6 fatos curiosos e intrigantes sobre o planeta Urano

curiosidades sobre Urano
Um dos planetas mais distantes do Sistema Solar guarda segredos incríveis...

Quando William Herschel viu Urano pela primeira vez, no dia 13 de março de 1781, o mundo ficou de boca aberta. Haviam planetas além daquilo que conhecíamos! Um planeta que leva uma vida toda (84 anos) para completar uma volta ao redor do Sol!



Apesar de tanta euforia, Urano não passava de um ponto brilhante quando visto através de telescópios. Não era nada parecido com o Urano que conhecemos hoje, principalmente pelas imagens feitas por telescópios espaciais, como o Hubble. Levaram cerca de 200 anos para que Urano fosse visto com nitidez...




Apesar de distante, Urano é um dos maiores planetas do Sistema Solar, e merece uma superlista especial só pra ele! Portanto, confira as 6 curiosidades mais interessantes sobre Urano, o gigante azul.


Urano só foi visitado uma única vez

Urano crescente - Voyager 2
Urano "crescente" fotografado pela sonda Voyager 2, quando ela já estava rumo a Netuno.
Créditos: Voyager / NASA

Acredite se puder: o belíssimo gigante de gás azul só recebeu a visita de uma única sonda. O encontro da Voyager 2 com Urano ocorreu em 1986, revelando detalhes incríveis sobre sua atmosfera, e claro, as imagens mais próximas já feitas do longínquo planeta. [conheça o disco de ouro que vaga pelo espaço interestelar]


A rotação e a inclinação de Urano são muito estranhas

Urano gira de lado, como se estivesse deitado, ao contrário da grande maioria dos planetas espalhados pelo Universo afora... Os pólos norte e sul magnéticos de Urano também são diferentes dos pólos norte e sul. Tudo isso cria alguns efeitos sazonais bizarros.

Estações de Urano - orbita e rotação

Imagine um mundo onde o pólo sul está apontado para o Sol, enquanto que o pólo norte está imerso na escuridão... Essa foi a característica marcante que a sonda Voyager 2 encontrou ao visitar o planeta em 1986. Os cientistas acreditam que um grande objeto teria colidido com Urano no passado distante, o que explicaria a inclinação absurda do planeta.





Tempestades gigantes e inesperadas

Sabe a Grande Mancha Vermelha de Júpiter? Pois é... sabemos que aquilo é na verdade uma grande tempestade, mas isso não significa que isso só acontece por lá. Urano que o diga...

Tempestade em Urano - Observatório Keck
Tempestade em Urano, feita pelo telescópio Keck, no Havaí, em 2014.
Créditos: Keck Observatories

Durante sua máxima aproximação com o Sol, em 2007, astrônomos acreditaram que as tempestades de Urano não seriam diferentes do que eles conheciam, mas para a surpresa de todos, algumas duraram até meados de 2014. Elas surgem repentinamente, duram alguns anos e depois desaparecem. Na época, os astrônomos anunciaram que mais estudos sobre os planetas exteriores seriam necessários, a fim de entender o que estava acontecendo...


Urano também tem anéis

Anéis de Urano - Hubble
Urano, seus anéis e algumas de suas luas.
Créditos: Hubble / NASA

Muitas pessoas acreditam que o único planeta que possui anéis é Saturno, mas isso não é verdade. Astrônomo de olhos aguçados perceberam, em março de 1977, que Urano também possuía anéis. James L. Elliot, Edward W. Dunham, e Jessica Mink perceberam que uma estrela (SAO 158687) estava sendo ocultada, e ficava piscando um pouco antes de Urano passar na frente dela. Atualmente, sabemos que existem mais de 12 anéis conhecidos ao redor do planeta. Os anéis de Urano foram observados pela sonda Voyager 2 e pelo Telescópio Espacial Hubble. Ainda não se sabe ao certo o que teria formado seus anéis.





Urano não é o planeta mais distante, mas é o mais frio

Sistema Solar - NASA
O Sol e os 8 planetas do Sistema Solar. Créditos: NASA / JPL

Sabemos que Urano é o penúltimo planeta do Sistema Solar, sendo que o mais distante é Netuno. Apesar disso, surpreendentemente, os cientistas planetários perceberam que Netuno não é tão frio quanto seu vizinho mais próximo do Sol. Segundo os cientistas, isso acontece porque Urano não possui nenhuma fonte de calor interna para ajudar no aquecimento do planeta. As temperaturas de atmosfera do gigante variam entre -153°C a -218°C (Eita lugar frio!).


Miranda, a lua que se parece com uma pintura abstrata

A NASA usou a palavra "tempestuosa" para descrever a história geológica e Miranda. Todos os recursos do sistema de Urano ganharam nomes de personagens de Shakespeare.

