Astrônomos encontram o maior buraco negro do Universo Local

o maior buraco negro do universo local
Com a massa de 40 bilhões de sóis, esse buraco negro super massivo é o maior já encontrado


Um grupo de astrônomos alemães usou o instrumento MUSE no Very Large Telescope para estudar o movimento das estrelas no centro da galáxia Holmberg (ou Holm) 15A - a galáxia central de um aglomerado de galáxias relativamente próximo chamado Abell 85. O que eles encontraram? Algo assombroso!


Um buraco negro super hiper massivo foi encontrado na região central dessa galáxia. A equipe estima que ele tenha 40 bilhões de vezes a massa do nosso Sol, tornando-o o buraco negro mais massivo do universo local. Quando outros métodos de estimativa são levados em consideração, o buraco negro fica ainda como um dos quatro maiores. As descobertas foram submetidas ao Astrophysical Journal.




Imaginar algo assim tão grande não é uma tarefa fácil. O buraco negro tem seis vezes mais massa que M87*, o buraco negro no centro da galáxia M87 cuja silhueta foi fotografada no início deste ano. Ele também tem quase 10.000 vezes mais massa que Sagittarius A*, o buraco negro supermassivo no centro da Via Láctea.

Galáxia Homlberg 15A
Galáxia Homlberg 15A.
Créditos: SDSS

Não é apenas gigantesco em massa, mas também em tamanho. Os buracos negros são objetos relativamente pequenos porque são incrivelmente densos. O Cygnus X-1, um buraco negro estelar com 14,8 vezes a massa do Sol, e tem cerca de 88 quilômetros de diâmetro. Mas Holm 15A* é tão pesado que mesmo esse valor geralmente pequeno é incompreensível. O buraco negro tem cerca de 236 bilhões de quilômetros de diâmetro. Isso é equivalente a 1.580 vezes a distância entre a Terra e o Sol.

A galáxia Holm 15A, que abriga esse que é o maior buraco negro do universo local, fica no centro do aglomerado Abell 85, um grupo considerável de galáxias que atualmente está passando por pelo menos duas fusões. Essas fusões entre galáxias do grupo podem ser responsáveis pelo tamanho incrível desse buraco negro supermassivo.




Este buraco negro é quatro vezes maior do que se esperava para galáxias do tamanho de Hom 15A. Isso sim é um objeto monstruoso!


Imagens: (capa-ilustração) / SDSS / divulgação
08/08/19


Gostou da nossa matéria?
Inscreva-se em nosso canal no YouTube
para ver muito mais!


Encontre o site Galeria do Meteorito no Facebook, YouTube, InstagramTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.

7 comentários:

  1. bom dia, o que quer dizer universo local? referencia a mais de um universo? multiverso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acredito que se refere as galaxias próximas.

      Excluir
    2. Universo local abrange um raio de aproximadamente 1 bilhão de anos-luz

      Excluir
  2. É sério isso? Usaram o instrumento MUSE pra achar o "Supermassive Black Hole"? Universo tem um ótimo senso de humor kkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  3. Se o buraco negro é uma singularidade. Como pode aumentar de tamanho com a massa. Se ele tem desidade infinita deveria ter volume "0" independente da massa. Não?! Esse caso reforça a ideia de que o buraco negro não tem densidade infinita, mas sim densidade limitada por algum processo físico que desconhecemos. Algum tipo de degeneração como acontece nas anans brancas e nas estrelas de neutrons. Talvel o limite de compressão dessa degeneração tenha sido o gatinho do big-bang...

    ResponderExcluir
  4. Na verdade o que aumenta é o tamanho da influencia gravitacional da singularidade, o horizonte de eventos, o ponto de não retorno. A densidade tende ao infinito enquanto o volume tende a zero e onde as leis da fisica não fazem o menor sentido, mas que a teoria do amigo Zarathustra pode estar completamente coerente e algum dia ele possa ganhar o premio Nobel em astro biologia após descobrir que o "gatinho do big-bang" anda degenerando anãs-brancas noite afora. Gatinho mau...

    ResponderExcluir