Pequeno desvio no asteroide Apophis pode ser fatal para 13 de abril de 2029

Pequeno desvio no asteroide Apophis pode ser fatal para 13 de abril de 2029

Na sexta-feira 13 de abril de 2029, o asteroide Apophis de 340 metros vai passar raspando na Terra - ele não pode se aproximar mais, ou uma colisão pode acontecer...

O grande asteroide Apophis de 340 metros de diâmetro tornou-se uma ameaça real quando descoberto em 2004. O nome Apophis (Deus do Caos) não é a toa. Quando descoberto, havia uma chance considerável de colisão com o nosso planeta. Os anos se passaram e hoje conhecemos perfeitamente sua órbita.


Porém, em 13 de abril de 2029, Apohis passará a apenas 37.399 km da Terra - mais próximo do que alguns satélites geoestacionários. Até lá, um desvio em sua trajetória poderia colocá-lo em uma rota de colisão com a Terra. Mas será que ele pode ser desviado?

Passagem-do-asteroide-Apophis-em-13-abril-2029

Em um novo estudo publicado, astrônomos da Universidade Western e Waterloo investigaram a fundo mais de 1,3 milhões de asteroides em busca de possíveis colisões com o asteroide Apophis. Apesar de não haver uma colisão certa com nenhum deles, alguns asteroides chamaram a atenção, seja por dados inconclusivos de trajetórias ou por passagens próximas.


Como exemplo, o asteroide Xanthus de 1,3 km de diâmetro não irá colidir com Apophis por um erro de apenas 4 horas. Além dele, outros asteroides como 2009 JG2, 2016 FB12, 2022 KN3, 2016 CL18, 2001 FB90 dentre outros, têm órbitas altamente incertas, o que dificulta a precisão de suas trajetórias e com isso, a identificação de possíveis colisões com o asteroide Apophis.

Ou seja: na simulação envolvendo mais de 1,3 milhões de asteroides os cientistas não detectaram uma colisão certa, porém, eles trabalharam com dados inconclusivos em muitas dessas órbitas. Isso significa que não há como comprovar uma colisão no futuro, o que de início pode ser uma boa notícia. No entanto, no próprio estudo é feito um pedido para que asteroides que passem próximo de Apophis sejam analisados com mais atenção.


Nos resta torcer para que nenhum pequeno impacto ou interação gravitacional faça com que Apophis seja desviado e direcionado em uma rota de colisão com a Terra. Impacto esse que pode ocorrer com asteroides conhecidos ou com asteroides que ainda não sabemos da existência. Até lá, novos estudos devem determinar com mais precisão se a trajetória de Apophis está limpa, ou não.



Imagens: (capa-ilustração) / divulgação
15/03/2024


Gostou da nossa matéria?
Inscreva-se em nosso canal no YouTube
para ver muito mais!


Encontre o site Galeria do Meteorito no Facebook, YouTube, InstagramTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.

2 comentários:

  1. Gostaria de saber como fazem para calcular rota de impacto entre objetos com menos de um quilômetro de diâmetro, n'um vácuo do espaço tão vasto.

    ResponderExcluir
  2. Odoo Integration | Odoo Integration Experts in UK - Akarigo


    Akarigo is offering Odoo integration, development, customization, and consultation services in the UK. We help you integrate Odoo ERP with any software


    https://akarigo.com/odoo-integration-experts/

    ResponderExcluir