Tudo sobre a chuva de meteoros Delta Aquaridas Austrais 2018

chuva de meteoros delta aquaridas austrais 2018
Está chegando uma das chuvas de meteoros mais importantes do ano - veja como e onde observá-la!


A chuva de meteoros Delta Aquaridas (Delta Aquarídeas ou Delta Aquarídeos) Austrais acontece todos os anos, entre os dias 14 de julho e 18 de agosto, mas seu pico (momento em que a maior quantidade de meteoros pode ser observada) ocorre na madrugada de 29 de julho, sendo que de acordo com a Organização Internacional de Meteoros (IMO), é entre os dias 29 e 30 de julho que os meteoros ocorrem com maior frequência.



Nesse ano, o pico da chuva de meteoros Delta Aquaridas acontece justamente em noite de Lua Cheia, o que deve atrapalhar as observações, infelizmente. Porém, como essa chuva de meteoros continua até o dia 18 de agosto, teremos uma boa chance de observar alguns de seus meteoros no início do mês, quando a Lua estiver longe da constelação de Aquário, por volta dos dias 5 e 6 de agosto. Mas vale lembrar: apesar de serem melhor visíveis, nesse momento a quantidade de meteoros é menor.

Via Láctea e meteoro registrado por Geno Ketchum em Arkansas, nos EUA, em 13 de julho de 2018
Via Láctea e meteoro registrado por Geno Ketchum em Arkansas, nos EUA, em 13 de julho de 2018.
Créditos: Geno Ketchum / divulgação

E se o tempo não cooperar, e as nuvens encobrirem os céus da sua cidade, venha acompanhar o pico da chuva de meteoros Delta Aquaridas Austrais em nossa transmissão ao vivo, que estará disponível aqui mesmo em nosso site, e também em nosso canal no YouTube.


Transmissão ao vivo - Chuva de Meteoros Delta Aquaridas Austrais 2018

A live da chuva Delta Aquaridas 2018 ocorrerá em 29 de julho de 2018 a partir das 22h00, e estará disponível aqui mesmo em nosso site. Fiquem ligados!


Curta nossa página no Facebook e não se esqueça também: inscreva-se gratuitamente em nossa newsletter, assim você fica em dia com tudo que acontece no céu e no espaço!


Como observar a chuva de meteoros Delta Aquaridas a olho nu?

Se o céu estiver limpo (sem nuvens) você poderá observar os meteoros da chuva Delta Aquaridas Austrais 2018 de qualquer lugar do mundo, porém, ela é melhor visível no hemisfério sul, incluindo o Brasil. Não são necessários equipamentos astronômicos como binóculos ou telescópios, já que os meteoros cruzam o céu em alta velocidade, percorrendo uma grande parte do firmamento em poucos segundos. O melhor sempre é visto a olho nu, apenas olhando para o céu.




Dê preferência para locais longe de poluição luminosa, como postes de luz ou qualquer outra fonte de iluminação artificial que possa ofuscar o brilho tênue dos meteoros. Quanto mais escuro for o céu, mais meteoros você verá. É justamente por conta disso que a observação de meteoros em grandes metrópoles, como São Paulo, por exemplo, não é aconselhada, já que o céu rico em poluição luminosa ofusca as estrelas e também os meteoros.

loja galeria do meteorito

A chuva Delta Aquaridas Austrais é melhor observável no hemisfério sul, como sugere seu nome "austral" (do sul). Seu radiante (região do céu onde os meteoros parecem se originar) fica na constelação de Aquário, próximo da estrela Delta Aquarii.

Radiante da Chuva de Meteoros Delta Aquaridas Austrais
Radiante da Chuva de Meteoros Delta Aquaridas Austrais (região do céu onde os meteoros parecem se originar).
Às 02h00 da madrugada do seu horário local, basta olhar para o alto do céu (zênite).
Créditos: STELLARIUM         /         Edição: Galeria do Meteorito
Clique na imagem para ampliar

Próximo a constelação de Aquário existe uma estrela muito brilhante chamada Fomalhaut, que apesar de não pertencer a constelação de Aquário, serve como guia para encontrarmos o local exato do radiante.

Se você tiver dificuldades para encontrar a constelação de Aquário, basta olhar para o ponto mais alto do céu (zênite) por volta das 02h00 da madrugada pelo seu horário local - e lá que estará a constelação e o radiante dessa chuva.




Ainda assim, é bom sempre ficarmos atentos à outras regiões do firmamento, pois os meteoros também irão riscar outras regiões do céu, mas claro, sempre originando na constelação de Aquário.

O melhor horário para observar essa chuva de meteoros é após a meia-noite, preferencialmente por volta das 02h00 da madrugada (do seu horário local). Essa é o horário que a constelação de Aquário encontra-se mais próxima do zênite (ponto mais alto do céu), o que facilita a visualização dos meteoros. Apesar disso, a constelação da Aquário já estará completamente visível a partir das 22h00 pelo seu horário local, a cerca de meia altura no céu, na direção leste.

