aí, o rover Curiosity estava são e salvo.




Agora, até mesmo a sonda Curiosity, que é operada através de energia nuclear, está em meio a tempestade de areia. De acordo com a NASA, a sonda reportou um aumento drástico na opacidade do ar, definindo um novo recorde para a atual tempestade de areia.

Rover Curiosity tira selfie durante tempestade de poeira em Marte - NASA
Rover Curiosity tira selfie durante tempestade de poeira em Marte.
Créditos: NASA / JPL-Caltech / MSSS / Sean Doran

O rover Opportunity ainda não emitiu sinais, ou seja, permanece desligado em modo de segurança, a fim de poupar bateria. A boa notícia é que uma análise recente mostrou que os componentes eletrônicos estão suficientemente aquecidos para se mantê-lo "vivo".

Essa tempestade de poeira é comparável em escala a uma tempestade similar observada pelo Viking I em 1977, mas não tão grande quanto a tempestade de 2007 que inclusive, o rover Opportunity resistiu. Ela também é diferente das tempestades massivas observadas por Mariner 9 (1971-1972) e Mars Global Surveyor (2001).




Essas tempestades globais em Marte obscureceram totalmente a superfície do planeta, exceto os picos dos vulcões mais altos. A atual tempestade de areia é mais difusa e irregular, e ninguém sabe como ela se desenvolverá. Até agora, os pesquisadores não notaram nenhum sinal de melhora...


Imagens: (capa-NASA) / NASA / JPL-Caltech / MSSS / Sean Doran
21/06/18


Gostou da nossa matéria?
Curta nossa página no Facebook
para ver muito mais!


Encontre o site Galeria do Meteorito no Facebook, YouTube, InstagramTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

8 comentários:

  1. Putz! Tomara que esta tempestade não detone o Curiosity, como eu já disse aqui, sou muuito curiosa. Queria saber tudo sobre Marte. Por que ocorrem estas tempestades? Quer dizer que venta em Marte? De onde se origina estes ventes se lá não há oceanos? Se descobriram que nos subterrâneos existe água, será que um dia Marte foi habitado, e a sua civilização extinta? Será que do outro lado do planeta, onde o Curiosity não esteve ainda, não existem achados arqueológicos? Nossa, quanta coisa escondida ainda em Marte p o Curiosity descobrir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que esses ventos são originados a partir das mudanças de pressão entre as partes mais quentes e as mais frias, mesmo marte tendo uma atmosfera tão fininha... Mas é só um palpite...

      Excluir
    2. Habitado? Talvez um dia tenha sido, por bactérias e formas de vida mais simples.
      Civilizações? Apenas em contos de ficção científica.

      Excluir
  2. A coisa está séria: no ELEMENTO DA 4° ÓRBITA.

    Quando a TERCEIRA, chegar
    Para realinhar as órbitas dos PLANETAS
    Virá como VENTO a soprar
    O terceiro ELEMENTO, H.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  3. Pessoal estou observando Marte neste momento está espetacular isso porque eu estou em São Paulo com toda a interferência das luzes artificiais,imagine observar Marte de algum lugar com menos luminosidade.

    ResponderExcluir
  4. Qual o seu setup? Ultimamente estou com um setentinha, por falta de espaço e grana... Mas já dá para passar umas horas...

    ResponderExcluir