Miranda - lua de Urano
Créditos: Voyager 2




O satélite natural Miranda foi descoberto pelo astrônomo Gerard Kuiper, em 1948, mas mas foi o sobrevoo da Voyager em 1986 que revelou algumas características geológicas surpreendentes. Em 2008, a NASA revelou que a lua foi gravemente fraturada até cinco vezes durante sua história. O resultado é uma superfície que mais se parece com uma pintura abstrata, com regolito fresco e mais velho misturados, e uma paisagem encoberta por crateras.



Fonte: Wikipedia / NASA /DSpace / Voayger archives
Imagens: (capa-montagem com Urano e suas 5 maiores luas, sendo da maior para a menor: Ariel, Miranda, Titania, Oberon e Umbriel/NASA/JPL) / Voayger / NASA / divulgação / Keck Observatories / Hubble / NASA / JPL / Voyager 2
13/04/16


Gostou da nossa matéria?
Curta nossa página no Facebook
para ver muito mais!


Encontre o site Galeria do Meteorito no FacebookTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

12 comentários:

  1. Se os planetas fossem seres humanos, eu diria que Urano é o mais sereno deles.
    Pelo menos na aparência... =x

    ResponderExcluir
  2. Ta ae.mais uma excelente matéria parabéns. Galeria( apesar de nada confirmado.seria legal uma matéria sobre as alterações na gravidade nos planetas exteriores oque seria que está causando isso??????)

    ResponderExcluir
  3. Sétimo fato: os nativos de lá se cumprimentam com os pés! Como sabem que o núcleo de Urano é frio se ele foi visitado só uma vez? O radar da Voyager II foi tão bom assim?? Será que existe uma forma dos políticos pararem de fabricar armas que matam pessoas em nome de deus e construirem uma nave propelida a motor de íons, aquela mesma de 42 minutos para Marte, e enviar uma nova missão robótica para Urano e Netuno??? Ahhh não!!! Isto é heresia! Mas explodir inocentes em nome de um deus cristão fi da pt não!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esqueceu de tomar seu remédio hoje filho...

      Excluir
    2. Realmente o garoto está fora do ar!! Políticos matando em nome de Deus? Cristãos explodindo inocentes? De onde ele tirou essa informação?

      Excluir
    3. "(políticos) explodindo pessoas em nome de um deus cristão" Oi?

      Excluir
  4. AMO quando vocês postam sobre planetas. Eu nunca consigo dizer qual meu planeta preferido, pois cada um tem seus mistérios, suas qualidades, sua beleza...Todos me despertam curiosidade, desde Mercúrio até o anão Plutão ! =) Urano é um planeta que acho super misterioso... Eu pensava que Netuno era mais frio que Urano ! Essa foi novidade pra mim ! Excelente trabalho, GALERIA DO METEORITO !

    ResponderExcluir
  5. Tenho uma dúvida, mas acredito que ninguém seja capaz de me dar uma resposta satisfatória... Se Urano não possui uma superfície sólida assim como Júpiter, o que acontece com os detritos de milhões de cometas, meteóros e outros corpos celestes que já colidiram com esses gigantes ao longo de milhões de anos? Por exemplo, Júpiter... o que acontece com os resíduos dos meteóros que se desentegram em sua atmosfera? Não eram para se fundir ao nucleo, tendo em vista a composição gasosa do planeta? Analizando por esse lado é possível que Júpiter possa ter uma superficie rochosa, pois se esse gigante colossal já atraiu inumeros objetos rochosos para a sua orbita, transformando-os em satélites, imagina só a quantidade de objetos que ele atraiu para dentro de sua atmosfera desde seu nascimento! Pensando dessa forma acho impossivel que esse planeta seja totalmente gasoso. No caso de Urano e Netuno existe gelo para fazer uma superficie sólida, mais uma contradição da astronomia. Quero ver alguém aparecer com uma explicação coerente rsrs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os detritos tendem a afundar até alcançar uma região de equilíbrio (com a mesma densidade), no interior dos planetas. No demais, a enorme pressão sofrida pelos detritos e o calor intenso dos planetas são os responsáveis por desintegras esses fragmentos, não sobrando nada para contar história.
      Quanto a ter superficie solida, isso é impossível nesses planetas gasosos, pois a composição deles é em grande parte de hidrogenio, cuja temperatura de solidificação é de -259ºC, ou seja, bem abaixo da temperatura desses planetas.
      Por outro lado, esses planetas não são 100% gasosos. Essa é uma expressão que visa a orientar que esses planetas não possuem superficie nitida. Mas a medida que vamos entrando em direção ao nucleo desses planetas, a densidade por conta da pressão vai aumentando ainda mais. Em outras palavras, a medida que vai avançando em direção ao núcleo, o planeta vai passando pelos estagios de: gasoso, liquido, viscoso, pastoso, solido.
      Abraços!

      Excluir
  6. Muito legal! Bom ver outras pessoas que se interessam pelo tema e fazem perguntas específicas. Adorei!!!

    ResponderExcluir
  7. Muito legal! Bom ver outras pessoas que se interessam pelo tema e fazem perguntas específicas. Adorei!!!

    ResponderExcluir