Nova York em ruínas - simulação de impacto de asteroide não teve final feliz

simulação impacto de asteroide em Nova York
Se a situação simulada acontecesse hoje, provavelmente seria esse o resultado


Na semana passada, a NASA e várias agências, juntamente com várias organizações internacionais, planejaram um exercício que poderia salvar milhões de vidas. Eles simularam o que aconteceria se um asteroide fosse descoberto em rota de colisão com a Terra. A ideia foi justamente tentar entender qual seria o resultado no caso de uma situação real... e o final não foi nada animador.



O exercício de teste apresentado na Conferência de Defesa Planetária, permite que os pesquisadores resolvam desafios científicos, técnicos e políticos que serão superados para proteger o nosso planeta de um asteroide em rota de colisão direta.

A simulação teria uma duração real de 8 anos, mas é condensada em 5 dias para facilitar o entendimento. Ficou curioso(a)? Aí vai!


Dia 1 - Um asteroide hipotético, chamado 2019 PDC, descoberto em agosto de 2019 tem 1 chance em 100 de atingir a Terra. O local do impacto foi calculado como Denver, Colorado, EUA. A data do possível impacto: 29 de abril de 2027. O diâmetro estimado do asteroide é entre 100 e 300 metros.




Dia 2 - As chances de colisão subiram para 1 em 10, e o local de impacto permanece o mesmo (Colorado, EUA). A data de impacto continua como 29 de abril de 2027. Começam as primeiras fases de desenvolvimento das missões de reconhecimento e deflexão do asteroide.

asteroide impacto nova york

Dia 3 - No final de dezembro de 2021, a primeira espaçonave de reconhecimento chega no asteroide. Para a missão de deflexão, várias espaçonaves devem colidir com a rocha espacial em agosto de 2024 para alterar sua órbita.

Dia 4 - Temos boas e más notícias. O objeto principal foi desviado com sucesso, mas um fragmento menor (entre 50 e 80 metros de diâmetro) permanece em rota de colisão com o nosso planeta. Local do possível impacto: Nova York, EUA. Além do mais, detritos gerados pela colisão das espaçonaves de deflexão danificaram a nave de reconhecimento. Agora fica mais difícil saber exatamente o que está acontecendo.




"Precisamos nos desafiar e fazer as perguntas difíceis. Nós não aprendemos algo se não imaginamos o pior cenário possível", disse Paul Chodas, diretor do Centro de Estudos de Objetos Próximos da Terra (CNEOS).

Paul Chodas - conferencia defesa planetária
Paul Chodas, diretor do CNEOS durante seu discurso na
Conferência de Defesa Planetária em Maryland, EUA.
Créditos: divulgação
Uma opção nuclear já havia sido discutida no dia 2, mas muitas controversas não permitiram sua criação. Eles analisaram um dispositivo nuclear de 300 kilotons, que teria capacidade de explodir até 145 metros de rocha espacial, que seria fragmentado ou desviado. Mas mesmo com os números a favor, a missão não pôde ser implementada devido a divergências políticas, e o asteroide continua em rota de colisão com a Terra. Tudo o que resta é preparar a cidade de Nova York para o impacto.

Dia 5 - Faltam apenas 10 dias para o impacto. A velocidade de entrada na atmosfera é relativamente baixa - de 19 km/s (quilômetros por segundo), e a explosão vai liberar entre 5 e 20 megatons de energia. A explosão pode acontecer a cerca de 15 km acima do Central Park, destruindo a cidade inteira, além de criar um raio "não-seguro" de 15 km.

Nesse cenário, entra o trabalho da Agência Federal de Gerenciamento de Emergências (FEMA) para evacuar e realocar 10 milhões de pessoas, seus animais de estimação e seus pertences, além de proteger instalações nucleares e químicas na área, como também a transferência de obras de arte.


Agora, o plano deixa de ser técnico/científico e passa a ganhar um tom social, legal e político. Várias questões são abordadas nesse tema. Como as pessoas vão reagir? Quem vai pagar por tudo isso? Os moradores realocados terão direito a seguro (já que a deflexão fez o objeto mudar seu local de impacto de Colorado para Nova York)?

