Vênus, Júpiter, Saturno, e Marte - 4 planetas visíveis a olho nu estão chamando a atenção do mundo

quatro planetas visiveis a olho nu no céu - Venus Jupiter Saturno e Marte
Visíveis a olho nu simultaneamente, os planetas mais brilhantes do céu noturno estão dando um show e atraindo a atenção de todo o mundo


O espetáculo que tem atraído a atenção do público permanecerá visível até o início de outubro.

Além dos quatro planetas visíveis, a Lua percorre os céus e muda de posição a cada noite. Durante sua jornada ao redor da Terra, ela faz encontros íntimos com esses quatro planetas. Como exemplo, no dia 24 de julho (terça-feira), assim que o Sol se põe, por volta das 18h30 do seu horário local, já vemos a Lua bem pertinho do planeta Saturno - e claro, os quatro planetas estarão lá, iluminados e confundindo muita gente ao apresentar um brilho parecido com o de estrelas.


Conjunção Lua e Saturno - 24 de julho de 2018
Conjunção Lua e Saturno, no dia 24 de julho de 2018.
Créditos: STELLARIUM         /         Edição: Galeria do Meteorito
Clique na imagem para ampliar

Próximo do Sol, à oeste, veremos o planeta Vênus. Com magnitude aparente de -4.2, ele está chamando a atenção de muita gente, que tem relatado observar uma estrela super brilhante assim que o Sol se põe. Sim, essa estrela super brilhante é o planeta Vênus.




Depois, cerca de três vezes mais alto do que Vênus, encontramos outro planeta: Júpiter. Apesar de não estar tão brilhante quanto Vênus, Júpiter ainda assim está mais brilhante do que qualquer estrela visível nessa época do ano.

Agora que já observamos Vênus e Júpiter, basta continuarmos seguindo essa mesma linha traçada por esses dois planetas, e na mesma distância que Júpiter está de Vênus, encontraremos o planeta Saturno.




Com pequenos telescópios, ou até mesmo com binóculos, já é possível observar os anéis de Saturno, que estão se exibindo numa configuração imperdível, com inclinação maior do que 26º em relação à Terra - quase o máximo de inclinação possível. Além disso, Saturno fez recentemente sua máxima aproximação com a Terra.

4 planetas visiveis a olho nu no céu em 2018 - Venus Jupiter Saturno e Marte
4 planetas visíveis a olho nu no céu. Imagem do dia 28 de julho de 2018 logo após o pôr do Sol.
Créditos: STELLARIUM         /         Edição: Galeria do Meteorito
Clique na imagem para ampliar

E falando em máxima aproximação, seguindo aquela mesma linha onde observamos Vênus, Júpiter e Saturno, encontramos Marte, que está prestes a fazer sua maior aproximação com a Terra dos últimos 15 anos. Com isso, o Planeta Vermelho se tornou mais brilhante do que qualquer outro objeto do céu noturno, perdendo apenas para a Lua. Como se não bastasse, uma tempestade de areia tomou conta de Marte, encobrindo todo o Planeta Vermelho, e isso fez com que seu brilho ficasse ainda maior, já que ele reflete ainda mais a luz solar.




Estamos chegando no fim do mês de julho, e as tardias "festas julinas" ganharam a quadrilha mais brilhante de todos os tempos - os 4 planetas estão dando um verdadeiro show nas noites frias de inverno. E olha que esse encontro não pára por aqui - os quatro planetas continuarão visíveis ao mesmo tempo logo após o pôr do Sol até o início de outubro.

Vênus, Júpiter, Saturno e Marte visiveis a olho nu no céu - 2018
Vênus, Júpiter, Saturno e Marte visíveis a olho nu no céu entre julho e setembro de 2018.
Créditos: STELLARIUM         /         Edição: Galeria do Meteorito
Clique na imagem para ampliar

Agora que você já conseguiu identificar todos os quatro planetas, se prepare para o eclipse Lunar de 27 de julho, que será simplesmente o eclipse lunar mais longo do século! E teremos transmissão ao vivo aqui em nosso site.




Além disso, nesse mesmo fim de semana teremos o pico da chuva de meteoros Delta Aquáridas 2018, e também acompanharemos aqui, ao vivo, na noite de domingo, 29 de julho.

Depois disso, os quatro planetas continuam no céu noturno até o início de outubro - teremos pelo menos mais dois meses para apreciar essa maravilha celeste.


