AO VIVO: Chuva de meteoros Perseidas 2018 (reprise)

chuva de meteoros perseidas 2018 - live
Finalmente chegou o momento - o tão esperado pico da chuva de meteoros Perseidas!


A chuva de meteoros Perseidas acontece todos os anos, sempre entre os dias 23 de julho e 22 de agosto. Mas a verdadeira "mágica" acontece na madrugada entre os dias 12 e 13 de agosto quando ocorre seu pico - momento em que a maior quantidade de meteoros pode ser observada.



E os números são empolgantes! A chuva Perseidas produz cerca de 80 meteoros por hora durante seu máximo. Vale lembrar que para ver uma quantidade assim, é necessário estar em um local longe na poluição luminosa, com céu limpo, e no hemisfério norte.

Sim. Essa chuva é melhor visível no hemisfério norte, onde se espera uma taxa de 80 meteoros por hora. Mas aqui no hemisfério sul, incluindo o Brasil, também podemos observar a chuva de meteoros Perseidas, porém a quantidade de "estrelas cadentes" que irão riscar o céu é um pouco menor. Mesmo assim, ela é uma das melhores chuvas de meteoros pra se observar em todo o ano, em todo o globo!




A tabela abaixo mostra qual foi a taxa da chuva Perseidas no ano passado, no decorrer dos dias. Esse gráfico tende a se repetir com a mesma intensidade.
taxa da chuva de meteoros Perseidas
Taxa da chuva de meteoros Perseidas ao longo dos dias. Registro de 2017.
Créditos: NASA's Meteoroid Environment Office

E pra tudo ficar ainda mais empolgante (e emocionante), o pico da chuva de meteoros Perseidas 2018 vai cair em noite de Lua Nova. Isso significa que poderemos ver o máximo da chuva, já que não teremos o brilho da Lua ofuscando os céus - uma noite perfeita para ver a maior quantidade de meteoros possível!

E mesmo que o céu fique nublado em sua cidade, você ainda terá a chance de observar os meteoros Perseidas aqui em nosso site!


Transmissão ao vivo - Chuva de Meteoros Perseidas 2018

Nesse fim de semana, faremos duas transmissões ao vivo da chuva de meteoros Perseidas 2018. Isso mesmo! Por ser uma chuva tão prolífica, não queremos perder nadinha de seu pico!

ATUALIZADO

A primeira live aconteceu no sábado, 11 de agosto. A segunda live aconteceu no pico da chuva, 12 de agosto, com início às 22h00 pelo horário de Brasília (BRT). A reprise da segunda transmissão ao vivo está disponível logo abaixo:

PS.: nos últimos minutos do vídeo mostramos alguns meteoros registrados!





Observe a chuva de meteoros Perseidas 2018 do quintal de casa

Se as condições na sua cidade forem favoráveis, você não apenas poderá, como deverá observar essa chuva de meteoros pessoalmente. Reserve um tempo para observar o céu estrelado, preferencialmente após a meia-noite até antes do amanhecer. Para ficar por dentro de todas as dicas de observação da chuva Perseidas 2018, bem como a região do céu onde os meteoros surgirão, clique aqui e veja nossa matéria especial.

Muitas pessoas lamentam por não conseguir ver os meteoros. Se você se identifica com essa afirmação, talvez esteja fazendo algo errado. Então confira nossa matéria especial com as dicas mais importantes para se observar uma chuva de meteoros (clique aqui).




Não percam a chance de observar o pico de uma das maiores chuvas de meteoros do ano, e que ainda vai cair em noite de Lua Nova!


Curiosidades sobre a chuva de meteoros Perseidas

A chuva Perseidas é famosa por produzir meteoros longos, que riscam todo o firmamento. Eles costumam deixar um rastro tênue por onde passam, então se você tem binóculos à disposição, tente observar o rastro após a passagem do meteoro - você verá ele se desfazer com a ação do vento!

De acordo com Bill Cooke, do Escritório de Monitoramento Meteoroides da NASA, a chuva de meteoros Perseidas é a chuva que mais produz bolas de fogo (ou bólidos) - meteoros super brilhantes, que de tão claros, podem até fazer sombra!

meteoro da chuva Perseidas
Meteoro da chuva Perseidas registrado pelos astrônomos amadores Stojan Stojanovski, Kristijan Gjoreski
e Igor Nastoski, da Associação de Astronomia Ohrid, na Macedônia, em 2015.
Créditos: Stojan Stojanovski / Kristijan Gjoreski / Igor Nastoski / Ohrid Astronomy Association

Os fragmentos do cometa Swift-Tuttle, que produzem os meteoros da chuva Perseidas, se chocam com a nossa atmosfera numa velocidade média de 60 quilômetros POR SEGUNDO! Isso é dezenas de vezes mais rápido do que a bala de um rifle! Não é à toa que a chuva de meteoros Perseidas é famosa não apenas pela sua quantidade de meteoros, mas também pela sua qualidade.