"Este exercício é valioso na medida em que continua a trabalhar no contexto dessas questões", disse Leviticus Lewis, da FEMA.

E como era temido, o impacto não pôde ser evitado. Não dessa vez.


This IS a drill

O último exercício de simulação conseguiu salvar a cidade de Tokyo, Japão. Outros locais incluídos na rota de um possível asteroide foram Riviera Francesa, Daca (capital de Bangladesh) e Los Angeles (EUA).



Vale lembrar que, até o momento, nenhum objeto tem chances reais de colisão com o nosso planeta. Além disso, os exercícios se baseiam nos piores cenários possíveis, a fim de explorar ao máximo as condições que se apresentariam em seguida.




Mas como bons exploradores que somos, é sempre bom estarmos preparados para uma possível colisão de um asteroide que, de fato, pode ser detectado a qualquer momento.

O próximo exercício acontecerá em Viena em 2021. Com sorte, a próxima cidade alvo consiga escapar da simulação de impacto iminente.


Imagens: (capa-ilustração/divulgação) / divulgação
13/05/19


Gostou da nossa matéria?
Inscreva-se em nosso canal no YouTube
para ver muito mais!


Encontre o site Galeria do Meteorito no Facebook, YouTube, InstagramTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.

24 comentários:

  1. Se estão se preparando é porque existe algo pra acontecer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A qualquer momento um asteróide pode vir a ter rota de colisão com a terra, e melhor estar preparado não é?, Felizmente conhecemos bem a rota dos asteróides perigosos mas infelizmente pode vir a aparecer algm que não conhecemos

      Excluir
  2. PROBLEMAS MAIS SÉRIOS JÁ ESTAMOS VIVENDO, E OS DA NASA E ROSCOSMOS: COMENDO MOSCAS!

    O ESTABILIZADOR que lunáticos chamam de LUA, tremendo todo: e eles nem sabem o motivo.

    Fazendo parte de UM MACRO CORPO ENERGÉTICO ATÔMICO, interligado não por primitivos sistemas de fios e sim através de PULSOS ELETROMAGNÉTICOS ENERGIZADORES EMITIDOS, infinitamente mais avançados do que se conhece, como WI-FI:

    Mister é, que o ESTABILIZADOR ENERGÉTICO ATÔMICO, que ESTABILIZA a ROTAÇÃO DO NOSSO PLANETA e CICLOS DAS MARÉS, chamado primitivamente de LUA:

    TAMBÉM TREMA EM MAIORES PICOS DE PULSOS ELETROMAGNÉTICOS ENERGIZADORES EMITIDOS, pelo DISTRIBUIDOR ENERGÉTICO ATÔMICO TERMONUCLEAR, que chamam também: primitivamente de SOL.

    ALERTA!

    ALTÍSSIMOS PULSOS ELETROMAGNÉTICOS foram EMITIDOS recentemente pelo DISTRIBUIDOR ENERGÉTICO ATÔMICO TERMONUCLEAR que chamam de SOL, e já estão chegando também ao TRANSFORMADOR ENERGÉTICO ATÔMICO TERMONUCLEAR que fica no CENTRO DO NOSSO PLANETA, conhecido pelos das ciências-ainda-a-avançar: como NÚCLEO DE FOGO.

    É MUITA PRIMITIVIDADE!

    Isso resultará em MAIORES ATIVIDADES NA FONTE TRANSFORMADORA DO NOSSO PLANETA, consequentemente também MAIOR AQUECIMENTO GLOBAL, TRANSFORMAÇÃO DE ÁGUA SÓLIDA EM LÍQUIDA, E LÍQUIDA: EM VAPOR...

    Como nosso PLANETA, possui camadas protetoras, dentre essas a de OZÔNIO:

    Retendo esse VAPOR, gera o EFEITO ESTUFA!

    O pessoal da NASA, até que domina algumas TECNOLOGIAS: mas por desconhecer MACROCOSMOLOGIA AVANÇADA e ALQUIMIA ELEMENTAR CÓSMICA AVANÇADA, sobre a VERDADEIRA CAUSA DO AQUECIMENTO GLOBAL E MACROCÓSMICO:

    NÃO SABEM NADA!

