Misteriosa Galáxia 'Fantasma' é encontrada perto da Via Láctea

misteriosa galáxia fantasma - Ant 2
Utilizando dados do observatório espacial Gaia, astrônomos encontraram um vizinho bem diferente de tudo que conhecemos


Como já sabemos há bastante tempo a Via Láctea não está sozinha no Universo. Só em nossa vizinhança, existem dezenas de companheiras espalhadas, algumas mais próximas e outras mais distantes.



A novidade é que pesquisadores liderados por Gabriel Torrealba, da Universidade de Cambridge, descobriram uma galáxia anã que é bem diferente de tudo o que já vimos antes. O estudo está disponível no site 'ArXiv', que hospeda documentos científicos.

O objeto foi nomeado Antlia 2, ou Ant 2, e não parece estar onde foi avistada. Ela é massiva, com o tamanho de cerca de 1/3 da massa da Via Láctea, mas extremamente fraca.

Em tamanho ela pode ser comparada com a famosa Nuvem de Magalhães, um dos poucos objetos do tipo que podem ser vistos a olho nu, mas é 10 mil vezes mais fraca.

galáxia fantasma ANT 2
Ilustração mostra a Via Láctea no centro, a Grande Nuvem de Magalhães à esquerda e a misteriosa "galáxia fantasma"
Ant 2 à direita. No centro vemos ainda uma ilustração do observatório espacial Gaia.
Créditos: V. Belokurov / A. Smith / Cambridge, UK and CCA, New York, US / Marcus / Gail Davies / Robert Gendler

Basicamente, essa galáxia é muito grande para a sua pouca luminosidade ou muito escura para o seu grande tamanho.

"Isso é o fantasma de uma galáxia. Objetos tão difusos como a Ant 2 nunca tinham sido vistos antes. Nossa descoberta só foi possível graças as informações de Gaia", afirmou Gabriel Torrealba.

Gaia é uma missão da ESA (Agência Espacial Européia) que está mapeando as posições de bilhões de estrelas da Via Láctea e também de locais mais distantes. Suas medições de alta precisão permitem aos pesquisadores rastrear a movimentação das estrelas.

Isso permitiu que os pesquisadores descobrissem esse grupo de estrelas distantes, que depois foi analisado pelo 'Anglo-Australian Telescope', onde mais de 100 outras estrelas foram rastreadas e permitiram estimar a distância e massa de Ant 2.




Localizada a 130 mil anos-luz da Via Láctea, esse objeto seria 13 milhões de vezes mais pesado que o Sol. Para uma galáxia, porém, isso não é considerado um tamanho grande, já que as Nuvens de Magalhães, por exemplo, são quase mil vezes mais pesadas que Ant 2.

"A explicação mais simples para essa galáxia ser tão leve, é que ela pode estar sendo destruída pelas marés galáticas da Via Láctea. O que permanece inexplicado, entretanto, é o tamanho gigante do objeto. Normalmente, quando as galáxias perdem massa para as marés da Via Láctea, elas encolhem ao invés de crescerem", disse o co-autor do estudo Sergey Koposov, da Univesidade Carnegie Mellon.




Outra possível explicação para esse crescimento poderia ser sua formação em um local do Espaço onde a matéria escura não é muito densa, ou talvez por processos internos, como explosões de super novas, que podem tê-la expandido.

O problema é que, para fazer sentido, essas explicações teriam que contar com uma lógica bem diferente daquela que conhecemos sobre a matéria escura.

meteoritos a venda no Brasil - originais - verdadeiros

"Comparada com o restante das mais de 60 galáxias satélites da Via Láctea, Ant 2 é excêntrica", disse Matthew Walker, outro co-autor do estudo. "Nós estamos nos perguntando se esta galáxia é só a 'ponta do iceberg', e se a Via Láctea pode estar cercada por um grande número dessas galáxias anãs invisíveis".


Imagens: (capa-G. Torrealba/Academia Sinica, Taiwan/V. Belokurov/Cambridge UK and CCA, New York, US/ESO/S. Brunier) / V. Belokurov / A. Smith / Cambridge, UK and CCA, New York, US / Marcus / Gail Davies / Robert Gendler
14/11/18


Gostou da nossa matéria?
Curta nossa página no Facebook
para ver muito mais!


Encontre o site Galeria do Meteorito no Facebook, YouTube, InstagramTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Por que nossa GALÁXIA chama-se VIA LÁCTEA?

    Explicando:

    O UM ÚNICO REAL ENERGÉTICO PERFEITO INFINITO NÃO ATÔMICO, criado por 7 LETRAS QUÂNTICAS 4 +3 HAJA LUZ:

    Tem o mesmo MACRO FORMATO: do micro corpo masculino.

    Daí: vem ADÃO.

    Já sua IMAGEM ENERGÉTICA ATÔMICA INVERSAMENTE E QUANTICAMENTE PROJETADA, criada depois, também por 7 LETRAS QUÂNTICAS 3+4 BIG BANG: que chamam erradamente de UNIVERSO MATERIAL:

    Tem o mesmo MACRO FORMATO: do micro corpo feminino.

    Daí: vem EVA.

    Tendo o UM-INVERSO-ENERGÉTICO-ATÔMICO-COMO-SERIA, o mesmo formato belíssimo que tem o corpo-humano-feminino DIVIDIDO-EM-CINCO-PARTES, cada parte simbolizando DUAS:

    A nossa GALÁXIA-VIA-LÁCTEA, compõe como pequena parte de um todo, que tem FORMATO-CÔNICO-ESPIRALADO-ENERGÉTICO-ATÔMICO-PROJETADO-AINDA-3D, assemelhando-se a um dos SEIOS: de nossas lindas mulheres.

    No UM-INVERSO-ENERGÉTICO-ATÔMICO-COMO-SERIA = IMAGEM-ENERGÉTICA-ATÔMICA-INVERSAMENTE-E-QUANTICAMENTE-PROJETADA do UM, que chamam erradamente de UNIVERSO:

    Não só tem uma VIA-LÁCTEA: Tem DUAS.

    A dica para que todos soubessem disso:

    Encontra-se na CHINA, que tem duas montanhas gigantescas naturais em formato de dois seios femininos, simbolizando as duas VIAS-LÁCTEAS uma MAIOR e outra MENOR: assim como toda mulher: tem um seio maior e outro menor.

    Explico isso: no DESCOBERTAS CIENTÍFICAS AVANÇADAS.

    ResponderExcluir
  3. Um bom vinho, com o mais baixo teor alcoólico: é a única coisa que ingiro.

    De preferência francês.

    Agora nem tanto, porque como todo cientista e pesquisador brasileiro, tive que gastar o que tinha e o que não tinha: para desenvolver PESQUISAS E DESCOBERTAS CIENTÍFICAS AVANÇADAS.

    Confesso, que ando mais quebrado: que arroz de terceira.

    Fica na paz: meu fã.

    ResponderExcluir