Radiante chuva de meteoros Delta Aquaridas 2018 - interferência da Lua
Radiante da chuva de meteoros Delta Aquaridas 2018 às 22h00 do seu horário local. Repare que o brilho da Lua irá ofuscar os meteoros mais tênues.
Créditos: STELLARIUM         /         Edição: Galeria do Meteorito
Clique na imagem para ampliar

Mesmo sendo considerada uma chuva de meteoros de intensidade média ou fraca, a Delta Aquaridas é diferente de todas as outras, pois produz meteoros lentos que deixam longos riscos no céu: um show à parte!




A taxa de meteoros esperada para a chuva Delta Aquaridas fica entre 15 e 20 meteoros por hora durante seu pico. Por conta da Lua Cheia nesse ano, esse número deverá ser um pouco menor.


O que produz a chuva de meteoros Delta Aquaridas?

A verdadeira causa da chuva de meteoros Delta Aquaridas ainda é um mistério. Alguns astrônomos sugerem que seus meteoros se originam de detritos deixados pelo cometa periódico 96P/Macholtz, descoberto em 1986. Esse cometa completa uma volta ao redor do Sol a cada cerca de 5 anos, sendo que durante o afélio (máxima distância do Sol) ele ultrapassa a órbita de Júpiter, e durante o periélio (máxima aproximação com o Sol) ele chega mais próximo da nossa estrela do que o planeta Mercúrio.

Cometa 96P Machholz - provável responsável pela chuva de meteoros Delta Aquaridas Austrais - Wikimedia Commons
Cometa 96P/Machholz, o provável responsável pela chuva de meteoros Delta Aquaridas Austrais.
Créditos: Wikimedia Commons

Os detrito desse cometa provavelmente são os responsáveis por esse espetáculo anual. Quando eles encontram a atmosfera da Terra, numa velocidade aproximada de 150.000 km/h, eles se vaporizam completamente, ou seja, não atingem o solo, então não há motivos para temê-los.




Diferente de outras chuvas de meteoros históricas, os relatos mais antigos da chuva Delta Aquaridas Austrais datam de 1870 - um piscar de olhos se levarmos em conta uma escala astronômica.

E vale lembrar: agora, em agosto, acontecerá uma das maiores chuvas de meteoros do ano - a famosa Perseidas 2018. Fiquem de olho e comecem desde já a praticar a observação de meteoros, uma atividade que requer atenção e dedicação, mas que recompensa sempre os mais pacientes.




Reserve um tempo para apreciar a beleza do céu noturno, que por si só já vale muito a pena. Com meteoros então, aí fica ainda mais especial.


Imagens: (capa-divulgação) / Geno Ketchum / divulgação / STELLARIUM / Galeria do Meteorito / Wikimedia Commons
20/07/18


Gostou da nossa matéria?
Curta nossa página no Facebook
para ver muito mais!


Encontre o site Galeria do Meteorito no Facebook, YouTube, InstagramTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

35 comentários:

  1. Melhor site de Astronomia!!!!

    ResponderExcluir
  2. É pra olha pro norte ,sul ,leste ou oeste?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Clara, olhe para a direção leste no início da noite, e após a meia-noite olhe para o alto do céu - é de lá que os meteoros vão surgir!

      Lembrando que estaremos ao vivo aqui no domingo (29 de julho) com uma transmissão ao vivo da chuva de meteoros Delta Aquaridas 2018!

      Um grande abraço!

      Excluir
  3. Espero poder ver! Ansiosa ❤️

    ResponderExcluir
  4. Ansioso para ver , faltando 9 minutos

    ResponderExcluir
  5. Respostas
    1. vai acontecer no dia 28 às 22:00 começa a aparecer mais o horário que mais vai ter destaque e às 00:00 no dia 29

      Excluir
    2. Mateus, hoje (noite de 28 de julho) já tem, mas o melhor dia é amanhã (29 de julho), ou seja, domingo a noite. Mas sim, vale a pena observar os dois dias, 28 e 29.

      Lembrando que nesse domingo, 29 de julho, teremos transmissão ao vivo da chuva de meteoros Delta Aquaridas! Fiquem ligados!

      Excluir
  6. Alguém já esta conseguindo ver?

    ResponderExcluir
  7. Meu maior defeito é a impaciência kkkkk
    Tô olhando pro céu a tempos e nada

    ResponderExcluir
  8. Respostas
    1. quanto tempo leva para ele acaba?n quero perde '-'

      Excluir
    2. Vai até dia 18 do mês que vem eu acho

      Excluir
  9. Gente será que está acontecendo mesmo não vi nada até agora

    ResponderExcluir
  10. Eles estão caindo para leste ou oeste?

    ResponderExcluir
  11. Ainda n avistei nada.. Alguém viu??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A chuva de meteoros vai ser no dia 28 às 22:00,mas o seu maior destaque é às 00:00 do dia 29

      Excluir
    2. Desculpa confundi os dias, é entre o dia 29 e 30 julho de 2018!

      Excluir
  12. Ainda não vi nada .Mais o céu aqui na minha cidade está bem nublado que pena

    ResponderExcluir
  13. vai ser galera de domingo pra segunda ok!!!

    ResponderExcluir
  14. Eu vi um ontem! Como uma bola de fogo verde iluminando o céu!

    ResponderExcluir
  15. céu muito límpido em Macaé eu vi um as 3:49 agora de pouco bem no Zenit sentido Leste muito show

    ResponderExcluir