    MAIS UMA DESCOBERTA CIENTÍFICA AVANÇADA QUE FIZ: COMPROVADA.

    Comprovando o que afirmei acima, que quando ocorrem PULSOS ELETROMAGNÉTICOS MAIORES emitidos pelo DISTRIBUIDOR ENERGÉTICO ATÔMICO TERMONUCLEAR que chamam primitivamente de SOL, todo MACRO MODELO ENERGÉTICO ATÔMICO TERMONUCLEAR que chamam erradamente de SISTEMA SOLAR, TREME:

    Além de sismos noticiados na matéria acima ocorridos no ESTABILIZADOR que chamam primitivamente de LUA:

    ACABA DE OCORRER VIOLENTO TREMOR DE 7,7: EM PAPUA NOVA GUINÉ.

    DECERTO OUTROS OCORRERÃO NAS PRÓXIMAS HORAS, EM OUTRAS REGIÕES DO PLANETA.

    Ou seja:

    SISMOS em nosso PLANETA, estão correlacionados também a MAIORES ATIVIDADES no DISTRIBUIDOR ENERGÉTICO ATÔMICO TERMONUCLEAR, que chamam primitivamente de SOL.

    A LÓGICA:

    Quando ocorrem MAIORES ATIVIDADES no DISTRIBUIDOR ENERGÉTICO ATÔMICO TERMONUCLEAR que chamam primitivamente de SOL, ocorrem também MAIORES ATIVIDADES no TRANSFORMADOR ENERGÉTICO ATÔMICO TERMONUCLEAR que fica no CENTRO do nosso PLANETA, que os das ciências-ainda-a-avançar chamam primitivamente de NÚCLEO DE FOGO, fazendo-o VIBRAR: com MAIS INTENSIDADE.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ELe Voltou!! :D Qual o seu QI, expresso em valores numéricos, José Bonifácio?

      Excluir
  3. Isso tudo, deve dar um nó no cérebro do Zé Hospício, e mais uma vez: ele não vai entender nada.

    O TERRÍVEL AQUECIMENTO GLOBAL E MACROCÓSMICO, vai PURURUCAR os leitãozin dele: tudin.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o que o Sr sugere pra barrar isso tudo, seu Bé Zonifácio? Usar um ARLÚVIO pra soprar o Sol, digo, ELEMENTO MACROENERGÉTICO RECICLADOR DE POEIRA?

      O Napoleão aqui tá sugerindo um bloqueio continental. Eu acho que não vai ajudar muito, mas é melhor que nada, né.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  4. Um festival de inteligência aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para entender-me, pelo menos 10%, tem que possuir Q.I: acima de 200.

      O de ALBERT EINSTEIN, só 160.

      Zé Hospício quando não toma tarja-preta: chega aos 199.

      Excluir
  5. Torresmin a Pururuca: Ô TREM BOM, Zé Hospicin, mineirin, baianin cansadin.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu Bé Zonifácio, o Sr não respondeu o que essa sua "teoria" sugere pra minimizar ou mesmo impedir os danos.

      Não basta dizer que é tudo provocado pelo fato do Sol, da Lua, da Terra, de Marte e os karay tudo terem outros nomes. Tem que dar uma solução pro problema também.

      Excluir
    2. Que tal, as FLATULÊNCIAS HUMANAS E BOVINAS, que os das ciências-ainda-a-avançar, dizem que estão a provocar, o AQUECIMENTO GLOBAL?

      Os mesmos já disseram também que lançarão um PÓ, na ÓRBITA do nosso PLANETA...

      Outros, que congelariam por eles mesmos, os POLOS ÁRTICO e ANTÁRTICO...

      Rs.Rs.Rs.

      Para os que não sabem de nada: DESCOBERTAS CIENTÍFICAS AVANÇADAS.


      Excluir
    3. Então, o Sr sugere arrolhar os c*s das vacas pra elas pararem de peidar e fazer a temperatura da Terra subir?

      Acho que não vai dar certo não, seu Bé Zonifácio. O que vai dar de vaca explodindo aí!