Imagens: (capa-STELLARIUM) / STELLARIUM / Galeria do Meteorito
23/07/18


Gostou da nossa matéria?
Curta nossa página no Facebook
para ver muito mais!


Encontre o site Galeria do Meteorito no Facebook, YouTube, InstagramTwitter e Google+, e fique em dia com o Universo Astronômico.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

21 comentários:

  1. Esses dias tentei ver Marte pelo telescópio, e só vi uma bolota grande e alaranjada. Sem detalhe algum. A atmosfera de Marte não está colaborando. =/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qual e o seu telescópio?o meu é de 80mm de abertura,conseguia só destinguir as calotas polares

      Excluir
    2. Tenho um maksutov de 90mm da marca Skywatcher. É um telescópio com distância focal longa, ideal para ver planetas. Com ele já vi as calotas polares de Marte e as manchas escuras de crateras na superficie. Porém, os detalhes da superficie são melhores vistos se usar um filtro para essa finalidade. Recomendo que adquira o Filtro Moon & Skyglow, caso o seu telescópio tenha rosca para oculares de 1,25 polegadas. É um filtro barato, que corta fontes de iluminação urbana noturna, deixando o céu enegrecido e ajuda a deixar a visualização planetária mais nitida e com cores mais reforçadas. Tive um ganho excelente em Marte com esse filtro.

      Excluir
    3. Milton, você é o Milton Kajita? Que comenta aqui no site desde meados de 2013? Se sim, seja bem vindo de volta. Se não, seja bem vindo de qualquer forma! :)

      Voltando a sua questão, eu (Richard Cardial) observei Marte no dia 20 de julho com um telescópio de 127 mm... e realmente o Planeta Vermelho não tem cooperado muito por conta da tempestade de areia global. Recorde de aproximação e recorde de tempestade global, tudo ao mesmo tempo. Uma pena, porque aí vemos apenas um borrão alaranjado (até com tons mais amarelados que não são tão comuns). Vamos torcer pra abaixar a poeira (literalmente), assim a gente aproveita um restinho dessa aproximação recorde nas próximas semanas.

      Um grande abraço a todos!

      Excluir
    4. Sou eu mesmo. o/
      Obrigado Richard! :)

      Excluir
    5. Olá,com base nos seus conhecimentos, você poderia me indicar um bom telescópio com boa capacidade de observação? Quero muito comprar um. Não entendo nada sobre esses aparelhos. Mas estou me interesso sobre isso.

      Grato pela atenção.

      Excluir
    6. Recomendar telescópio é uma tarefa difícil, pois há diferentes modelos, com diferentes focos de uso. No geral, recomenda-se um telescópio do tipo Newtoniano, pois é o telescópio que tem o menor preço por polegada de abertura (tamanho do espelho).
      Se a intenção é ver tudo, incluindo galáxias com seus braços estruturados, o ideal é um Newtoniano de pelo menos 250mm de abertura. Com 200mm é possível ver galáxias, mas não tão bem resolvidas em resolução e detalhes. Com telescópios abaixo de 150mm você verá galáxias como uma fumacinha.
      Para planetas, até uma luneta de 50mm já permite observar Jupiter, Saturno, Marte, Venus, etc. Porém, quanto maior a abertura (tamanho do telescópio), maior o nível de resolução, detalhes vistos e ampliação. Com uma luneta de 50mm, você verá Marte e Venus como uma pequena bolinha minuscula (durante a máxima aproximação com a Terra), Jupiter e Saturno como uma bolinha um pouco maior, sendo possível ver os anéis de Saturno, mas com uma certa dificuldade.

      O ideal é começar com um telescópio Newtoniano de 150mm. Pelos seguintes motivos:
      1. É relativamente portátil, o que facilitará você levar para fora de casa sempre que quiser ver o céu. Um telescópio de 200mm para cima, costuma ser muito grandes e pesados, fazendo a maioria dos usuários pensar duas vezes antes de tirar o colosso para observações.
      2. É relativamente barato e cabe no orçamento da maioria dos iniciantes.
      3. Não necessita fazer muita manutenção. Já os de 200mm para cima, é preciso alinhar os espelhos toda vez que vai utilizar.
      4. É fácil de carregar em qualquer carro, caso deseja leva-lo para longe da cidade, para melhores observações do céu.
      5. Caso more em cidade grande, com muita poluição luminosa, um telescópio de 150mm é uma pedida certa, pois em cidade grande as chances de ver galáxias ficam anuladas, mesmo em telescópio grandes, já que a poluição luminosa apagará esse alvos.