Na Idade Média, a chuva de meteoros Perseidas era muito famosa, e tinha o nome de "Lágrimas de Saint Lawrence", isso porque ela ocorre no aniversário de morte de Laurentius, um diácono Cristão que foi martirizado pela Imperador romano Valerian, no ano de 258 d.C.




Apesar dessa chuva de meteoros ser bem conhecida e observada na Era Medieval, os registros mais antigos da chuva de meteoros Perseidas foram encontrados na China, e foram escritos no ano de 36 d.C. Ou seja, a humanidade observa essa chuva de meteoros há pelo menos cerca de 2.000 anos, isso pelo que se tem documentado... Ela pode ser ainda mais antiga e deve ter sido observada desde tempos imemoriais...


Imagens: (capa-divulgação) / NASA's Meteoroid Environment Office / Stojan Stojanovski / Kristijan Gjoreski / Igor Nastoski / Ohrid Astronomy Association
11/08/18


Gostou da nossa matéria?
Curta nossa página no Facebook
para ver muito mais!


Encontre o site Galeria do Meteorito no Facebook, YouTube, InstagramTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

27 comentários:

  1. Respostas
    1. Já estamos ao vivo! O pico é a partir das 02h ou 03h da manhã (horário local)!

      Excluir
  2. Pergunta: como que ainda é possível ver uma chuva de meteoros de um cometa que passou a séculos? Os detritos não se dissipam nunca? Nem mesmo com a passagem da terra? Essas chuvas irão duram pra sempre?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os primeiros relatos observados dessa chuva de meteoros, foram registrados a pelo menos dois mil anos. O cometa passa no caminho da terra a cada 133 anos, tem um núcleo de 27 Km de extensão e deixa uma trilha enorme, muito larga de detritos. Vamos fazer uma analogia simples, quando você varre uma pequena sala, metade das partículas de poeiras ficam suspensas no ar por mais de oito horas. Imagine agora, por quanto tempo as partículas de um cometa de 27 Quilômetros de extensão ficariam suspensas no espaço?

      Excluir
  3. Estou em macaé observando céu Limpo

    ResponderExcluir
  4. O pico será no Rio de Janeiro em torno das 3 horas daqui a pouco portanto

    ResponderExcluir
  5. O diâmetro da terra são aproximadamente 12000 km e a cauda de um cometa no auge perto do sol são milhões de quilômetros Portanto o Rastro de poeira é enorme

    ResponderExcluir
  6. Estou em Fortaleza e vi apenas 03 meteoros apenas estou esperando por mais!

    ResponderExcluir
  7. aqui no rj nublado não da nem pra ver estrelas agora não dará pra ver triste

    ResponderExcluir
  8. estou em bh quando vai acontecer?

    ResponderExcluir
  9. Nossa live já terminou porque o céu ficou nublado, mas agora, até antes do amanhecer é um ótimo horário pra observar esse pico da chuva de meteoros Perseidas!

    Boas observações a todos!

    ResponderExcluir
  10. Eu cheguei numa pedra com visão ampla aqui na minha cidade as 21:30 e ja logo de cara vi um earthgrazer seguido de um meteoro mais curto. Fiquei observando ate as 5:10, só parei nesse momento pq o vento tava mt forte, frio intenso. Consegui ver incontáveis desses meteoros mais curtos e aproximadamente 11 meteoros mais brilhantes que deixavam rastro no céu. Provavelmente só 14 de novembro pra ter uma noite igual aqui em Extrema-MG sul de minas.

    ResponderExcluir
  11. Tenho uma pergunta sobre a chuva de meteoros: na madrugada de ontem para hoje foi o pico da chuva de meteoros, mas se eu quiser ver da madrugada de hoje para amanhã eu ainda consigo ver alguma coisa, mesmo que em menor escala? A diferença é muito grande?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito difícil. A Terra já terminou a sua passagem pela trilha de rastros do cometa.

      Excluir
    2. Yara, consegue sim, mas a quantidade de meteoros será menor a cada dia. A região mais espessa de detritos já ficou pra trás, mas pode observar sim que ainda conseguirá ver alguns.

      Abraços e boas observações!

      Excluir
  12. Gostaria de parabenizar a equipe da Galeria do Meteorito. Acompanhei a Live pelo Youtube, foi muito legal!! Quando observamos esses eventos paramos para pensar na relatividade do tempo e como somos pequenos diante da imensidão do universo. Excelente trabalho!! No aguardo do próximo evento para acompanhar por aqui com vocês. Abraços. :-) :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Renata!

      Nós é que agradecemos a vocês pela participação e por acompanharem nosso trabalho. Sem vocês nada disso seria possível!!!

      Ahh, e teremos mais transmissões ao vivo em breve!!! Um grande abraço, e mais uma vez, muito obrigado!

      Excluir