      Até a Al-Qaeda vai inaugurar uma nova forma de ataque terrorista: uso de vacas-bomba.

      Excluir
    4. Não sou eu quem afirma improcedentemente que o AQUECIMENTO GLOBAL, provém de BOVINAS E HUMANAS FLATULÊNCIAS.

      São os ainda-a-avançar, em suas primitivas ciências.

      Tu já parastes de ingerir Ora-pro-nobis com torresmin-a-pururuca e cachaça-de-alambique?

      Isso tudo quando fermenta:

      OLHA O GÁS!

      Excluir
    5. Mas o Sr ainda não respondeu à pergunta: o que os das "ciências avançadas" ("os" não né, "o", afinal, esse trem só existe na cabeça do Sr) sugerem para frear esses cataclismos?

      Excluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Se tu és meu fã, tudo bem. Agora se tu estás a fim de mim:

    Nada tenho contra, a quem gosta do mesmo sexo.

    Mas apesar de ser feio igual filho de coruja, só gosto de mulher belíssima: e inteligentíssima!

    Sou casado com uma morena lindíssima e inteligentíssima há 25 anos, e mesmo sendo feio como a zorra, e estando como todo CIENTISTA BRASILEIRO, vendendo o almoço para comprar a janta: ela ainda não me largou.

    Quanto ao debate:

    Vou fingir que pra ti perdi: e tu finges que me ganhou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nâo desvie do assunto, seu Bé Zonifácio. Que "cientista" é esse que não explica suas teorias?

      Aliás, o Sr é cientista por qual Universidade? Procurei teu Currículo Lattes e não achei nada, procurei no Google Scholar também não achei nada... Não me leve a mal, mas pelo que parece sua relevância científica é zero.

      Mas ainda assim a pergunta continua de pé: o que o das "ciências avançadas" propõe pra impedir essas catástrofes?

      Excluir
    2. Se tu soubesses consultar os REGISTROS AKÁSHICOS, decerto encontrarias.

      Tu necessitas também: de KABBALAH.

      KABBALAH, É RECEBER E COMPARTILHAR: SEM NADA COBRAR.

      Pergunta pra quem já acessou meu blogger, se cobrei um centavo sequer.

      Muitos quiseram até me pagar, mas não aceitei.

      Se eu cobrasse, mais nenhum conhecimento: eu receberia.

      Estou sendo testado.

      Os maiores e importantíssimos conhecimentos: ainda estão por vir.



      Excluir
  8. Tu necessitas entender uma coisa Zé Hospício; Nada que sabemos de bom, de nós mesmos vem.

    O mal, apenas ao ATÔMICO: pertence.

    Atômicos são todos os homens: atuando nos ATOS.

    ResponderExcluir
  9. Acho que devo me dedicar mais, para mais um pouco: aprender.

    Tu também Zé que não é Zé.

    Fica na paz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cabala?! Alquimia?!

      Então o Sr não é cientista como afirma ser, seu Bé Zonifácio, e sim um místico.

      Assim se explica o porque não há nenhum registro seu nas bases de dados científicas.

      Aqui é um espaço sobre ciência, não sobre misticismo.

      Excluir
  10. Zé que não é Zé,

    Ter CIÊNCIA, é ter conhecimento sobre algo.

    Sendo assim, CIENTISTA também é, quem PESQUISA e DESCOBRE novos conhecimentos, independentemente de serem místicos: ou religiosos.

    Você como uma pessoa intelectualizada sabe que PLATÃO, SALOMÃO, SÓCRATES, DEMÓCRITO, NEWTON e HIPÓCRATES, pioneiros em NOVAS CIÊNCIAS, também foram apontados e até hoje ainda são por alguns: apenas como praticantes do misticismo.

    Desses todos, eu gostara apenas de ter sido: SALOMÃO.

    Injustiçado até mesmo pelo o seu povo, simplesmente por ter sido extremamente diplomático, mas na minha opinião:

    Esse foi o cara!

    Ao invés de viver, procurando e fazendo guerras: viveu no meio das pernas.

    ResponderExcluir