      Bom, depois de indicar o telescópio, chega a hora de indicar a base ou montagem do telescópio. Nesse caso, há dois tipos comuns: montagem dobsoniana e montagem equatorial.
      A montagem dobsoniana é a mais barata e fácil de operar. Bastanto direcionar para o alvo e observar. Já a montagem equatorial, faz o acompanhamento com base no eixo de rotação da Terra. No caso da equatorial, é preciso fazer o alinhamento da montagem com o seu local de observação toda vez que for utilizar, o que só recomendo para quem tem paciência de fazer esse alinhamento. Por outro lado, a montagem equatorial tem a vantagem de fazer o acompanhamento de maneira mais precisa, do que em montagens dobsonianas, principalmente em grandes ampliações do céu. E ainda tem a vantagem de permitir você praticar astrofotografia, caso a montagem equatorial seja motorizada. Já uma dobsoniana, mesmo motorizada, não é adequada para astrofotografia.

      Bom, atualmente está dificil conseguir telescópios no Brasil, devido ao preço do dolar.
      Recomendo os seguintes telescópios e sites:
      https://tellescopio.com.br/telescopios-astronomicos
      http://www.casadoastronomo.com.br/categoria/telescopios-refletores/2159
      http://www.astrobrasil.com/categoria/telescopios-telescopios-refletores/158

      Quanto as marcas, recomendo que foque nas seguintes marcas: Orion, Skywatcher, Celestron, Meade, GSO. Fuja de marcas como Greika, Skylife, etc, pois são telescópios de qualidade duvidosa. E na astronomia, qualidade óptica é fundamental.
      Dê uma olhada no mercado livree OLX, procurando telescópios refletores, refratores, cassegrain, maksutov, dessas marcas que eu indiquei. Há bastantes opções, e pode ser que você encontre algo com um bom preço (embora tenha um pessoal que chega a cobrar em um usado quase o mesmo de um novo).
      Qualquer dúvida só perguntar.

      Excluir
    7. Ah... recomendo que leia o blog do site Tellescópio. Há bastantes artigos tirando dúvida sobre telescópios e o que é possível ver no céu noturno.

      https://tellescopio.com.br/artigos

      Excluir
  2. Melhor aproximação de Marte nos últimos 15 anos e essa tempestade pra estragar... Ruim para quem esperava ver o bicho pelo telescópio...

    ResponderExcluir
  3. Estes astros devem estar se reunindo para alguma assembléia ?

    ResponderExcluir
  4. Sou biólogo,mas também sou apaixonado por astronomia. A noite já "identifiquei mo olhometro" Júpiter pela intensa cor vermelha e Vênus com bases na literatura. Eu quero muito comprar um telescópio que me permita ver até as calotas polares de Marte, etc. Entretanto eu preciso de ajuda pois não entendo qual modelo,etc devo comprar. Gostaria de algum com alto poder de visualização. Caso alguém por obséquio tenha a vontade de me ajudar, deixo meu número do whats app. 092 99205-2124. Me chamo André Sagat, ou indique aqui os modelos. Como biólogo já vi muitos micro organismos. Agora quero ver o que estão acima de nossas cabeças.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  5. Ah... recomendo que leia o blog do site Tellescópio. Há bastantes artigos tirando dúvida sobre telescópios e o que é possível ver no céu noturno.

    https://tellescopio.com.br/artigos

    ResponderExcluir
  6. Com esse tempo nublado nao da pra ver nada

    ResponderExcluir
  7. Se não tiver talvez seria entereintere ter um telescópio na Amazônia. Talvez a escuridão do local e pureza do ar ajuda a observação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amazonia não é um bom lugar para colocar um observatório. A região é muito chuvosa e umida, afetando a estabilidade atmosferica, o que é fundamental para a astronomia.

      Excluir
  8. Desculpa o corretor me traiu várias vezes. * Enteressante.

    ResponderExcluir
  9. Boa Noite

    Pretendo Comprar um Telescópio, o que me dizem da marca toya startec de 150 mm ?

    ResponderExcluir
  10. Pensei que era fácil comprar um telescópio.Mas pelo visto não é não.

    ResponderExcluir
  11. eu estou vendooo, coisa lindaaaaaa

    ResponderExcluir